Artigo - Open Access.

Idioma principal

FATORES HUMANOS NA AVALIAÇÃO E DESIGN DE INTERFACES DIGITAIS EDUCATIVAS PARA CRIANÇAS EM IDADE ESCOLAR

Guaraldo, Franceli; Andrade, André Carvalho de;

Artigo:

Esse trabalho envolve uma abordagem multidisciplinar que busca integrar conceitos das áreas de Ergonomia e Usabilidade, Psicologia Cognitiva, Educação e Design. São apresentados como pontos relevantes para a discussão sobre o assunto os conceitos dos teóricos Jean Piaget e Lev Vigotsky sobre o desenvolvimento cognitivo humano, assim como, estudos que relacionam os critérios de usabilidade e de divertimento (fun) na avaliação de interfaces destinadas a crianças de diversas idades. Considerando a existência de poucos estudos sobre interfaces destinadas a crianças alfabetizadas nos primeiros anos de escolaridade, propõe-se um conjunto de critérios de avaliação e construção de interfaces digitais educativas para crianças de 8 a 10 anos de idade. A aplicabilidade desses critérios é investigada através da avaliação heurística de interfaces de dois softwares educativos utilizados no Brasil. Como uma segunda etapa a ser realizada posteriormente, é proposta a avaliação dos dois softwares a partir de observações e relatos de crianças da faixa etária considerada.

Artigo:

This work involves a multidisciplinary approach in search of integration of concepts from Ergonomics and Usability, Cognitive Psychology , Education and Design areas. Presented as relevant points to the discussion on the subject are theoretical concepts of Jean Piaget and Lev Vygotsky on human cognitive development, as well studies in which criteria for usability and fun are related to the evaluation of interfaces for children of different ages. Since there are few studies about interfaces addressed to literate children in the first years of schooling, it is proposed a set of evaluation criteria and construction of educative digital interfaces applied to children 8-10 years old. The applicability of these criteria is investigated through a heuristic evaluation of two educational software used in Brazil. In a second stage to be held later, it is proposed the evaluation of two software from observations and reports of children in the age group considered .

Palavras-chave: Interface Digital, Educação Infantil, Desenvolvimento Cognitivo, Usabilidade e Divertimento, Avaliação e Design, Digital Interface, Children Education, Cognitive Development, Usability and Fun, Evaluation and Design,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/designpro-ped-01386

Referências bibliográficas
  • [1] ATAYDE, Ana Paula Ribeiro; TEIXEIRA, Adla Betsaida Martins; PÁDUA, Clarindo Isaías Pereira da Silva. SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO, Rio de Janeiro. MAQSEI – Uma Metodologia de Avaliação de Qualidade de Software Educacional. Rio de Janeiro, IM/UFRJ, 2003.
  • [2] BLYTHE. Mark A. et. Al. Funology: From Usability to Enjoyment. Dordrecht: Kluwer Academic Publishers, 2004.
  • [3] CSIKSENTMIHALYI, Mihaly. A descoberta do fluxo: a psicologia do envolvimento com a vida cotidiana. Rio de Janeiro: Rocco, 1999.
  • [4] CYBIS, Walter; BETIOL, Adriana Holtz; FAUST, Richard. Ergonomia e usabilidade: conhecimentos, métodos e aplicações. São Paulo: Novatec, 2007.
  • [5] GAMEZ, Luciano. TICESE – Técnica de Inspeção de Conformidade Ergonômica de Software Educacional. 1998. Dissertação (Mestrado em Engenharia Humana) – Escola de Engenharia da Universidade do Minho.
  • [6] MANO, Alexandre Sérgio. Interfaces de computadores para crianças – avaliação e construção. 2005. 120f. Tese (Mestrado em Informática) – Escola de Engenharia da Universidade do Minho.
  • [7] MACFARLANE, Stuart; PASIALI, Anastacia. Adapting the Heuristic Evaluation Method for Use With Children. Workshop on Child Computer Interaction Methodological Research. Interact, 103-109, 2005. Disponível na internet por http em: Andlt;http://www.chici.org/references/adapting_the_heuristic_evaluation.pdfAndgt; . Acesso em 15 Out. 2010.
  • [8] MACFARLANE, Stuart; SIM, Gavin; HORTON, Matthew . Assessing Usability and Fun in Educational Software. Proceedings of the 2005 Conference on Interaction Design and Children. ACM New York, NY, USA, 2005. Disponível na internet por http em: http://dl.acm.org/ citation.cfm? id=1109554. Acesso em 11 nov. 2010.
  • [9] PASSARELLI, Brasilina. Interfaces digitais na educação: @lucin[ações] consentidas. São Paulo: Escola do Futuro da USP, 2007.
  • [10] PIAGET, Jean. Seis estudos de psicologia. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2003.
  • [11] SHNEIDERMAN, Ben. Designing for Fun: How Can We Design User Interfaces to Be More Fun? ACM Interactions 11, 5, 48-50, 2004. Disponível na internet por http em: Andlt;http//www.cs.umd.edu/~ben/Fun-p48-shneiderman.pdfAndgt;. Acesso em 02 Nov. 2010. VIGOTSKY, Lev. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1998.
Como citar:

Guaraldo, Franceli; Andrade, André Carvalho de; "FATORES HUMANOS NA AVALIAÇÃO E DESIGN DE INTERFACES DIGITAIS EDUCATIVAS PARA CRIANÇAS EM IDADE ESCOLAR", p. 3722-3733 . In: Anais do 11º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 1, n. 4]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/designpro-ped-01386

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações