Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

INFLUÊNCIA DOS COMBUSTÍVEIS AUTOMOTIVOS NO MATERIAL PARTICULADO ATMOSFÉRICO DE SÃO PAULO E RIO DE JANEIRO

Vicentini, Pedro Caffaro; Melo, Tadeu Cavalcante Cordeiro de; Loureiro, Luciana Neves; Moreira, Márcia Figueiredo; Alves, Nelson da Silva;

Artigo Completo:

São apresentados os resultados de um estudo realizado pela Petrobras, USP e PUC-RJ para determinar a influência das principais fontes na formação do material particulado (MP) nas regiões metropolitanas de São Paulo e Rio de Janeiro, em especial o MP2,5. Um dos objetivos foi a caracterização completa do MP presente no gás de escapamento de veículos típicos da frota brasileira. Utilizando técnicas de amostragem e medição inovadoras, foram testados combustíveis com diversos teores de enxofre em veículos leves (ciclo Otto e ciclo Diesel), ciclomotores e motores pesados a diesel. Durante um ano fez-se a coleta de MP ambiental em oito estações de monitoramento, quatro em cada metrópole. Técnicas avançadas de análise foram empregadas para caracterizar o material particulado coletado. Na sequência, foram utilizadas técnicas de estatística multivariada para quantificar a participação de certas tipologias de fontes de poluentes. Os resultados obtidos mostraram que, nos últimos anos, a qualidade do ar não sofreu alteração importante nas metrópoles estudadas, o que pode ser creditado à evolução nas tecnologias veiculares e nos combustíveis, além da renovação da frota. Com relação à contribuição dos combustíveis automotivos na formação do MP2,5 atmosférico, verificou-se que esta é de cerca de 60% nos dois centros, considerando as emissões diretas e os aerossóis secundários, a maior parte dos quais pode ser atribuída a reações em que participam compostos orgânicos de origem veicular.

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/engpro-simea2015-PAP192

Referências bibliográficas
  • [1] ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, NBR 6601 - Determinação de Hidrocarbonetos, Monóxido de Carbono, Óxidos de Nitrogênio e Dióxido de Carbono no Gás de Escapamento, Brasil, 2012.
  • [2] Parlamento Europeu, Diretiva 97/24/CE, 1997.
  • [3] ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, NBR 14.489 - Motor diesel - Análise e determinação dos gases e do material particulado emitidos por motores do ciclo diesel - Ciclo de 13 pontos,Brasil, 2000.
  • [4] ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, NBR 15634 - Veículos rodoviários automotores – Análise e determinação do gás de exaustão segundo os ciclos ETC, ESC e ELR, Brasil, 2010.
  • [5] http://www.panalytical.com/Epsilon-htm, acesso em 28/05/201
  • [6] BIRCH, M.E., CARY R.A., Elemental Carbon-Based Method for Monitoring Occupational Exposures to Particulate Diesel Exhaust, Aerosol Science and Technology 25, 221-241, 1996
  • [7] http://www.aerodyne.com/products/aerosol-mass-spectrometer, acesso em 28/05/2015.
  • [8] http://www.thermoscientific.com/en/product/5012-multiangle-absorption-photometer-maap.html, acesso em 28/05/2015.
  • [9] http://www.tsi.com/scanning-mobility-particle-sizer-spectrometer-3936, acesso em
  • [10] 28/05/2015.
  • [11] [10] http://www.ionicon.com/information/technology/ptr-ms, acesso em 28/05/2015.
  • [12] [11] MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE, Inventário Nacional de Emissões Atmosféricas por Veículos Automotores Rodoviários - 2013, Brasília, 2014.
  • [13] [12] WORLD HEALTH ORGANIZATION, WHO Air quality guidelines for particulate matter, ozone, nitrogen dioxide and sulfur dioxide, Geneve, 2005.
  • [14] [13] GODOY M.L.D.P., GODOY J.M., ROLDÃO L.A., SOLURI D.S., DONAGEMMA R.A., Coarse and fine aerosol source apportionment in Rio de Janeiro, Brazil, Atmos Environ. 2009;43:2366–2374. doi: 10.1016/j.atmosenv.2008.12.046, 2009.
  • [15] [14] ENVIRONMENTAL PROTECTION AGENCY, SPECIATE 4.2 - Speciation Database Development Documentation, USA, 2009.
Como citar:

Vicentini, Pedro Caffaro; Melo, Tadeu Cavalcante Cordeiro de; Loureiro, Luciana Neves; Moreira, Márcia Figueiredo; Alves, Nelson da Silva; "INFLUÊNCIA DOS COMBUSTÍVEIS AUTOMOTIVOS NO MATERIAL PARTICULADO ATMOSFÉRICO DE SÃO PAULO E RIO DE JANEIRO", p. 538-557 . In: In Anais do XXIII Simpósio Internacional de Engenharia Automotica - SIMEA 2014 [=Blucher Engineering Proceedings]. São Paulo: Blucher, 2015. . São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/engpro-simea2015-PAP192

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações