Artigo - Open Access.

Idioma principal

MODELAGEM PARA OTIMIZAÇÃO DO TRANSPORTE DE CARGAS NO COMPLEXO LOGÍSTICO INTERMODAL PORTO SUL

Pedreira Júnior, Jorge Ubirajara; Nascimento, Ademar Nogueira do;

Artigo:

O presente trabalho consiste em uma proposta de metodologia para futura representação do transporte ferroviário de cargas de minério de ferro a partir de minas localizadas no interior da Bahia para o complexo logístico, incluindo porto, que vem sendo estruturado na cidade de Ilhéus. A metodologia está concebida em base de estudo analítico-descritivo por decomposição hierárquica do complexo, envolvendo simulação de eventos discretos e otimização dos custos. Como recurso informatizado da simulação propõe-se o emprego do software Arena, o qual deverá facilitar a modelagem da fila das composições ferroviárias e seus recursos e, posteriormente, contribuir na modelagem do sistema portuário. Os dados para simulação estão sendo levantados no próprio projeto do empreendimento, divulgado pelo Governo do Estado da Bahia, bem como em operações ferroviárias equivalentes existentes no Brasil. Como resultado a metodologia aqui proposta deverá ser bastante útil na tomada de decisão gerencial, sobretudo no fluxo otimizado da extração do minério e dos recursos materiais necessários.

Artigo:

This work consists of a proposed methodology for future representation of freight transportation of iron ore from mines located within the state of Bahia for a logistics complex, including the port, which is being organized in the city of Ilhéus. The methodology is designed on the basis of an analytical-descriptive study by hierarchical decomposition of the complex, involving discrete event simulation and costs optimization. The Arena software is proposed as computational resource for simulation, which should facilitate the modeling of the queue system of trains and their resources, and subsequently contribute to the modeling of the port system. Data for the simulation are being raised in the enterprise project, issued by the state government of Bahia itself as well as in equivalent existing rail operations in Brazil. As a result, the methodology proposed might be very useful in managerial decision making, especially in the optimized flow of ore extraction and necessary material resources.

Palavras-chave: Infraestrutura de transporte, Multimodalidade, Simulação, Otimização, Transportation infrastructure,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/marine-spolm2014-127176

Referências bibliográficas
  • [1] BAHIA (Estado). Secretaria de Infraestrutura. Estudo de Impacto Ambiental Porto Sul, Tomo I: Caracterização do empreendimento. Salvador, 2011, 460 p.
  • [2] BANKS, J. Handbook of Simulation: Principles, Methodology, Advances, Applications and Practice, 1ª edição, Ed. Jerry Banks, New York: John Wiley and Sons. 1998.
  • [3] BRASIL. Agência Nacional de Transportes Aquaviários. Anuário Estatístico do Transporte Aquaviário 201 2013a. Disponível em: Andlt;http://www.antaq.gov.br/Portal/Anuarios/Anuario2013/40.htmAndgt;. Acesso em 20/03/2014.
  • [4] BRASIL. Agência Nacional de Transportes Aquaviários. Relatório Executivo - Bacia do São Francisco. 2013b. Disponível em:Andlt; http://www.antaq.gov.br/portal/PNIH/BaciaSaoFrancisco.pdfAndgt;. Acesso em: 20/03/201
  • [5] BRASIL. Ministério dos Transportes. VALEC Engenharia, Construções e Ferrovias. Volume I - Estudo Operacional da Ferrovia de Integração Oeste Leste EF-334. 2010. Disponível em: Andlt;http://www.valec.gov.br/FerroviasEstudos.phpAndgt;. Acesso em: 21/11/2013.
  • [6] CHWIF, L., MEDINA, A. C. Modelagem e Simulação de Eventos Discretos: Teoria e Aplicações. 2ª edição. São Paulo: Editora Bravarte. 2007.
  • [7] CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO TRANSPORTE-CNT. Boletim Estatístico –setembro de 2013. Disponível em: Andlt;http://www.cnt.org.br/Paginas/Boletins_Detalhes.aspx?b=3Andgt;. 2013a. Acesso em: 20/11/2013.
  • [8] CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO TRANSPORTE-CNT. Transporte e Economia – O Sistema Ferroviário Brasileiro. Disponível em: Andlt;http://www.cnt.org.br/Imagens%20CNT/PDFs%20CNT/Transporte_e_economia_-_o_sistema_ferroviario_brasileiro_.pdfAndgt;. 2013b. Acesso em: 20/11/2013.
  • [9] COMPANHIA DE DOCAS DO ESTADO DA BAHIA (CODEBA). Estatística Portuária. Disponível em: Andlt;http://www.codeba.com.br/eficiente/sites/portalcodeba/pt-br/site.php?secao=estatistica_portuariaAndamp;sm=menu_esquerdo_estatistica_portuariaAndgt;. 2014. Acesso em: 19/03/2014.
  • [10] ESMER, S. et al. A Simulation for Optimum Terminal Truck Number in a Turkish Port Based on Lean and Green Concept. The Asian Journal of Shipping and Logistics, 26, pp. 277-296, 20
  • [11] FIESP. Departamento de Competitividade e Tecnologia. Carga Extra na Indústria Brasileira, Parte 2: Custos com Logística. São Paulo, 2012, 16 p.
  • [12] KOTACHI, M. et al. Simulation Modeling and Analysis of Complex Port Operations with Multimodal Transportation. Procedia – Computer Science, 20, pp. 229-234, 2013.
  • [13] MARINOV, M., VIEGAS, J. A Mesoscopic Simulation Modelling Methodology for Analyzing and Evaluating Freight Train Operations in a Rail Network. Simulation Modelling Practice and Theory. 19, pp. 516-539, 2011.
  • [14] MOTRAGHI, A., MARINOV, M. Analysis of Urban Freight by Rail Using Event Based Simulation. Simulation Modelling Practice and Theory. 25, pp. 73-89, 2012.
  • [15] SLACK et al. Administração da Produção. 2ª edição. São Paulo: Editora Atlas S.A. 2002.
  • [16] SOKOLOWSKI, J. A. e BANKS, C. M., Principles of Modeling and Simulation: a Multidisciplinary Approach, Hoboken: John Wiley and Sons, 2009.
  • [17] YOURDON, E. Análise estruturada moderna. São Paulo. Ed. Campus, 3ª ed., 1990.
Como citar:

Pedreira Júnior, Jorge Ubirajara; Nascimento, Ademar Nogueira do; "MODELAGEM PARA OTIMIZAÇÃO DO TRANSPORTE DE CARGAS NO COMPLEXO LOGÍSTICO INTERMODAL PORTO SUL", p. 828-839 . In: In Anais do XVII Simpósio de Pesquisa Operacional e Logística da Marinha - SPOLM 2014 [=Blucher Engineering Proceedings, n.1, v.1]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2358-5498, DOI 10.5151/marine-spolm2014-127176

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações