fevereiro 2014 vol. 1 num. 1 - V Simpósio Internacional de Flebologia

Resumo - Open Access.

Idioma principal

Estudo sobre 5000 Sessões de Escleroterapia com Espuma

Bastos, F. R.;

Resumo:

A Insuficiência Venosa Crônica é doença crônica, degenerativa e aumenta com a idade. Seu controle ideal é ainda discutido ainda não sendo estabelecido qual é o ideal. (Perrin) Entre eles, a escleroterapia constitui um método praticado há 170 anos e se renovou com a escleroterapia com espuma. O “Efeito espuma” permitiu usar menos medicamento com menos efeitos colaterais. Especialistas reunidos em congressos científicos como os Consensos de Grenoble, de Tergensee e o Club-mousse.com ajudaram a padronização do método. Os outros tipos de ablação, as térmicas, com o laser, a radiofreqüência e o vapor d água seguem sendo alternativas do controle da IVC.

Resumo:

Palavras-chave: Escleroterapia, escleroterapia com espuma, IVC, varizes, tratamento de varizes,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/medpro-flebo-SIF_29

Referências bibliográficas
  • [1] Bastos FR. Escleroterapia com Espuma. Belo Horizonte. Ed. Folium. 2012.
  • [2] Gobin JP, Benigni JP. La sclérothérapie. Editions ESKA 2007.
  • [3] Goldman M P. Escleroterapia. Rio de Janeiro: Interlivros; 1994.
Como citar:

Bastos, F. R.; "Estudo sobre 5000 Sessões de Escleroterapia com Espuma", p. 52 . In: In Anais do V Simpósio Internacional de Flebologia [=Blucher Medical Proceedings, n.1, v.1]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2357-7282, DOI 10.5151/medpro-flebo-SIF_29

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações