Abstract - Open Access.

Idioma principal

Genotypic Characterization of Bacteriocins in Enterococcal Isolates of Different Sources

Genotypic Characterization of Bacteriocins in Enterococcal Isolates of Different Sources

Maia, Luciana Furlaneto; Ogaki, Mayara Baptistucci; Furlaneto, Márcia Cristina;

Abstract:

Bacteriocinas são peptídeos com a atividade antimicrobiana sintetizados nos ribossomos, estas são frequentemente usadas como bioconservantes contra diferentes alvos microbianos contaminantes de alimentos. O gênero Enterococcus sp. são potencias produtores de bacteriocinas (enterocinas). Considerando os resultados promissores que as enterocinas têm apresentado quando usadas como aditivos alimentares, o presente trabalho teve por objetivo identificar genotipicamente por PCR isolados de Enterococcus sp. potencialmente produtores de enterocinas. Foram avaliados 20 isolados provenientes de amostras clínicas e 60 de alimentos. Após a extração de DNA total pela técnica da fervura foram realizadas reações de PCR a fim de avaliar a presença de genes estruturais das enterocinas A, B, L50A, L50B e P. Como resultados obtivemos que o gene entA foi o mais frequente, sendo identificado em 86,25% das amostras, seguido de entP (52,5%) e entB (11,25%), entretanto nos isolados clínicos o gene entP não foi identificado. Genes de enterocina são mais frequentemente identificados isoladamente do que na forma combinada. Neste estudo, a forma combinada foi mais frequente em isolados de alimentos, enquanto que em amostras clínicas houve predominância da forma isolada. A combinação entA/entB/entP esteve presente em 7 isolados de alimentos, exceto em amostras clínicas, onde apenas a combinação entA/entB foi encontrada. Foram realizados ensaios a fim de avaliar a atividade antimicrobiana dos isolados com presença do gene entA (n=69), estes foram estriados em placas de BHI ágar por 18 a 24h a 37ºC e posteriormente tratados com clorofórmio. Uma sobrecamada de BHI ágar 0,8% contento Listeria innocua como cultura teste foi vertida sobre as placas. Após 24h de incubação a 37ºC, zonas de inibição foram verificadas ao redor das estrias. Dos isolados com presença de entA, 30,43% inibiram L. innocua. Outros testes devem ser realizados a fim de definir o melhor produtor de enterocinas, para que estas possam ser caracterizadas para sua aplicação como aditivos que visem aumentar a segurança alimentar.

Abstract:

Palavras-chave: enterocinas, PCR, Enterococcus,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/foodsci-microal-003

Referências bibliográficas
Como citar:

Maia, Luciana Furlaneto; Ogaki, Mayara Baptistucci; Furlaneto, Márcia Cristina; "Genotypic Characterization of Bacteriocins in Enterococcal Isolates of Different Sources", p. 565-566 . In: Proceedings of the XII Latin American Congress on Food Microbiology and Hygiene [=Blucher Food Science Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2359-201X, DOI 10.5151/foodsci-microal-003

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações