fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

ESTUDO DA INVERSÃO CATASTRÓFICA EM EMULSÕES DE PETRÓLEO-SISTEMA MODELO

BENTO, J. J.; GUTH, M.; WEINSCHUTZ, R.; YAMAMOTO, C. I.; LUZ JUNIOR, L. F. de L.;

Artigo:

O crescimento da produção de petróleo e as descobertas de poços com óleo pesado se tornaram um desafio às refinarias, já que a viscosidade destes óleos é muito superior àqueles para os quais as plantas foram projetadas. Em meio natural, petróleo e água encontram-se geralmente em duas fases separadas. No entanto, ao realizar-se a extração em poços de petróleo ocorre a formação de emulsões água em óleo (A/O). Estas têm alta viscosidade, aumentando a perda de carga no escoamento, reduzindo a produção e aumentando os custos de produção. Diante disto, inúmeras pesquisas têm sido realizadas para solucionar este quadro e uma alternativa é a inversão das emulsões dos petróleos, transformando-as em emulsões óleo em água, O/A, reduzindo assim a viscosidade. No presente estudo verificou-se a possibilidade de inversão destas emulsões com adição de surfactantes, tanto lipofílicos quanto hidrofílicos, Span 60 e Tween 80, respectivamente. A fase oleosa é uma mistura de n-heptano e tolueno, e a fase aquosa água destilada. Para obtenção das emulsões água/óleo utilizou-se um homogeineizador a 10000 rpm, com a adoção de três diferentes métodos, sendo um deles de emulsificação direta e os outros dois de emulsificação dinâmica. A inversão realizada é do tipo catastrófica, verificada através da medida de condutividade. A análise de viscosidade mostrou redução desta de até três ordens de grandeza. Além disto, para visualizar os efeitos da inversão foi realizada microscopia das amostras.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0120-26939-157556

Referências bibliográficas
  • [1] BOUCHAMA, F. ;AKEN, G.A. van; AUTIN, A.J.E.;KOPER, G,J.M. On the mechanism of catastrophic phase inversion in emulsions. Colloids and Surfaces A: Physicochemical and Engineering Aspects, v.231, p.11-17, 2003.
  • [2] BRADLEY, H.B.; Petroleum Engineering Handbook. Third Printing, Society of Petroleum Engineers Richardson, TX, USA, 2001.
  • [3] DALTIN, Decio. Tensoativos: química, propriedade e aplicações. Editora Blucher. São Paulo, SP, 2012.
  • [4] LANGEVIN, D.;POTEAU, S.;HÉNAUT, I.;ARGILLIER, J.F. Crude Oil Emulsion Properties and their Application to Heavy Oil Transportation, Oil Andamp; Gas Science and Technology – Rev. IFP, Vol. 59 pp. 511-521, 200
  • [5] SALAGER, J. L. Emulsion Phase Inversion Phenomena. In: SJÖBLOM, J. Emulsion and Emulsion Stability. 2nd ed. Boca Raton: CRC Press, 2006.
  • [6] SALAGER, J.L.;BRICENO, M.A.;BRANCHO,C.L. Heavy hydrocarbon emulsions making use of the State of-Art in formulation engineering, Encyclopedic Handbook of Emulsion Technology, p. 455-495, 2001.
  • [7] SALAGER, J.L. Physicochemical parameters influencing the emulsion drop size. School of Chemical Engineering, Merida, Venezuela, 1996.
  • [8] SCHRAMM, L. L. Emulsions: Fundamentals and applications in the petroleum industry. Washington. American ChemicalSociety, 1992.
  • [9] SILVA, F.; PEÑA A.;MIÑANA-PEREZ, M.;SALAGER, J.L. Dynamic inversion hysteresis of emulsion containing anionic surfactants. School of Chemical Engineering, Merida, Venezuela, 1998.
  • [10] SOUZA, Troner Assenheimer de. Inversão de Emulsões de Petróleo usando Partículas Sólidas. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Paraná, 2009.
  • [11] THOMAS, Jose Eduardo, Fundamentos de Engenharia do Petróleo. 2ª Edição. Rio de Janeiro: Ed. InterciênciaPetrobras, 2004.
  • [12] TYRODE, E; MIRA, I.; ZAMBRANO, N.; MÁRQUEZ, L.; RONDÓN-GONZALEZ, M.;SALAGER, J.L. Emulsion Catastrophic Inversion from Abnormal to Normal Morphology. Conditions for Triggering the Dynamic Inversion and Application to Industrial Processes.IndEngChem Res. v. 42, p. 4311-4318, 2003.
Como citar:

BENTO, J. J.; GUTH, M.; WEINSCHUTZ, R.; YAMAMOTO, C. I.; LUZ JUNIOR, L. F. de L.; "ESTUDO DA INVERSÃO CATASTRÓFICA EM EMULSÕES DE PETRÓLEO-SISTEMA MODELO", p. 5266-5273 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0120-26939-157556

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações