fevereiro 2014 vol. 1 num. 1 - V Simpósio Internacional de Flebologia

Resumo - Open Access.

Idioma principal

Modelo Matemático da Drenagem Venosa

Pinotti, M.; Bastos, F.;

Resumo:

A construção de um modelo matemático da drenagem venosa pode ser um instrumento muito útil no controle da insuficiência venosa dos mmii (IVC). Esse modelo deverá ser construído a partir de conhecimentos clássicos da flebologia moderna como a compreenção da parede, da capacidade de distenção, de volume, de regime de pressão e de valvas das veias. Efeitos importantes sobre a drenagem são exercidos de maneira positiva (o tônus venoso, o vis-a-tergo, a bomba muscular da panturrilha e a bomba plantar, as valvas de retenção e até o meio ambiente), ou de maneira negativa (a lei da gravidade, a obesidade, a gravidez, a constipação intestinal, a DPOC e a ICC ). A insuficência venosa crônica é construída a partir da falência das estruturas venosas que se degeneram com o tempo. Os controles dessa doença visa eliminar os pontos de refluxo e deficiências da competência da rede venosa através da fisioterapia, uso de meias elásticas ou eliminação da parte doente dessa rede ( ablação venosa), quer seja pela escleroterapia com espuma, cirurgia ou laser.

Resumo:

Palavras-chave: modelo matemático de drenagem venosa, varizes, fisiopatologia da IVC, varizes,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/medpro-flebo-SIF_41

Referências bibliográficas
Como citar:

Pinotti, M.; Bastos, F.; "Modelo Matemático da Drenagem Venosa", p. 67 . In: In Anais do V Simpósio Internacional de Flebologia [=Blucher Medical Proceedings, n.1, v.1]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2357-7282, DOI 10.5151/medpro-flebo-SIF_41

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações