fevereiro 2014 vol. 1 num. 1 - V Simpósio Internacional de Flebologia

Pré-textual - Open Access.

Idioma principal

Introdução

, ;

Pré-textual:

Belo Horizonte será palco para um dos mais importantes eventos da área de Angiologia. Certamente o maior evento da flebologia no Brasil. A SBAC V-MG , Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia vascular de Minas Gerais através de seu presidente Dr Leonardo Ghizoni e toda a sua diretoria promoverá o V o SIF 2013, Simpósio Internacional de Flebologia, (ciência que cuida da boa circulação venosa do corpo humano) que acontecerá nos dias 21 a 23 de março deste ano, no Ourominas Palace Hotel, realizado pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular – Regional Minas Gerais. No evento científico, que contará com cerca de 500 participantes de todo o país, serão discutidos temas de grande importância científica e social, entre eles, avanços na cirurgia de varizes, escleroterapia com espuma, trombose venosa profunda e trombofilias, tratamento endovascular nas doenças venosas, entre outros. O Dr. Francisco Reis Bastos, presidente do simpósio, destaca que os problemas com varizes no Brasil são considerado de grande impacto social, uma vez que o afastamento do trabalho decorrente dessas doenças é muito grande. “A doença atinge cerca de 50% das pessoas aos 50 anos, 70% aos 70 anos e 20% no geral”, salienta o conhecido angiologista mineiro. Ele salienta que as varizes acometem uma grande porcentagem da população em diferentes graus. “As mais comuns são as varizes primárias. Sua etiologia é multifatorial, sendo os principais fatores de risco: a genética, os hormonais (mulheres, uso de anticoncepcional, gestação, reposição hormonal), a obesidade, o trabalhar ou o permanecer longos períodos em pé ou fazendo muito esforço”. Escleroterapia com espuma – Com o crescimento dessa prática, entre os angiologistas de Minas e do Brasil, no V Simpósio Internacional de Flebologia da SBAC V-MG , essa técnica será amplamente debatida através de mesas redondas do evento, com a participação de convidados nacionais e internacionais. Francisco Bastos explica que a escleroterapia com espuma pode ser feita em clínicas e ambulatórios e não necessita repouso. As varizes atingem cerca de 20% da população brasileira e a maior parte das pessoas ainda é tratada por cirurgia. O especialista afirma que o método da escleroterapia com espuma, apesar de existir há várias décadas, ainda é visto como intervenção estética e, por isso, não é contemplado pelo SUS. Bem que poderia ser. Ele diz, no entanto, que a escleroterapia com espuma é eficaz, cômoda e segura para o paciente, e econômica para o Estado. “Enquanto a cirurgia obriga o uso de anestesia e força o afastamento do paciente de suas atividades por até 30 dias, a intervenção com espuma faz com que a pessoa saia andando poucos minutos após o tratamento”, diz. Outras conferências de grandes novidades tecnológicas estão programadas, por exemplo, como uso do laser, da radiofreqüência e cirurgia endovascular nas doenças venosas. Está previsto um curso Pré-simpósio de Eco-Color- Doppler, com aspectos práticos e atuais do dia-a-dia do angiologista e cirurgião vascular. Esse curso é da maior importância para todos os angiologistas, pois hoje é impossível não usar esse método não invasivo para melhor estudar e tratar as doenças venosas. Esses ANAI S Do SIF 2013 pretende registrar essas boas conferências e palestras.

Pré-textual:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/medpro-flebo-SIF_1

Referências bibliográficas
Como citar:

, ; "Introdução", p. 3 . In: In Anais do V Simpósio Internacional de Flebologia [=Blucher Medical Proceedings, n.1, v.1]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2357-7282, DOI 10.5151/medpro-flebo-SIF_1

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações