dezembro 2014 vol. 1 num. 1 - X Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

EXTRAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE SEMENTES DE FRUTOS DEISCENTES DE LEITEIRO (Mabea fistulifera Mart.)

SIQUEIRA, O. B.; ROSSO, G. A.; SARTORI, D.J.M;

Artigo:

A Mabea fistulífera.Mart. é uma gimnosperma lactescente com função pioneira em florestas tropicais. No interior de frutos capsulares encontram-se as sementes. Após a sua extração, não podem perder a integridade física e a viabilidade dos embriões. Os objetivos consistem na extração das sementes dos frutos, com deiscência explosiva, via diferentes técnicas de secagem e nas caracterizações físicas e fisiológicas destas sementes. A coleta dos frutos realizou-se em árvores matrizes e a extração das sementes via secagem com radiação solar, convecção natural, convecção forçada em estufa e panela drageadora. Através do software Image Pro Plus® determinaram-se os diâmetros mínimo, (0,59±0,04) cm, médio, (0,67±0,04) cm, e máximo, (0,78±0,05) cm, esfericidade, (0,75±0,01), e via picnometria com hexano, a porosidade (32%), massas específicas real (1,20±0,01) g/cm³ e aparente (0,82±0,01) g/cm³ das sementes. Os experimentos de isoterma, pelo método estático, possibilitaram determinar a umidade de equilíbrio termodinâmico. A avaliação fisiológica, direta em solo, demonstrou a recomposição fisiológica, germinação próxima de 67% e velocidade de (1,5±0,1) sementes/dia, valores típicos de sementes das Europhorbiaceae. Todos os métodos viabilizaram o desenvolvimento embrionário, porém a secagem via drageadora ocorreu com o menor tempo de residência, fornecendo sementes com formato oblongo a obovóide, com qualidades físicas e fisiológicas adequadas para reflorestamentos em ecossistemas tropicais.

Artigo:

Palavras-chave: secagem, propriedades físicas e fisiológicas, recomposição florestal,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobec-ic-02-ft-042

Referências bibliográficas
  • [1] AOAC. (2000) Official Methods of Analysis, Maryland, Ass. Of. Anal. Chem., USA
  • [2] ARRIECHE, L. S.; PICELLI, R. M.; SARTORI, D. T. M. (2009) Secagem de sementes arbóreas pioneiras em leito fluidizado. Anais do 340 ENEMP, 10p., CD, Campinas, SP
  • [3] BARROZO, M. A. S. (1995) Transferência de calor e massa entre o ar e sementes de soja em leitos deslizantes e escoamentos cruzados. Tese de doutorado, PPGEQ/ UFSCar, São Carlos, SP, 163p.
  • [4] BASU, S.; SHIVHARE, U. S., MUJUMDAR, A. S. (2006) Models for Sorption Isotherms for Foods: a Review. DRT, v.24(8), p. 917–930.
  • [5] DAUD, R. D.; FERES, R.J.F. (2004) O valor de M. fistulifera, planta nativa do Brasil, como reservatório para o predador E. citrifolius, Rev. Bras. Zool. vol.21 n.3, p. 38-46 Curitiba,.
  • [6] FREIRE, J.TY.; SARTORI, D.J.M.; FREIRE, F.B.; HUGO, P (2013) Drying Strategies for the Postharvest Management of Wild Seeds. Stewart Postharvest Review, v. 9, p. 1-5
  • [7] ISTA (2010) International Seed Testing Association, Muschick M. Ed. Bassersdorf, Switzerland.:68pp.
  • [8] LABUZZA, T. P.; KAANANE, A.; CHEN, J. Y. (1985) Effect of Temperature on the Moisture Sorption Isotherms and Water Activity Shift of Two Dehydrated Foods.J.Food Sc., v.50, p.385-390.
  • [9] LORENZI, H. (2002) Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas do Brasil. Nova Odessa: Plantarum, v.1, 368p.
  • [10] MASSARANI, G.; TELLES, A. S. (1992) Aspectos da secagem de material sólido particulado. In:Freire, J. T. e Sartori, D.J.M. Tópicos Especiais em Secagem. São Carlos, v.1, ed. UFSCar, p. 1-39.
  • [11] PICELLI, R.M.; ARRIECHE L. S., SARTORI, D. J. M. (2009) Umidade de equilíbrio de sementes pioneiras: isotermas de dessorção e adsorção para C. glaziovi. Anais VIII COBEQ-IC, CD Rom Uberlândia, MG.
  • [12] ROSSO GA. (2013) Recobrimento de sementes de frutos silvestres em panela rotatória. Tese, PPGEQ/, UFSCar. 117 p.
Como citar:

SIQUEIRA, O. B.; ROSSO, G. A.; SARTORI, D.J.M; "EXTRAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE SEMENTES DE FRUTOS DEISCENTES DE LEITEIRO (Mabea fistulifera Mart.)", p. 402-406 . In: . São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobec-ic-02-ft-042

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações