fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

Estudo do Potencial Antioxidante em Amostras de Farinha de Resíduos de Processamento de Acerola, Tangerina e Graviola.

SENA, D. N.; SOUSA, M. M. A.; SOUSA, P. H. M.; ALMEIDA, M. M. B.;

Artigo:

Compostos antioxidantes são importantes na prevenção do desencadeamento das reações oxidativas, Os resíduos foram cedidos por indústrias produtora de polpa congelada de frutas, estes foram assim, objetivo do presente trabalho foi quantificar o total de compostos fenólicos e de carotenoides, assim como avaliar o potencial antioxidante em amostras de farinha de Acerola, Graviola e Tangerina. Verificou-se a atividade antioxidante variou entre 78,85 µg/g (tangerina) e 310,77 µg/g (graviola). Os teores de fenóis totais variaram entre 13,23 mg/100g (acerola) e 21,44 mg/100g (manga) já os teores de Carotenoides variam entre 0,4mg/100g (Acerola) e 0,1mg/100g (tangerina), em ambos os casos são valores baixos se comparados aos encontrados que a literatura para outras frutas.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1810-17429-137123

Referências bibliográficas
  • [1] ABUD, A. K. S.; NARAIN, N. Incorporação da farinha de resíduo do processamento de polpa de fruta em biscoitos: uma alternativa de combate ao desperdício. Brazilian Journal of Food Technology, v. 12, n. 4, p. 257-265, 2009.
  • [2] DOS SANTOS,G.M.; MAIA,G.S.; SOUSA,P.H.M.; COSTA,J.M.C.; FIGUEIREDO, R.W.; PRADO,G.M. Correlação entre atividade antioxidante e compostos bioativos de polpas comerciais de açaí (Euterpe oleracea Mart). Archivos Latinoamericanos De Nutricion, V. 58, n.2, 2008.
  • [3] DUARTE-ALMEIDA,J.M.;SANTOS,R.J.;GENOVESE,M.I.; LAJOLO,F.M. Avaliação Da Atividade Antioxidante Utilizando Sistema Β-Caroteno/Ácido Linoléico E Método De Seqüestro De Radicais DPPH•. Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, 26(2): 446-452, abr.-jun. 2006.
  • [4] FOLIN, C.; CIOCALTEU, V. Tyrosine and tryptophan determination in proteins. J Biol Chem, v.73, p.627-650, 1927.
  • [5] HARBONE, J. B.; WILLIAMS, C. A. Advances in flavonoid research since 1992.
  • [6] Phytochemistry,v. 55, p. 481-504, 2000.
  • [7] HEIM, K.E. et al. Flavonoid antioxidants: chemistry,metabolism and structure-activity relationships. J NutrBiochem,v.13, p.572-584, 2002.
  • [8] Kuskoski EM, Asuero AG, Troncoso AM, Mancini-Filho J, Fett R. Aplicacion de diversos métodos químicos para determinar actividad antioxidant en pulpa de frutos. Cienc. Tecnol. Aliment.,Campinas, v.25, n.4, p.726-732, 2005.
  • [9] KUSKOSKI, E. M.; ASUERO, A. G.; ORALES, M. T.; FETT, R. Frutas tropicais silvestres e polpas congeladas: atividade antioxidante, polifenóis e antocianinas. Ciência Rural, v. 36, n. 4,p.1283-1287, 2006.
  • [10] REYNERTSON, K. A.; YANG, H.; JIANG, B.; BASILE, M. J.; KENNELLY, E. J. Quantitative analysis of antiradical phenolic constituents from fourteen edible Myrtaceae fruits. Food Chemistry, London, v. 109, n. 4, p. 883-890, 2008.
  • [11] SOUSA,C.M.M.; SILVA,H.R.; GERARDO MAGELA VIEIRA-JR.,G.M.; AYRES, M.C.C.; COSTA,C.L.S.; ARAÚJO,D.S.; CAVALCANTE,L.C.D.; BARROS,E.D.S.; ARAÚJO,P.B.M.; BRANDÃO,M.S.; CHAVES,M.H. Fenóis Totais E Atividade Antioxidante De Cinco Plantas Medicinais. Quim. Nova,Vol. 30, n. 2, 351-355, 2007a. Área temática: Engenharia e Tecnologia de Alimentos 5SOUZA, M.C. de. Qualidade e Atividade Antioxidante de Frutos de Diferentes Progênies de Açaizeiro (Euterpe oleraceaMart). 2007. 125f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Alimentos) – Departamento de Tecnologia de Alimentos, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2007.
  • [12] SOUSA, M. S. B.; VIEIRA, L. M.; SILVA, M. J. M., LIMA, A. Caracterização Nutricional e Compostos Antioxidantes em Resíduos de Polpas de Frutas Tropicais. Ciência e Agrotecnologia, v. 35, n. 3, p. 554-559, 2011.
Como citar:

SENA, D. N.; SOUSA, M. M. A.; SOUSA, P. H. M.; ALMEIDA, M. M. B.; "Estudo do Potencial Antioxidante em Amostras de Farinha de Resíduos de Processamento de Acerola, Tangerina e Graviola.", p. 4988-4993 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1810-17429-137123

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações