Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

MONITORAMENTO E CARACTERIZAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA DO RIO BENFICA COM VISTAS À SUA PRESERVAÇÃO

NOGUEIRA, J. S. M.; SANTOS, L.F.;

Artigo Completo:

A escassez de água, bem como a qualidade desse recurso indispensável para preservação da vida, é um problema que assola quase todos continentes. Faz-se, então, necessária a monitoração das propriedades da água dos rios a fim de possibilitar a realização de medidas de gestão ambiental; sendo este o objetivo deste trabalho, realizado com as águas do Rio Benfica, rio de classe 1, localizado no município de Piquete. Nesta pesquisa, os parâmetros físico-químicos do corpo d’água, como OD, DBO, DQO, COT, Nitrogênio, Fósforo, entre outros, estão sendo analisados e os resultados, comparados com as leis federais estabelecidas para rios pertencentes a sua classe. Como resultado preliminar, tem-se que as águas do Rio Benfica se adequam, na maior parte das análises, à Resolução 357/05 do CONAMA para rios de classe 1 e que algumas análises exibiram um padrão de resultado que permite, até o momento, classificar os pontos localizados no centro da cidade (P3 e P4) como as áreas mais afetadas pela poluição; os situados ao final do município (P1 e P2) como áreas de contaminação intermediária e os localizados próximos às nascentes (P5, P6 e P7) como áreas pouco afetadas pelo despejo de poluentes. Para melhorar a qualidade da água desse rio, deveria ser avaliada a implantação de tratamento de esgoto na cidade de Piquete, uma vez que este resíduo possui a maior contribuição de poluentes para o corpo hídrico.

Artigo Completo:

Palavras-chave: Monitoramento. Parâmetros. Qualidade. Água.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2015-298-33853-259445

Referências bibliográficas
  • [1] AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION – APHA: Standard methods for the examination of water and wastewater. 20th ed. Washington: American Public Health Association, 1998.
  • [2] BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA). Resolução n° 357, de 17 de março de 2005 (Alterada pela Resolução n° 410/2009 e pela n° 430/2011). Dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento, bem como estabelece as condições e padrões de lançamento de efluentes, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 18 mar.2005.
  • [3] COMPANHIA ESTADUAL DE TECNOLOGIA DE SANEAMENTO AMBIENTAL – CETESB. Qualidade das águas superficiais no estado de São Paulo. São Paulo: CETESB, 201
  • [4] GOOGLE MAPS. Google. Dados do mapa. C201 Disponível em Andlt;https://www.google.com.br/maps/@-22610194,5.1847778,3542m/data=!3m1!1e3Andgt; Acesso em: 10 set. 201
  • [5] SÃO PAULO (Estado). Decreto nº 8.468, de 08 de setembro de 1976 (Atualizado com redação dada pelo Decreto 54.487, de 26/06/09). Aprova o Regulamento da Lei nº 997, de 31 de maio de 1976, que dispõe sobre a prevenção e o controle da poluição do meio ambiente. São Paulo, 1976.
  • [6] _____. Decreto nº 10.755, de 22 de novembro de 1977. Dispõe sobre o enquadramento dos corpos de água receptores na classificação prevista no Decreto nº 8.468, de 8 de setembro de 1976, e dá providências correlatas. São Paulo, 1977.
  • [7] _____. Lei nº 9034, de 27 de dezembro de 1994. Dispõe sobre o Plano Estadual de Recursos Hídricos - PERH, a ser implantado no período 1994 e 1995. São Paulo, 1994.
  • [8] SANTOS, L.F. Caracterização e tratamento de efluentes da fabricação de nitrocelulose. Lorena, 2006. 102 fls. Tese (Doutorado em Biotecnologia Industrial) – Escola de Engenharia de Lorena. Lorena. 2006.
Como citar:

NOGUEIRA, J. S. M.; SANTOS, L.F.; "MONITORAMENTO E CARACTERIZAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA DO RIO BENFICA COM VISTAS À SUA PRESERVAÇÃO", p. 276-281 . In: Anais do XI Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.3]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2015-298-33853-259445

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações