dezembro 2014 vol. 1 num. 1 - X Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

ESTUDO DAS PROPRIEDADES FÍSICAS E TÉRMICAS DE MATERIAIS COMPÓSITOS DE LIGNINA E POLIESTIRENO

GUIMARÃES, H. R.; TANNOUS, K.;

Artigo:

Filmes de blendas lignina/poliestireno foram realizados mediante evaporação de solvente (tetrahidrofurano) nas proporções de 7,5 %, 15 % e 30 %, lignina/poliestireno. Os filmes foram caracterizados morfologicamente mediante microscopia ótica e microscopia eletrônica de varredura, onde se constatou que com o aumento da concentração de lignina produzem-se filmes mais quebradiços e pouco dissolvidos no polímero. Além disso, os filmes foram submetidos à alta temperatura (até 900 ºC) a fim de verificar sua decomposição (termogravimetria) e transição vítrea (calorimetria). Com a análise termogravimétrica verificou-se que: a decomposição dos componentes da blenda ocorreu em etapas processuais, indicando que a lignina e o PS não se encontram ligados intimamente; a temperatura máxima de decomposição das blendas foi em torno de 450 °C; o aumento da concentração de lignina diminuiu a taxa de decomposição dos filmes. Pela análise calorimétrica diferencial de varredura, observou-se que há apenas uma temperatura de transição vítrea para cada blenda, sendo estes: 87 °C para o filme de 7,5 % lignina/PS, 88 °C para 15 % lignina/PS e 95 °C para 30 % lignina/PS. A presença de apenas uma temperatura de transição vítrea indica uma boa miscibilidade entre os componentes.

Artigo:

Palavras-chave: termogravimetria, calorimetria, filmes poliméricos,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobec-ic-06-em-105

Referências bibliográficas
  • [1] BENAR, P. (1996), Ligninas acetosolv e formacell de eucalipto e de bagaço de cana: Isolamento, fracionamento, caracterização e uso como componente de resinas fenólicas do tipo resol, IQ/UNICAMP, Campinas (tese de doutorado), 114p.
  • [2] BIANCHI, M. L. (1999). Branqueamento de polpas Kraft com H2O2 e reação de oxidação de composto modelo de lignina catalisados por polioximetalatos, IQ/UNICAMP, Campinas (tese de doutorado), 104p.
  • [3] CALLISTER, W. D. (2003); Materials science and engineering: an introduction, editor John Wiley, Nova Iorque, Estados Unidos, 192p.
  • [4] CAMARGO, F. A. (2009). Obtenção e caracterização das blendas de lignina (sulfonadas, bagaço de cana-de- açúcar, eucalipto) e taninos com o poli(3-hidroxibutirato-co-3hidroxivalerato)/ PHBV. FEQ/UNICAMP, Campinas (tese de doutorado), 115p.
  • [5] KADLA, J. F; KUBO, S. (2004). Lignin-based polymer blends: analysis of intermolecular interactions in lignin-synthetic polymer blends. Composites Part A: Applied Science and Manufacturing, v. 35, n.3, 395–400.
  • [6] POUTEAU, C.; BAUMBERGER, S; CATHALA, B.; DOLE P. (2004); Lignin-Polymer blends: evaluation of compatibility by image analysis. Comptes Rendus Biologies, v. 327, n. 9-10, 935–943.
  • [7] STEWART, D. (2008). Lignin as a base material for materials applications: Chemistry, application and economics. Industrial Crops and Products, v. 27, n. 2, 202–20
  • [8] TEJADO, A., PEÑA, C., LABIDI, J., ECHEVERRIA, J.M., MONDRAGON, I., (2007). Physico-chemical characterization of lignins from different sources for use in phenol-formaldehyde resin synthesis. Bioresource Technology, v. 98, n. 8, 1655-1663.
Como citar:

GUIMARÃES, H. R.; TANNOUS, K.; "ESTUDO DAS PROPRIEDADES FÍSICAS E TÉRMICAS DE MATERIAIS COMPÓSITOS DE LIGNINA E POLIESTIRENO", p. 739-743 . In: . São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobec-ic-06-em-105

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações