fevereiro 2014 vol. 1 num. 1 - V Simpósio Internacional de Flebologia

Resumo - Open Access.

Idioma principal

Laser 1470

Merlo, I.;

Resumo:

Foi o médico espanhol Carlos Boné Salat, de Palma de Maiorca, quem fez as primeiras experiências em 1998 com um laser de diodo 810nm com endolaser. Nesse mesmo ano levou a novidade para um congresso de estética e fez a primeira publicação, no ano seguinte, na Revista Espanhola de Medicina Estética. Daí em diante a técnica foi difundido nos Estados Unidos através da publicação em conjunto com Luis Navarro e Robert Min, cuja técnica difundiu-se rapidamente em todo o mundo. Os lasers de diodo utilizados na cirurgia venosa podem ser classificados em dois grupos: lasers de comprimento de onda cujo cromóforo principal de absorção é hemoglobina (HL WL) e lasers de comprimento de onda de absorção na água (WLWL). O primeiro grupo corresponde aos primeiros comprimentos de onda que foram utilizados, como o de 810, 940, 980 e o de 1064nm, onde o ponto de absorção corresponde à oxihemoglobina e melanina. Os lasers de comprimento de onda de absorção na água, como o 1320 e o 1470, agem sobre a água; o cromóforo ativo é a água, através da qual a luz de laser é absorvida pela água intersticial e pela água da mioglobina da parede venosa. Em virtude do mecanismo de ação ser diferente, este comprimento de onde depende da absorção do cromóforo água intersticial e do contato da fibra com a parede venosa, que é formada em grande parte por água. As técnicas de tratamento, abordagem e a eficácia dos tratamentos a médio e longo prazo não diferem muito. Porém há certa diferença significativa quanto a dor nos locais operados com endolaser, no pós-operatório recente, em favor do laser 1470.

Resumo:

Palavras-chave: laser, IVC, varizes, tratamento de varizes,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/medpro-flebo-SIF_36

Referências bibliográficas
Como citar:

Merlo, I.; "Laser 1470", p. 61 . In: In Anais do V Simpósio Internacional de Flebologia [=Blucher Medical Proceedings, n.1, v.1]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2357-7282, DOI 10.5151/medpro-flebo-SIF_36

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações