Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

ESTUDO DA PURIFICAÇÃO DE ÉSTERES ETÍLICOS DA MACAÚBA PROVENIENTE DA TRANSESTESTERIFICAÇÃO POR CATÁLISE HETEROGÊNEA

AOQUI, C. Y.; SCHIAVINATTO, L. F.; PASA, T. L. B.; FARIA, S. H. B.; PEREIRA, N. C.;

Artigo Completo:

Atualmente, há a necessidade da utilização de combustíveis que possam ser produzidos a partir de fontes renováveis. A aplicação do biodiesel como alternativa ao diesel é possível, obedecendo regras impostas pela Agência Nacional do Petróleo e Gás Natural (ANP). Contudo, depois de produzido, o biodiesel deve ser purificado, a fim de atender as especificações da ANP. A lavagem úmida é comumente utilizada nos processos industriais para esta purificação. Este trabalho teve como objetivo realizar um processo de adsorção como uma etapa complementar a lavagem úmida do biodiesel. Foi utilizado o carvão ativado granulado sem modificação química para adsorção do glicerol, e realizado o estudo cinético dessa adsorção. O biodiesel da lavagem úmida teve uma porcentagem de glicerol livre muito próxima ao limite estipulado pela ANP (0,018%) e após o tempo máximo de contato com o adsorvente (180 min) este teor diminuiu para 0,0026%. O processo se mostrou satisfatório para complementar a lavagem úmida visando a purificação do biodiesel.

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2015-076-32143-265846

Referências bibliográficas
  • [1] AGUIAR, D. R. Purificação de biodiesel por adsorção. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química)- Universidade Estadual de Maringá, PR, 2013.
  • [2] CHAIMSOHN, F.P. Avaliação de palmáceas para a produção e uso de biodiesel no Paraná. Projeto de pesquisa temática. IAPAR. Londrina 2010.
  • [3] DIB, F. H. Produção de biodiesel a partir de óleo residual reciclado e realização de testes comparativos com outros tipos de biodiesele proporções de mistura em um moto-gerador. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica)- Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, SP, 2010.
  • [4] ENWEREMADU CC, Mbarawa MM. Technical aspects of production and analysis of biodiesel from used cooking oil – a review. Renewable and Sustainable Energy Reviews 2009;13: 2205–2
  • [5] FACCINI, C. S.; CUNHA, M. E; MORAES, M. S. A; KRAUSE, L. C.; MANIQUE, M. C; RODRIGUES, M. R. A; BENVENUTTI, E. V.; CARAMÃO, E. B. Dry washing in biodiesel purification: a comparative study of adsorbents. Journal of the Brazilian Chemical Society, v.22, p.558-563
  • [6] G.D. Yadav, M.B. Thathagar, Esterification of maleic acid with ethanol over cation- exchange resin catalysts, Reactive and Functional Polymers 52 (2002) 99–110.
  • [7] HELWANI, Z., OTHMAN M.R., AZIZ, N., FERNANDO, W.J.N., KIM, C. Technologies for production of biodiesel focusing on green catalytic techniques: A review. Fuel Processing Technology. N. 90., P. 1502–1514, 2009.
  • [8] LAGERGREN, S. (1898), Zur theorie der sogenannten adsorption gelöster stoffe, Kunglinga Svenka Vetenskapsakademiens. Handlingar, 24(4): 1-39
  • [9] LORENZI, H.; SOUZA, H. M. de.; COSTA, J. T. de M.; CERQUEIRA, L. S. C. de.; FERREIRA, E. Palmeiras brasileiras e exóticas cultivadas. Nova Odessa: Instituto Plantarum, 2004.
  • [10] MOURA, K. R. M. Otimização do processo de Produção de biodiesel metílico do sebo bovino aplicado um delineamento composto central rotacional (DRCCR) e a avaliação da estabilidade térmica. 126p. Tese (Doutorado em Química) – UFPB/CCEN, JP, 2008.
  • [11] PETERSON, C. L.; HUSTRULID, T. Carbon Cycle for Rapesseed Oil Biodiesel Fuels. Biomass and Bioenergy, v. 14, n. 2, p. 91-101, 1998.
  • [12] SHUCHARDT, V.; SERCHEL; R.; VARGAS, M.; Braz. Chem. Soc. 1998, 9, 190.
  • [13] WEBER, W. J.; SMITH, E. H. Activated Carbon: The State of the Art. Environmental Science, v.29, p. 455-492, 1986.
Como citar:

AOQUI, C. Y.; SCHIAVINATTO, L. F.; PASA, T. L. B.; FARIA, S. H. B.; PEREIRA, N. C.; "ESTUDO DA PURIFICAÇÃO DE ÉSTERES ETÍLICOS DA MACAÚBA PROVENIENTE DA TRANSESTESTERIFICAÇÃO POR CATÁLISE HETEROGÊNEA", p. 899-904 . In: Anais do XI Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.3]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2015-076-32143-265846

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações