Artigo - Open Access.

Idioma principal

MADEIRAS TROPICAIS QUANTO À DENSIDADE E COR PARA USO EM PAVIMENTAÇÃO

Rocha, Lílian Thais Cantanhêde; Pereira, Sanatiel de Jesus; Guimarães, Karoline de Lourdes Monteiro; Valporto, Mariana Sousa; Viegas, Valkiria Aires;

Artigo:

Objetivando descobrir as possíveis combinações de espécies de madeiras diferentes com base na relação densidade x cor para a aplicação em pisos, desenvolvemos o presente estudo, no qual foram consideradas características como, dureza janka e retratibilidade das 95 espécies pesquisadas até chegarmos ao grupo de 30 espécies. Destas, com base na densidade e na cor de cada uma, constatamos que as madeiras mais escuras são também as mais pesadas. Verificamos ainda que, nem todas as espécies mais escuras podem ser combinadas com as mais claras, visto que possuem uma grande variação de densidade, o que irá interferir na retratibilidade das espécies.

Artigo:

Aiming to discover the possible combinations of species of different woods from the relation color x density for use in floors, developed the present study, which were considered as features, Janka hardness and shrinkage of 95 species surveyed until we reach the group of 30 species . Of these, based on the density and color of each, found that the darker wood are also heavier. We have also noticed that not all the darker species may be combined with the lighter since they are a large variation in density, which will interfere with the shrinkage of species.

Palavras-chave: Madeiras, propriedades, pisos., Woods,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/designpro-ped-00926

Referências bibliográficas
  • [1] ANDRADE, Ariel de at al. Auditoria em certificação da qualidade para pisos de madeira. Projeto Piso de Madeira Sustentável. São Paulo: Piracicaba, 2013. Disponível em: Andlt; http://www.pimads.org/Andgt;. Acesso em: 10 fev. 2014.
  • [2] INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS DO ESTADO DE SÃO PAULO S. A. Madeira: uso sustentável na construção civil. São Paulo: SindusCon, 2003. Disponível em: Andlt; http://www.sindusconsp.com.br/downloads/prodserv/publicacoes/manual_madeira pdfAndgt;. Acesso em: 12 fev. 2014.
  • [3] ESTUQUI FILHO, Carlos Adalberto. A durabilidade da madeira na arquitetura sob os fatores naturais: estudo de casos em Brasília. 2006. 148 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Programa de Pós-Graduação da FAU, Universidade de Brasília, Brasília, 2006.
  • [4] GALINA, Inês Cristina Martins et al. Instalação de pisos de madeira. Projeto Piso de Madeira Sustentável. São Paulo: Piracicaba, 2013. Disponível em: Andlt; http://www.pimads.org/Andgt;. Acesso em: 10 fev. 201
  • [5] GONZAGA, Armando Luiz. Madeira: uso e conservação. Brasília: IPHAN/Monumenta, 2006.
  • [6] LISTA de espécies vegetais. São Paulo: Universidade Federal de São Carlos, [2013]. Disponível em: Andlt; http://www.ufscar.br/~debe/reserva/paginas/projeto/vegetais.pdfAndgt;. Acesso em: 15 jun. 2013.
  • [7] MADEIRAS. Disponível em: Andlt;http://www.aguademeninos.com.br/Madeireira/Madeiras/balsamo.htmlAndgt;. Acesso em: 17 jun. 2013.
  • [8] MADEIRAS. Disponível em: Andlt;http://www.cobrire.com.br/deck-de-bambu.htmAndgt;. Acesso em: 17 jun. 2013.
  • [9] MAINIERI, Calvino; CHIMELO, João Peres. Fichas de características das madeiras brasileiras. São Paulo: Instituto de Pesquisas Tecnológicas, 198
  • [10] MORESCHI, José Carlos. Propriedade da madeira. Departamento de Engenharia e Tecnologia Florestal da UFPR. Disponível em: Andlt; http://www.madeira.ufpr.br/publicacoes/propriedadesdamadeira20pdfAndgt;. Acesso em: 03 mar. 2014.
  • [11] MORI, Cláudia L. S. de O. et al. Caracterização da cor da madeira de clones de híbridos de Eucalyptus spp. Cerne. Ci. Florestais, Lavras, v. 11, n. 2, p. 137-146, abr./jun. 2005. Disponível em: Andlt; http://www.dcf.ufla.br/cerne/artigos/v11_n2_artigo%2004.pdfAndgt;. Acesso em: 13 fev. 2014.
  • [12] MORI, Cláudia L. S. de O. et al. Influência das características tecnológicas na cor da madeira de Eucaliptos. Coral. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 14, n. 2, p. 123-132, jun. 2004. Disponível em: Andlt; http://coral.ufsm.br/cienciaflorestal/artigos/v14n2/A12V14N2.pdfAndgt;. Acesso em: 13 fev. 2014.
  • [13] PEREIRA, Sanatiel J. Pequeno dicionário de ciência e tecnologia da madeira. São Luís: Edufma, 2010.
  • [14] PISOS de madeira. Disponível em: Andlt;http://www.remade.com.br/br/revistadamadeira_materia.php?num=976Andamp;subject=Pi sosAndgt;. Acesso em: 15 jun. 2013.
  • [15] RODRIGUES, Márcio José. Sistematização das propriedades da madeira para o uso racional no desenvolvimento de projeto de produto. 1996. 125 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Desenho Industrial) para obtenção do grau de Bacharel em Desenho Industrial – Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 1996.
  • [16] SILVA, Moema Ribas. Materiais de Construção. São Paulo: Pini, 1985.
  • [17] SILVA FILHO, Danilo Fernandes da et al. Influência da densidade na dureza janka em oito espécies madeireiras da Amazônia Central. Acta Amazônica, 22, 275-283, 1992. Disponível em: Andlt; https://acta.inpa.gov.br/fasciculos/22-2/PDF/v22n2a09.pdfAndgt;. Acesso em: 03 mar. 2014.
  • [18] TIPOS de madeiras usadas em pisos de madeira. Disponível em: Andlt;http://www.servicosempisosdemadeira.com.br/madeiras-para-pisos-de- madeira.phpAndgt;. Acesso em: 15 jun. 2013.
  • [19] ZENID, Geraldo José. Madeira: uso sustentável na construção civil. São Paulo: Instituto de Pesquisas Tecnológicas - SVMA, 2009.
Como citar:

Rocha, Lílian Thais Cantanhêde; Pereira, Sanatiel de Jesus; Guimarães, Karoline de Lourdes Monteiro; Valporto, Mariana Sousa; Viegas, Valkiria Aires; "MADEIRAS TROPICAIS QUANTO À DENSIDADE E COR PARA USO EM PAVIMENTAÇÃO", p. 2171-2181 . In: Anais do 11º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 1, n. 4]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/designpro-ped-00926

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações