Poster - Open Access.

Idioma principal

MODELO EXPERIMENTAL DE CARCINOMATOSE PERITONEAL NA FORMA ASCÍTICA DO CARCINOMA DE EHRLICH

Lima Júnior, Nildevande Firmino; Ramalho, Wostenildo Crispin; Brandão, Eduardo Miranda; Miranda, Paulo Henrique Domingues; Ximenes, Lucas Martins; Pordeus, Ana Luísa Barbosa; Lemos, Elaine Rodrigues de Souza; Amorim, Carolina Dias da Silva;

Poster:

A carcinomatose peritoneal é um tema de relevância em Oncologia atualmente. Estimam-se aproximadamente 46.000 casos novos por ano no EUA e, no Brasil, em 2012, foram notificados 17.700 casos. Novos meios no seu tratamento, incluindo derivado de plantas, estão sendo testados. Este estudo buscou avaliar a atividade antitumoral do Extrato alcoólico de folhas do Plectranthus amboinicus (EAPa) utilizado por via intraperitoneal (ip) no tratamento da forma ascítica do carcinoma de Ehrlich. Métodos: utilizamos camundongos fêmeas de aproximadamente 30g submetidas a indução do carcinoma de Ehrlich ascítico através da injeção de 0.3 ml de líquido ascítico transplantado. O experimento compreendeu dois grupos com 6 animais: G1 = grupo tratado e G2 = grupo controle, por um período de 9 dias. No dia 1 (D1) foi feita a injeção ip, em ambos os grupos, de 0,3ml de líquido ascítico com carcinoma. A partir desta data foram avaliados parâmetros clínicos nos animais. De D3 a D9 foi feita a injeção ip diária de 200 mg/Kg de EAPa no G1 e no G2 foi feita, no mesmo período, a injeção ip de 5 ml de SF 0,9%. No D9, os animais foram sacrificados e analisados parâmetros clínicos, biométricos, citométricos e citomorfológicos da resposta neoplásica nos dois grupos. Resultados: houve resposta clínica no grupo tratado com EAPa, estatisticamente significante (p Andlt; 0,05), em relação ao peso, diâmetro abdominal transverso, volume da ascite e presença de implantes na parede abdominal. A contagem das células tumorais no liquido ascítico também foi menor no grupo tratado e não houve diferenças citomorfológicas entre os grupos. Conclusão: o estudo demonstra resposta antitumoral no grupo tratado com EAPa, expressa por parâmetros biométricos, clínicos e citométricos.

Poster:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/medpro-cnnsco-25

Referências bibliográficas
Como citar:

Lima Júnior, Nildevande Firmino; Ramalho, Wostenildo Crispin; Brandão, Eduardo Miranda; Miranda, Paulo Henrique Domingues; Ximenes, Lucas Martins; Pordeus, Ana Luísa Barbosa; Lemos, Elaine Rodrigues de Souza; Amorim, Carolina Dias da Silva; "MODELO EXPERIMENTAL DE CARCINOMATOSE PERITONEAL NA FORMA ASCÍTICA DO CARCINOMA DE EHRLICH", p. 34 . In: Anais do I Congresso Norte e Nordeste da Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica [=Blucher Medical Proceedings, v.1, n.3]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2357-7282, DOI 10.5151/medpro-cnnsco-25

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações