Artigo - Open Access.

Idioma principal

INTERPRETANDO SUPERFÍCIES: MODELANDO LEITURAS DE SIGNIFICADOS SENSORIAIS PARA DESIGN DE MOBILIÁRIO

Filho, José Nunes; Alves, Davi Neiva; Lana, Sebastiana Luiza Bragança;

Artigo:

Na sociedade atual, permeada pelos estímulos mercadológicos e diversidade de ofertas de produtos, o estudo das emoções do consumidor tem se tornado uma linha importante de pesquisa. As emoções influenciam o modo como o consumidor percebe e interage com os itens no seu entorno. Kansei Engineering (KE) é uma metodologia concebida para facilitar o projeto de produtos centrados no usuário. Esta proposta examina a Engenharia Kansei como metodologia de pesquisa no Design dos Sentidos para o setor moveleiro. Desta forma, a pesquisa confronta, através da avaliação visual, o efeito e valor sensorial em madeiras e chapas industrializadas e suas significações percebidas como valor de atratividade. Este estudo se mostra relevante, pois móveis projetados sob o enfoque do Design de superfície atendem um mercado e clientes cada vez mais exigentes. Os painéis de madeira têm substituído a escassa e valiosa madeira maciça em diferentes usos, principalmente na fabricação de móveis, e estes necessitam de acabamento possibilitando projetos criativos e ousados na produção de estampas, texturas e relevos por meio do Design de Superfície. Além de forma física e funções, os produtos assumem “forma social” e “funções simbólicas” quando adentram ao cotidiano. Cores, superfícies, texturas, materiais, e volumes são elementos importantes que influenciam a percepção visual do objeto. O uso dos elementos que encantam e atraem os sentidos vem demonstrando ser uma poderosa ferramenta para promover o destaque e satisfação do cliente e usuário de um produto. Assim, é possível estabelecer uma estratégia para projetar sob a perspectiva do Design Emocional, pela sua crescente importância no campo do Design. Através do exame de aspectos sensoriais da superfície de madeiras selecionadas e suas pontuações com indicadores visuais, serão estudadas interpretações de significados formais para aplicação em produção de materiais de revestimento de móveis planejados. Através da aplicação da Engenharia Kansei como metodologia de estudo sensorial aqui proposta, serão formuladas relações de significados de testes de compreensão que permitam obter valores e importância de atributos percebidos na superfície das amostras de madeira. O propósito do artigo é apresentar as definições e premissas do Kansei Engineering, métodos e técnicas, e estabelecer potencialidades para aplicação em Design dos Sentidos na formulação de superfícies de móveis planejados de alta atratividade.

Artigo:

In today''s society, permeated by the market-stimuli and diversity of product offerings, the study of consumer emotions has become an important line of research. Emotions influence how consumers perceive and interact with the items in your surroundings. Kansei Engineering (KE) is a methodology designed to facilitate the design of user-centered products. This proposal examines the Kansei Engineering as a research methodology in Design Senses for the furniture sector. Thus, research confronts, through visual assessment, the effect and sensory value industrial wood and plates and their meanings as perceived value of attractiveness. This study shows relevant as furniture designed from the standpoint of the design surface and serve a market increasingly demanding customers. Wooden panels have replaced the scarce and valuable hardwood in different uses, mainly for manufacturing furniture, and these need to finish enabling creative and daring in the production of prints, textures and reliefs through Surface Design projects. Besides physical form and functions, products assume "social order" and "symbolic function" when they enter the everyday. Colors, surfaces, textures, materials, and volumes are important elements that influence the visual perception of the object. The use of the elements that attract and delight the senses has proven to be a powerful tool to highlight and promote customer satisfaction and user of a product. Thus, it is possible to establish a strategy to design from the perspective of Emotional Design, by its growing importance in the field of Design. Through the examination of sensory aspects of the surface of selected hardwoods and their scores with visual indicators, interpretations of formal meanings for application in production of customized furniture coating materials will be studied. Through the application of Kansei Engineering methodology as sensory study proposed here, relationships meanings of comprehension tests, achieving values and perceived importance of the surface of the wood sample attributes will be formulated. The purpose of the paper is to present the definitions and assumptions of Kansei Engineering, methods and techniques, and establish potential for application in Design Senses in formulating surfaces of furniture is highly attractive.

Palavras-chave: materiais, design dos sentidos, móveis, Engenharia Kansei., Materials, design of the senses, furniture, Kansei Engineering.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/designpro-ped-00553

Referências bibliográficas
  • [1] ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 12995: Teste triangular em análise de alimentos e bebidas. SP, 1993.
  • [2] ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 13526: Teste de comparação múltipla em análise sensorial de alimentos e bebidas. Rio de Janeiro: ABNT, 1995. BENYON, D. Interação Humano Computador. São Paulo: Pearson, 2011
  • [3] DUTCOSKY, Silvia Deboni. Análise Sensorial de Alimentos. 2ª ed. Curitiba: Champagnat, 2007. 239 p.
  • [4] FALLER, Roberto da Rosa. Engenharia e design: contribuição ao estudo da seleção de materiais no projeto de produto com foco nas características intangíveis [Dissertação de Engenharia]. 2009. 216f. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, 2009.
  • [5] FLUSSER, Vilém; CARDOSO, Rafael (ed.) Mundo Codificado: por uma filosofia do design e da comunicação. São Paulo: Cosac Naify, 2007.
  • [6] FRASCARA, Jorge. Diseño gráfico para la gente. Comunicaciones de masa ycambio social. 3.ed. Buenos Aires: Ediciones Infinito, 2004.
  • [7] JORDAN,P.W. (ed.) Pleasure with products: Beyond usability. New York: CRC, 2002. LEE, S.; HARADA, A. ; STAPPERS, P. J. Design based on Kansei. In: GREEN, W. S.; ZHAI, L.,
  • [8] KHOO, L. E ZHONG, Z. A dominance-based rough set approach to Kansei Engineering in product development. Expert System Applications. n. 36, pp. 393-402, 2009.
  • [9] LÖBACH, Bernd. Design industrial: bases para a configuração dos produtos. São Paulo: Edgard Blücher, 2001. 206 p.
  • [10] MAIOCH, Marco. Design emocional (ou simplesmente design?) Cadernos de estudos avançados. TAndamp;C Design-Emoção. PGD – UEMG, 2013.
  • [11] MERONI, A. Strategic design: where are we now? Reflection around the foundations of a recent discipline. Strategic Design Research Journal, São Leopoldo, v. 1, n. 1, p. 34-42, 2008.
  • [12] MINIM, Valéria Paula Rodrigues. Análise Sensorial: Estudos C . Viçosa: UFV, 2006. 225 p.
  • [13] MONTALVÃO, Claudia; DAMAZIO, Vera. Design ergonomia emoção. Rio de Janeiro: Mauad, 2008. p.49-64
  • [14] NAGAMACHI, M. Kansei Engineering. Tokyo: Kaibundo Publishing, 1989.
  • [15] NIEMEYER, Lucy. Design atitudinal: uma abordagem projetual. In: NORMAN, Donald. Design emocional: porque adoramos (ou detestamos) os objetos do dia-a-dia. Rio de Janeiro: Rocco, 2008. 322 p.
  • [16] PADOVANI, Stephania; BUCCINI, Marcos. “Uma introdução ao Design Experencial”. In: Estudos em Design. Rio de Janeiro: Associação de Ensino de Design do Brasil, 2005. V.13,n.2.
  • [17] PSIQWEB: http://virtualpsy.locaweb.com.br/dicionario_janela.php?cod=141. dez.2013 RAMACHANDRAN, V.; HIRSTEIN, W. The science of art. The Consciousness Journal, NY,1999
  • [18] RAMACHANDRAN, V.S; HIRSTEIN, William. The Science of Art. A Neurological Theory of ROY, R.; GOATMAN, M.; KHANGURA, K. User-centric design and Kansei Engineering. CIRP Journal of Manufacturing Science and Technology, nº 1, pp. 172-178, 2009.
  • [19] SAMARA, Beatriz Santos; MORSCH, Marco Antonio. Comportamento do Consumidor: Conceitos e Casos. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005. 267 p. SCHÜTTE, S.; EKLUND, J. Design of rocker switches for work-vehicles: An application of Kansei Engineering. Applied Ergonomics, nº 36, pp. 557-567, 2005.
Como citar:

Filho, José Nunes; Alves, Davi Neiva; Lana, Sebastiana Luiza Bragança; "INTERPRETANDO SUPERFÍCIES: MODELANDO LEITURAS DE SIGNIFICADOS SENSORIAIS PARA DESIGN DE MOBILIÁRIO", p. 1210-1222 . In: Anais do 11º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 1, n. 4]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/designpro-ped-00553

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações