Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

ESTUDO DA VELOCIDADE DE CORROSÃO EM LIGAS DE Al-3%Cu E Al-5%Cu

SOUSA, B. B.; de SOUSA, L. N.; MOREIRA, A. L. S.; CARDOSO FILHO, J. C.;

Artigo Completo:

O alumínio em estado puro apresenta baixa dureza e resistência mecânica, não servindo para determinadas aplicações. Ocorre, então, a necessidade de combiná-lo com outros metais para aumentar sua utilidade industrial. O alumínio e suas ligas apresentam resistência à corrosão em muitos ambientes e, por essa razão, possuem aplicações industriais importantes. Foi investigada a taxa de corrosão de ligas de Al-3%Cu e Al-5%Cu solidificadas horizontalmente. Ensaios de perda de massa foram obtidos em meio de HCl (0,2 mol.L-1), na temperatura de 250C. Ambas as ligas apresentaram menor taxa de corrosão na região próxima à superfície de resfriamento, ou seja, a resistência à corrosão decresceu com o aumento do espaçamento de solidificação.

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2015-163-32605-259314

Referências bibliográficas
  • [1] ABAL. Associação Brasileira do Alumínio. História do Alumínio. Disponível em: Andlt;http://www.abal.org.br/aluminio/historia-do-aluminio/Andgt;. Acesso em: 25 fev. 2015.
  • [2] CALLISTER, W. D. Ciência e Engenharia de Materiais: Uma Introdução. São Paulo: LTC, 200
  • [3] COSTA, T. A. P. S. Influência dos parâmetros térmicos na formação da microestrutura de ligas ternárias Al-Cu-Si solidificadas direcionalmente. 201 105 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Universidade Federal do Pará, Belém, 201
  • [4] FUENTE, D.; OTERO-HUERTA, E.; MORCILLO, M. Studies of long-term weathering of aluminium in the atmosphere. Corrosion Science, v. 49, p. 3134–3148, 2007.
  • [5] GARCIA, A. Influência das variáveis térmicas de solidificação na formação da macroestrutura e da microestrutura e correlação com propriedades decorrentes. Projeções, v. 23, p. 13-32, jan./dez. 200
  • [6] OGUZIE, E. E. Inhibiting effect of crystal violet dye on aluminum corrosion in acidic and alkaline media. Chem. Eng. Comm., v. 196, p. 591-601, 2009.
  • [7] SANTOS, L.; FERNANDES, L.; CARDOSO FILHO, J.C. Estudo eletroquímico de ligas metálicas alumínio-silício em meio ácido. V Congresso Internacional do Alumínio. São Paulo, 2012.
  • [8] VARGEL, C. Corrosion of Aluminium. 1. ed. San Diego: Editora Elsevier, 2004.
Como citar:

SOUSA, B. B.; de SOUSA, L. N.; MOREIRA, A. L. S.; CARDOSO FILHO, J. C.; "ESTUDO DA VELOCIDADE DE CORROSÃO EM LIGAS DE Al-3%Cu E Al-5%Cu", p. 2415-2420 . In: Anais do XI Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.3]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2015-163-32605-259314

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações