Artigo - Open Access.

Idioma principal

O DESIGN E A VALORIZAÇÃO DO VERNACULAR OU DE PRÁTICAS REALIZADAS POR NÃO - DESIGNERS

Hernández, María Cristina Ibarra; Ribeiro A. C., Rita;

Artigo:

O objetivo deste artigo é contribuir na formação de um referencial teórico relacionado com o design e a valorização do vernacular ou de práticas realizadas por não‐designers. Inicialmente apresenta‐se a relação da arquitetura com o vernacular tomando em conta que foi nesta área que grande parte dos primeiros estudos foi realizada. Posteriormente, mostra‐se a relação do design com este tipo de manifestações em países europeus e norte‐ americanos. E finalmente apresenta‐se essa valorização no Brasil. O resultado obtido é a disponibilização de vários casos de pesquisa e divulgação de práticas feitas por não‐designers, tema que o design vem se aproximando cada vez mais nos últimos anos.

Artigo:

The purpose of this article is to contribute to the formation of a theoretical framework related to the design and enhancement of the vernacular or practices carried out by non‐designers. Initially we present the relation of the architecture with the vernacular taking into account that was in this area where a big part of the first studies was performed. Then, we show the relation of design with this kind of manifestations in Europe and North America. And finally we present this valorization here in Brazil. The obtained result is the availability of several cases of research and dissemination of practices made by non‐designers, topic that design comes approaching increasingly in recent years.

Palavras-chave: Design Vernacular, arquitetura vernacular, práticas realizadas por não‐designers., Design Vernacular. Arquitetura vernacular. Practices carried out by non‐designers.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/designpro-ped-00908

Referências bibliográficas
  • [1] BANDONI, Andrea. Objetos da Floresta. São Paulo: Andrea Bandoni de Oliveira. 2012.
  • [2] BOUFLEUR, R. A questão da gambiarra: Formas Alternativas de Desenvolver Artefatos e sua relação com o Design, 2006, 153 p. São Paulo, Dissertação, Programa de Pós‐graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil.
  • [3] BRANDES, U.; STICH, S.; WENDER, M.; Design by Use. Basel: Birkhäuser. 2009. BRANDES, U., Andamp; MICHAEL, E. Non Intencional Design. New York: Daad gmhb. 2006
  • [4] DEAN, D. A slipware dish by Samuel Malkin: An Analysis of Vernacular Design. Em Journal Design History, vol. 7, n°3, Londres, 199
  • [5] DÊNIS, R.C. Uma introdução à historia do design. São Paulo: Edgard Blucher. 2000.
  • [6] FARIAS, P.L. Aprendendo com as ruas: a tipografia e o vernacular. In: Marcos da Costa Braga. (Org. ). O papel social do design gráfico: história, conceitos Andamp; atuação profissional. São Paulo: Senac São Paulo, v. , p. 163‐183. 2011.
  • [7] FUKUSHIMA, N. Dimensão social do design sustentável: contribuições do design vernacular da população de baixa renda. 2009. Dissertação (Mestrado em Design), Universidade Federal de Paraná, Programa de Pós‐graduação em Design, Curitiba, Brasil. 2009
  • [8] FULTON SURI, Jane Andamp; IDEO: Thougthless Acts. Observations on Intuitive Design. San Francisco. 2005.
  • [9] GARLAND, K. That place, at any rate. Bordeaux: Les Partisans du Moindre Effort, 2004.
  • [10] GUSMÃO, G. Rua dos Inventos: Desenho Industrial e Responsabilidade social. Perspectivas do ensino de design da pós‐graduação, 2001.
  • [11] HOUAISS, A. Dicionario Houaiss da Lingua Portuguesa. Rio de Janeiro. Ed. Objetiva. 2001
  • [12] LAMAS, Antônio; MARQUEZ, Renata Moreira.; CANÇADO, Wellington. MUSEU DE ARTES E OFICIOS (BELO HORIZONTE, MG). Atlas ambulante= Walking atlas. Belo Horizonte, Brasil: Instituto Cidades Criativas, 2011
  • [13] LINA por escrito. Textos escolhidos de Lina Bo Bardi/ organizado por Silvana Rubino e Marina Grinover; Introdução Silvana Rubino. São Paulo: Cosac Naify, 2009.
  • [14] MAGALHÃES, A. O que o design industrial pode fazer pelo país? In: Revista Arcos, Rio de Janeiro. V.1, 1998, p 8‐12. 1977
  • [15] MCGUIRK, J. Home‐Made Europe: the DIY geniuses shaking up design. In: The Guardian/ Disponível em: http://www.guardian.co.uk/artanddesign/2012/may/30/home‐made‐europe‐diy‐ design‐genius. Acesso em: 10 de Fev. de 2013.
  • [16] PACEY, P. Anyone desinning Anything? Non‐professional Designers and the history of Design. In: Jornal of Design History, v.5, n. 3, London. 1992.
  • [17] PAPANEK, V. Arquitectura e Design. Ecologia e Ética. Lisboa: Edições 70. 1995.
  • [18] PAPANEK, V. The green imperative: ecology and ethics in Design and Architecture : with 162 illustration, 39 in colour. London: Thames Andamp; Hudson, c1995.
  • [19] PERRA, Daniele Pario. Low cost design. Milano: Silvana Editoriale, c2010.
  • [20] PREFEITURA de Sao Paulo (2013) No dia 25 de janeiro, Pavilhão das Culturas Brasileiras inaugura exposição ''Design da Periferia''. Disponible em: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/noticias/?p=11907
  • [21] RICHARDSON, V. Vanguardia y tradición: La reinterpretación de la arquitectura /Vicky Richardson ; tr., Margarita Kirchner. Barcelona, Esp. : Blume, 2001.
  • [22] RUDOFSKY, B. Architecture without architects. Garden City, New York: Doubleday. 1964
  • [23] SANTOS, M. Spontaneus Design, Informal Recycling and Everyday Life in Postindustrial Metropolis. Anais do Congresso Politécnico de Milão. Milão . 2000.
  • [24] SANTOS, Maria Cecilia Loschiavo. Reflexões sobre design e humanismo no mundo contemporâneo. In: CELASCHI, F., DE MORAES, D., Cadernos Avançados em Design: Humanismo; Universidade do Estado de Minas Gerais – Barbacena; EdUEMG, 2013.
  • [25] THE RURAL Design Vernacular: Objects that Expose Agency, by Gabriel Hargrove. Core 77. Disponível em: http://www.core77.com/blog/featured_items/the_rural_design_vernacular_objects_t hat_expose_agency_by_gabriel_hargrove 16880.asp. Acesso em: 8 Maio 2013.
  • [26] VALESE, A. Design vernacular urbano: a produção de artefatos populares em São Paulo como estratégia de comunicação e inserção social. 2007. 107f. Dissertação (Programa de Pós‐graduação em Design e semiótica), São Paulo, Brasil
Como citar:

Hernández, María Cristina Ibarra; Ribeiro A. C., Rita; "O DESIGN E A VALORIZAÇÃO DO VERNACULAR OU DE PRÁTICAS REALIZADAS POR NÃO - DESIGNERS", p. 2651-2663 . In: Anais do 11º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 1, n. 4]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/designpro-ped-00908

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações