dezembro 2014 vol. 1 num. 1 - X Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

LEVANTAMENTO DO TEMPO DE EXPOSIÇÃO DE RADIAÇÃO UV DISPONÍVEL EM NATAL/RN

ROCHA, B. S.; ROCHA, I. M. V.; OLIVEIRA, K. H. N.; SOUSA, M.A.S.B.;

Artigo:

O uso da radiação ultravioleta (UV) é uma eficaz forma de tratamento da água, uma vez que inativa os microorganismos e não gera subprodutos cancerígenos, diferentemente da cloração. Um ambiente como Natal, onde a radiação UV incide abundantemente, é ideal para desenvolver pesquisas nessa área. Para tanto, o presente trabalho consistiu na aquisição de dados da base do Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais (INPE) a respeito da radiação UV em Natal entre 2009 e 2012, em especial de maio a julho (períodos chuvosos na região), seguido da tabulação dos dados obtidos para o horário das 5h até as 17h. O valor máximo foi 1000 W/m2 e o mínimo obtido (coincidindo com os nublados e com chuva) foi de 250 W/m2, demonstrando que mesmo na época menos ensolarada a desinfecção é possível.

Artigo:

Palavras-chave: radiação, desinfecção, potencial solar.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobec-ic-01-ea-017

Referências bibliográficas
  • [1] BURCH, J. D., THOMAS, K. E. Water disinfection for developing countries and potential for solar thermal pasteurization. Elsevier, USA, Solar Energy Vol. 64, p. 87-97. 1998.
  • [2] MARQUES, A. R. et al. Efficiency of PET reactors in solar water disinfection for use in southeastern Brazil. Elsevier, Brazil, Solar Energy vol. 87, p. 158-167. 2013.
  • [3] MARTÍN-DOMÍNGUEZ, A. et al. Efficiency in the disinfection of water for human consumption in rural communities using solar radiation. Elsevier, Mexico, Solar Energy vol. 78, p. 31-40. 2005.
  • [4] MBONIMPAA, E. G. et al. Continuous-flow solar UVB disinfection reactor for drinking water. Elsevier, USA, Water Research vol. 46, p. 2344-235 2012.
  • [5] MCGUIGAN, K. G. et al. Solar water disinfection (SODIS): A review from bench-top to roof-top. Elsevier, Journal of Hazardous Materials 235–236, p. 29- 46. 2012.
  • [6] MCLOUGHLIN, O. A. et al. Solar disinfection of contaminated water: a comparison of three small-scale reactors. Elsevier, Solar Energy vol. 77, p. 657- 664. 2004.
  • [7] NASPOLINI, H. F. et al. The role and benefits of solar water heating in the energy demands of low-income dwellings in Brazil. Elsevier, Brazil, Energy Conversion and Management vol. 51, p. 2835-2845. 2010.
  • [8] NAVNTOFT, C. et al. UV-A (315–400 nm) irradiance from measurements at 380 nm for solar water treatment and disinfection: Comparison between model and measurements in Buenos Aires, Argentina and Almeria, Spain. Elsevier, Solar Energy vol. 83, p. 280-286. 2009.
  • [9] OPPEZZO, O. J. Contribution of UVB radiation to bacterial inactivation by natural sunlight. Elsevier, Argentina, Journal of Photochemistry and Photobiology B: Biology 115, p. 58-62. 2012.
  • [10] SAITOH, T. S., EL-GHETANY, H. H. A pilot solar water disinfecting system: performance analysis and testing. Elsevier, Japan, Solar Energy Vol. 72, P. 261-269. 2002.
Como citar:

ROCHA, B. S.; ROCHA, I. M. V.; OLIVEIRA, K. H. N.; SOUSA, M.A.S.B.; "LEVANTAMENTO DO TEMPO DE EXPOSIÇÃO DE RADIAÇÃO UV DISPONÍVEL EM NATAL/RN", p. 81-84 . In: . São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobec-ic-01-ea-017

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações