fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

MODELAGEM RIGOROSA DE UM REATOR INDUSTRIAL DE HEXAMINA

DOURADO, R. M.; FERNANDES, J. K. O.; MARTINS, M. A. F.; GUERRIERI, Y.;

Artigo:

Este trabalho resulta de uma solução proposta a um problema industrial de uma planta de produção de hexamina, localizada no Polo Petroquímico de Camaçari. O processo de produção ocorre em um reator tipo CSTR e com reciclo, onde a hexamina é produzida a partir da reação entre formaldeído e amônia. Atualmente, a indicação da taxa de produção média da unidade é conhecida apenas ao final do dia, na apuração da produção total, o que torna ineficiente a gestão da produção da planta. Dentro desse contexto, o objetivo deste trabalho é apresentar uma alternativa para o cálculo da taxa de produção instantânea mediante a modelagem fenomenológica do reator. O modelo proposto é validado com dados de projeto, e face ao seu conhecimento uma ferramenta computacional de interface amigável é desenvolvida no MS EXCEL-VBA, sobre a qual são também avaliadas as incertezas associadas às variáveis de processo através do método

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1096-21041-169898

Referências bibliográficas
  • [1] ALAMDARI, A; TABKHI, F. Kinetics of hexamine crystallization in industrial scale. Chem Eng Process, p. 803–810, 2004 BIPM, IEC, IFCC, ILAC, ISO, IUPAC, IUPAP and OIML. Evaluation of Measurement Data – Guide to the Expression of Uncertainty in Measurement (GUM 1995 with minor corrections), Joint Committee for Guides in Metrology, JCGM 100, 2008a. BIPM, IEC, IFCC, ILAC, ISO, IUPAC, IUPAP and OIML. Evaluation of Measurement Data-Supplement 1 to the Guide to the Expression of Uncertainty in Measurement – Propagation of distributions using a Monte Carlo method, Joint Committee for Guides in Metrology, JCGM 101, 2008b. CARLSON, E. Don''t gamble with physical properties for simulations. Chemical Engineering Progress, Cambridge, p. 35-46, 1996.
  • [2] COPENOR. Descrição de Processo da Unidade de Hexametilenotetramina. COPENOR. 2011.
  • [3] DIETRICH, C. F., Uncertainty, calibration and probability, 2nd ed., Adam-Hilger, 1991.
  • [4] KASZYCKI, P; KOLOCZEK, H. Biodegradation of formaldehyde and its derivatives in industrial wastewater with methylotrophic yeast Hansenula polymorpha and with yeast-augmented activated sludge. Biodegradation, v. 13, p. 91-99, 2002.
  • [5] MEISSNER, F. Continuous Production of Hemathylenetetramin. Industrial and Engineering Chemistry, Cologne, v. 46, p. 724-727, 1954.
  • [6] MITSUBISHI., K. K. L. Hexamine Plant Material Andamp; Heat Balance Sheet, COPENOR. Tokyo. S/D. TAGHDIRI, M; ZAMANI, N. Hexamine adsorption study on activated carbon from aqueous solutions for application in treatment of hexamine industrial wastewater. Int. J. Environ. Sci. Technol. v. 10, 19-26, 2013.
  • [7] WOOD, R. K.; STEVENS, W. F. Reaction Kinetics of the Formation of Hexamethylenetetramin. Journal of Applied Chemistry, Ottawa, p. 325-330, 1964.
Como citar:

DOURADO, R. M.; FERNANDES, J. K. O.; MARTINS, M. A. F.; GUERRIERI, Y.; "MODELAGEM RIGOROSA DE UM REATOR INDUSTRIAL DE HEXAMINA", p. 12017-12024 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1096-21041-169898

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações