dezembro 2014 vol. 1 num. 1 - X Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

ESTUDO DO EFEITO DE CONTAMINANTE NÍQUEL NO PROCESSO DE DEGRADAÇÃO DO HIPOCLORITO DE SÓDIO

ALMEIDA, R. L.; COSTA, B. C. R.; ANDRADE, A. G.; NETO, J. I. H. T.; SOLETTI, J. I.; CARVALHO, S. H. V.;

Artigo:

O hipoclorito de sódio é um composto químico fotossensível, de fácil decomposição e oxidação, obtido através da reação do cloro com uma solução de hidróxido de sódio. O comércio deste é favorecido devido a sua grande utilização em tratamento de água, atividades odontológicas e uso hospitalar. Por ser um produto facilmente degradável, é necessário o entendimento dos fatores que levam a sua decomposição durante o manuseio, estocagem e transporte do mesmo. Fatores como temperatura e contaminantes metálicos, como níquel, presentes nos tanques e tubulações industriais, favorecem o aumento da velocidade de decomposição do hipoclorito afetando assim, a especificação do produto final. O objetivo deste trabalho é avaliar a influência da temperatura e da concentração do níquel na degradação do hipoclorito, visando uma melhor qualidade do produto. Os experimentos foram realizados a temperaturas de 20 e 30°C, considerando uma contaminação de 0, 1,5, 3, 4,5 e 6 ppm de níquel. A degradação do hipoclorito foi avaliada em função do tempo de meia vida, o qual é determinado pelo decaimento da concentração do cloro ativo. As análises foram realizadas periodicamente até a obtenção do tempo de meia-vida ou até que a concentração do cloro ativo estivesse abaixo de 10 ppm.

Artigo:

Palavras-chave: hipoclorito de sódio, degradação, cinética do hipoclorito,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobec-ic-01-ea-013

Referências bibliográficas
  • [1] ABICLOR, Relatório Anual 2010. Associação Brasileira da Indústria de Álcalis, Cloro e Derivados. Disponível em Andlt;http://www.abiclor.com.brAndgt; Acesso em 05/03/2012, 2010.
  • [2] ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 9425:2005. Determinação do teor de cloro ativo pelo método volumétrico em soluções de hipoclorito de sódio comercial, 2005.
  • [3] BRASKEM S. A., Folha de Dados de Hipoclorito de Sódio, n. 1, Rev. 4, 2004.
  • [4] KING, F.; HANCOCK, F.E. Catalysis and pollution abatement: the removal of hypochlorite from waste chlorine/caustic effluent, Catalysis Today 27 (1996) 203- 207.
  • [5] PÉCORA, J.D. Contribuição ao estudo da permeabilidade dentinária radicular. Apresentação de um método histoquímico e análise morfométrica. Ribeirão Preto, 198 p. 110.(tese mestrado Faculdade de Odontologia USP).
Como citar:

ALMEIDA, R. L.; COSTA, B. C. R.; ANDRADE, A. G.; NETO, J. I. H. T.; SOLETTI, J. I.; CARVALHO, S. H. V.; "ESTUDO DO EFEITO DE CONTAMINANTE NÍQUEL NO PROCESSO DE DEGRADAÇÃO DO HIPOCLORITO DE SÓDIO", p. 58-61 . In: . São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobec-ic-01-ea-013

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações