dezembro 2014 vol. 1 num. 5 - II Congresso Brasileiro de Medicina Hospitalar

Resumo - Open Access.

Idioma principal

Indicadores hospitalares como medida de efetividade de Cuidado Básico de Saúde

Diogo, L.P.; Bahlis, L.F.; Rohr, D.; Fonseca, F.; Waldemar, F.S.; Soares, V.S.; Wajner, A.;

Resumo:

No contexto internacional, observa-se uma série de investigações sobre indicadores da atividade hospitalar como medida da efetividade da atenção primária à saúde. Essas investigações dão atenção especialmente as chamadas condições sensíveis a atenção primária. No entanto, pouco é falado a respeito de outros dados hospitalares como indicadores de cuidado básico de saúde. Objetivo: avaliar se existe relação entre a região da cidade de origem do paciente e risco de internação hospitalar Método: É realizada a coleta dos dados de todos os pacientes internados para equipe de hospitalistas. No momento da alta, por meio de questionário impresso, funcionário treinado sob supervisão da equipe assistencial realiza a coleta. Posteriormente o questionário é digitado em bando de dados do Excel®. O processo de digitação é revisado e então importado para o programa SPSS®. Foram analisados dados demográficos e clínicos dos pacientes, assim como cidade de bairro de origem. Foram utilizados dados no censo 2010 para avaliação do numero de habitantes da cidade de Montenegro e seus bairros. Resultados: o período de coleta foi de junho/2013 a fevereiro de 2014. O total de pacientes analisados foi de 1101. Destes, eram de Montenegro. Segundo dados do censo IBGE 2010, a população de Montenegro é de 59415, com 5786 habitantes da área rural da cidade (9,73%). Conclusão: Ao longo de um ano e três meses de atuação do grupo de medicina hospitalar no Hospital Montenegro, chamou atenção a grande quantidade de pacientes advindos do bairro Interior da cidade (área rural), mesmo sendo os moradores desta área minoria populacional da cidade. A partir dos dados hospitalares, foi possível perceber uma possível deficiência da assistência básica de saúde neste local. Desta forma, acreditamos que a estatística hospitalar pode ser um importante auxiliar no diagnóstico da atenção primária de saúde dos municípios.

Resumo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/medpro-II-cbmh-087

Referências bibliográficas
Como citar:

Diogo, L.P.; Bahlis, L.F.; Rohr, D.; Fonseca, F.; Waldemar, F.S.; Soares, V.S.; Wajner, A.; "Indicadores hospitalares como medida de efetividade de Cuidado Básico de Saúde", p. 8 . In: . São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2357-7282, DOI 10.5151/medpro-II-cbmh-087

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações