Artigo - Open Access.

Idioma principal

MAPEAMENTO DO MDA E HABILIDADES DO JOGADOR NO GRÁFICO DA TEORIA DO FLUXO

Zaffari, Guilherme; Battaiola, André Luiz;

Artigo:

Em anos recentes, uma variedade de teorias a respeito do Design de Jogos Digitais vem sendo publicadas. Suas intenções variam: algumas procuram descobrir o que torna um jogo “divertido”, outros trabalham os diferentes componentes que os constroem. Um problema notado é que esses trabalhos estão fazendo propostas similares, entretanto separadamente. A intenção deste artigo, por conseguinte, é estudar algumas dessas teorias e mapeá-las, para que possam se relacionar e, assim, aprimorar o conhecimento para projetar um jogo de qualidade. A base para essas relações está no frameowrk MDA para o design de jogos, criado por Robin Hunicke, Marc LeBlanc, e Robert Zubek. As teorias associadas compreendem a Teoria do Fluxo de Mihalyi Csikszentmihalyi, até as diversas técnicas de criação e análise de jogos de Aki Järvinen. O resultado da combinação mostra que o gráfico da teoria do fluxo suporta as proposições estudadas e ajuda a reforçar o objetivo do modelo MDA, de unificação de conceitos.

Artigo:

In recent years, various theories regarding Game Design have been published. Their intentions varies: some beseech to discover what makes a game “fun”, others regards the many concepts that form them. An issue noticed is that these works are making similar breakthroughs, and presented separately. Therefore, the intention of this paper is to study some of these theories and map them, so that they can be related, thus making the understating of designing a successful and fun game predictable. The basis for these relations is the MDA framework for game design, created by Robin Hunicke, Marc LeBlanc, and Robert Zubek. The theories being associated ranges from Mihaly Csikszentmihalyi’s Flow Theory, to Aki Järvinen’s many theories for studying and analyzing games. The combination results shows that the flow theory chart can withstand the studied propositions and that it helps reinforce the MDA framework objective of integrating concepts.

Palavras-chave: MDA, Teoria do Fluxo, Habilidades do Jogador., MDA,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/designpro-ped-00422

Referências bibliográficas
  • [1] HUNICKE, Robin; LEBLANC, Marc; ZUBEK, Robert. MDA: A formal approach to game design and game research. In: Proceedings of the AAAI Workshop on Challenges in Game AI. 2004. p. 04-04.
  • [2] CSIKSZENT, Mihaly. Flow. HarperCollins, 1991.
  • [3] JÄRVINEN, Aki. Games without frontiers: Theories and methods for game studies and design. 2008.
  • [4] CARROLL, John B. Human cognitive abilities. Cambridge: Cambridge University Press, 1993.
  • [5] LUIZ, Rafael. Adaptação do jogo de RPG comercial Dungeons and Dragons 4th Edition para o ensino de inglês. 2011. Dissertação de Mestrado – Programa de Pós-Graduação em Design, Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 2011.
  • [6] ESA Entertainment Software Association – Disponível em http://www.theesa.com/facts/index.asp no dia 13/12/20.
Como citar:

Zaffari, Guilherme; Battaiola, André Luiz; "MAPEAMENTO DO MDA E HABILIDADES DO JOGADOR NO GRÁFICO DA TEORIA DO FLUXO", p. 362-373 . In: Anais do 11º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 1, n. 4]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/designpro-ped-00422

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações