Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

MODELAGEM MATEMÁTICA E DIFUSIVIDADE EFETIVA DE FOLHAS DE JAMBU DURANTE A SECAGEM

ARAÚJO, CAMILA SANTOS DE; VALENTE, MARIA DA CONCEIÇÃO DA COSTA; SANTANA, ELZA BRANDÃO; COSTA, CRISTIANE MARIA LEAL; FARIA, LÊNIO JOSÉ GUERREIRO DE;

Artigo Completo:

O jambu (Acmella oleracea) é uma hortaliça nativa da região Amazônica, apresentando grande interesse científico e industrial devido suas aplicações como analgésico e na composição de cosméticos. Para realizar a extração do componente principal (espilantol) torna-se necessário que o teor de umidade do material seja reduzido, em condições adequadamente controladas. Desta forma, objetivo deste trabalho foi estudar a cinética de secagem das folhas de jambu, utilizando um secador de leito fixo com circulação de ar forçada. São utilizadas relações funcionais entre o teor de umidade da biomassa e o tempo de processamento submetido às condições de secagem, com base em diversos modelos cinéticos propostos na literatura. Em todas as curvas de secagem foi observada a influência significativa do tempo e da temperatura. O Modelo de Midilli et al mostrou-se adequado para descrever o processo de secagem. A remoção de umidade foi governada pela taxa de difusão de água, possibilitando a estimativa da difusividade efetiva de umidade com base na equação de difusão para a forma placa plana utilizando a segunda lei de Fick. A difusividade efetiva aumentou com a elevação da temperatura do ar de secagem, apresentando resultados entre 7,028 x10-10 a 1,84 x10-9 m2/s. A dependência da difusividade em relação à temperatura foi descrita pela equação de Arrhenius, por meio da qual se obteve o valor da energia de ativação para as folhas de jambu no valor de 40,84 kJ/mol.

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/ENEMP2015-SE-666

Referências bibliográficas
  • [1] BOONEN, J.; BAERT, B.; ROCHE, N.; BURVENICH, B.; DE SPIEGELERR B. LCMS profiling of N-alkylamides in Spilanthes acmella extract and the transmucisal behaviour of its main bio-active spilanthol. Journal of Pharmaceutical and Biomedical Analysis. v.127, n. 1, p. 77-89, 2010.
  • [2] CARBONERA, L.; CARCIOFI, B. M.; HUBER, E.; LAURINDO, J. B. Determinação experimental da difusividade térmica de massa de tomate comercial. Brazilian Journal of Food Technology, v.6, n.2, p. 285-290, 2003.
  • [3] CRANK, J. The mathematics of diffusion, Oxford: Claredon Press. 2.ed. 414 p. 1975.
  • [4] EKANEM A. P.; WANG M.; SIMOM J. E; MORENO D. A. Propriedades anti-obesidade de duas plantas africanas (Afromomum meleguetta e Spilanthes Acmella) por inibição da lípase pancreática. Phytother Research, v.
  • [5] 21, n. 12, p. 1253-1255, 2007.
  • [6] GOMES, F. P. A. Estatística Moderna na Pesquisa Agropecuária. 3. ed. Piracicaba: Nobel. 1987.
  • [7] GONELI, A. L. D.; CORRÊA, P. C.; RESENDE, O.; REIS NETO, S. A. Estudo da difusão de umidade em grãos de trigo durante a secagem. Ciência e Tecnologia de Alimentos. v. 27, n.1, P. 135-140, 200
  • [8] KASHANI-NEJAD, M. A.; MORTAZAVI, A.; SAFEKORDIA. G. Thin-layer drying characteristics and modeling of pistachio nuts. Journal of Food Engineering. v.78, n. 1, p. 98-108, 2007.
  • [9] MADAMBA, P. S.; DRISCOLL, R. H.; BUCKLE, K. A. Thin layer drying characteristics of garlic slices. Journal of Food Engineering. v.29, n.1, p.75-97, 1996.
  • [10] MARTINAZZO, A. P.; CORRÊA, P. C.; MELO, E. C.; BARBOSA, F. F. Difusividade efetiva em folhas de Cymbopo goncitratus (DC.) Stapf submetidas à secagem em diferentes comprimentos de corte e temperatura do ar. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v.9, n.1, p.68-72, 2007.
  • [11] MARTINS, E. N. S.; LAGE, E. Z.; GONELI, A. L. D.; HARTMANN FILHO, C. P.; LOPES, J. G. Cinética de secagem de folhas de Timbó. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. v. 19, n. 3, p. 238- 244, 2015.
  • [12] MOHAPATRA, D.; RAO, P. S. A, A thin layer drying model of parboiled wheat. Journal of Food Engineering. v.66, n.4, p.513-518, 2005.
  • [13] OLIVEIRA, R. A.; OLIVEIRA, W. P.; PARK, K. J. Determinação da difusividade efetiva de raiz de chicória. Engenharia Agrícola, v. 26, n. 1, p. 181-189, 2006.
  • [14] RADÜNZ, L. L.; AMARAL, A. S.; MOSSI, J. A.; MELO, E. C.; ROCHA, R. P. Avaliação da cinética de secagem de carqueja. Engenharia na Agricultura. v. 19, n.1, p.19- 27, 2011.
  • [15] REIS, C. R.; DEVILHA, A. I.; ASCHERI, D. P. R.; SERVULO, A, C, O; SOUZA, A. B. M. Cinética de Secagem de folhas de manjericão (Ocimum basilicum L.) via infravermelho. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 16, n. 12, p. 1346-1352, 2012.
  • [16] SACILIK, K. Effect of drying methods on thin-layer drying characteristics of hull less seed pumpkin (Cucur bitapepo L.). Journal of Food Engineering . v. 79, n. 1, p. 23-30. 2007.
  • [17] ZOGZAS, N. P.; MAUROULIS, Z. B.; MARINOS-KOURIS, D. “Moisture diffusivity data compilation in food stuffs”, Drying Technology. v.14, n.10, p.2225-2253. 1996.
Como citar:

ARAÚJO, CAMILA SANTOS DE; VALENTE, MARIA DA CONCEIÇÃO DA COSTA; SANTANA, ELZA BRANDÃO; COSTA, CRISTIANE MARIA LEAL; FARIA, LÊNIO JOSÉ GUERREIRO DE; "MODELAGEM MATEMÁTICA E DIFUSIVIDADE EFETIVA DE FOLHAS DE JAMBU DURANTE A SECAGEM", p. 1806-1815 . In: In Anais do XXXVII Congresso Brasileiro de Sistemas Particulados - ENEMP 2015 [=Blucher Engineering Proceedings]. São Paulo: Blucher, 2015. . São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/ENEMP2015-SE-666

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações