Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

MODELAGEM E SIMULAÇÃO DA SEPARAÇÃO DO FLUIDO DE PERFURAÇÃO EM PENEIRAS VIBRATÓRIAS

MARQUES, M. D.; MURATA, V. V.;

Artigo Completo:

Esse trabalho apresenta a modelagem e simulação da separação entre sólidos e o fluido usado na perfuração de poços de petróleo em peneiras vibratórias. O modelo desenvolvido para a representação da passagem do fluido através da tela das peneiras utiliza uma analogia com o modelo de filtração baseado na análise das resistências. A resistência ao escoamento do fluido é considerada equivalente à condutância da tela da peneira. A queda de pressão através do meio filtrante e a viscosidade da lama formada pelo cascalho e pelo fluido de perfuração são parâmetros do modelo. A especificação da peneira considerada na simulação é a mesma da utilizada em campo: tela API140 com três camadas de espessura de 0,00069 m. O fluxo de permeado é calculado considerando o efeito da porosidade e do diâmetro das partículas. E nota-se que quanto maior o diâmetro da partícula e maior porosidade, maior será a altura da torta sobre a tela.

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2015-462-34086-266657

Referências bibliográficas
  • [1] CHASE, G.G.; WILLIS, M.S. Compressive Cake Filtration. Chemical Engineering Science. 47(6). 1373-138 1992.
  • [2] KING, R.P. Modelling and Simulation of Mineral Processing Systems. Butterworth Heinemann. Oxford. 2001.
  • [3] KONIECZNY, K. Modeling of membrane filtration of natural water for potable purposes. Desalination. 14 123-139. Elsevier. 2002.
  • [4] LI, J. et al. Discrete particle motion sieves: A numerical study using the DEM simulation. Elsevier. Powder Technology. 2003.
Como citar:

MARQUES, M. D.; MURATA, V. V.; "MODELAGEM E SIMULAÇÃO DA SEPARAÇÃO DO FLUIDO DE PERFURAÇÃO EM PENEIRAS VIBRATÓRIAS", p. 2576-2581 . In: Anais do XI Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.3]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2015-462-34086-266657

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações