Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

ESTRATÉGIA PARA REDUÇÃO DE MORTES NO TRÂNSITO DA CIDADE DE SÃO PAULO

Cucick, Fernanda Luzia; Rodrigues, Giulia Tabarini; Matheus, Leonardo Vieira; Mello Filho, Luiz Vicente Figueira de;

Artigo Completo:

O estudo deste trabalho tem como principal objetivo analisar e propor alternativas para a redução de acidentes, não necessariamente no número, mas no montante de fatalidades e lesões no trânsito na cidade de São Paulo. Os acidentes de trânsito são a oitava maior causa de mortes no mundo conforme estudos da Organização Mundial da Saúde (OMS). No panorama mundial, o Brasil ocupa atualmente a quinta colocação entre os recordistas em mortes no trânsito, atrás apenas da Índia, China, Estados Unidos e Rússia. O Congresso Nacional alterou recentemente 11 artigos da Lei no 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro, com o intuito de reforçar a penalidade dos infratores de trânsito, com o propósito de reduzir os principais focos causadores de acidentes viários, entre eles: excesso de velocidade, alcoolismo, corridas clandestinas e ultrapassagens perigosas. Porém, no cenário brasileiro, as medidas tomadas não alcançam o objetivo esperado devido, principalmente, a fatores como a falta de fiscalização por parte das autoridades, escassez de campanhas educativas e penalidade dos infratores. Para concluir, este artigo demonstra que a integração das medidas sistemáticas e combinadas de políticas públicas voltadas para a saúde e vida das pessoas, podem levar à uma transformação comportamental no trânsito a longo prazo, reduzindo significativamente o número de mortes e com “lesões permanentes”.

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/engpro-simea2015-PAP169

Referências bibliográficas
  • [1] AMBEV S.A (Brasil). Retrato da Segurança Viária no Brasil – 2014. Brasília: Grupo Máquina Pr, 2014. 104 p. Disponível em: Andlt;http://onsv.org.br/portaldados/downloads/retrato2014.pdfAndgt;. Acesso em: 09 maio 2015.
  • [2] ATKINS, Dale; GRANHED, Magnus. VISION ZERO: APPLYING ROAD SAFETY TO AVALANCHE SAFETY. In: INTERNATIONAL SNOW SCIENCE WORKSHOP, ANCHORAGE, 19., 2012, Anchorage. Proceedings... . Anchorage: International Snow Science Workshop, Anchorage, 201 p. 16 - 2 Disponível em: Andlt;http://arc.lib.montana.edu/snow-science/objects/issw-2012-016-02pdfAndgt;. Acesso em: 26 abr. 2015.
  • [3] CAMPOS, Cintia Isabel de et al. O panorama do Brasil anterior à Década de Ação pela Segurança Viária 2011-2020. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE TRANSPORTE E TRÂNSITO, 19., 2013, Brasília. Anais... . Brasília: Antp, 201 p. 1 - 8. Disponível em: Andlt;http://www.antp.org.br/_5dotSystem/download/dcmDocument/2013/09/16/121C645F-2179 4C53-B55F-E4E5A672D3B9.pdfAndgt;. Acesso em: 26 abr. 2015.
  • [4] Companhia de Engenharia de Tráfego. Acidentes de trânsito fatais. São Paulo: Cet, 201 Disponível em: Andlt;http://www.cetsp.com.br/media/395294/relatorioanualacidentesfatais201pdfAndgt;. Acesso em: 16 maio 2015.
  • [5] ESTADOS UNIDOS. VISION ZERO. . Vision Zero: One Year Report. New York: Vision Zero, 201 Disponível em: Andlt;http://www.nyc.gov/html/visionzero/assets/downloads/pdf/vision-zero-1-year-report.pdfAndgt;. Acesso em: 22 maio 201
  • [6] FRANZ, Cristiane Maria; SEBERINO, Jose Roberto Vieira. A história do trânsito e sua evolução. 2012. 24 f. Monografia (Especialização) - Curso de Gestão, Educação e Direito de Trânsito, Lato Sensu, Joinville, 2012. Disponível em: Andlt;http://www.transitobr.com.br/downloads/a_historia_do_transito_e_sua_evolucao.pdfAndgt;. Acesso em: 24 maio 2015.
  • [7] FREITAS, Juliana Pontes Pinto. Análise dos acidentes de trânsito envolvendo crianças na cidade de Uberlândia: subsídios para as políticas públicas. 2013. 203 f. Tese (Doutorado)
  • [8] Curso de Geografia, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013. Disponível em: Andlt; http://repositorio.ufu.br/handle/123456789/3349Andgt;. Acesso em: 15 out. 2014.
  • [9] POR VIAS SEGURAS. Estatísticas nacionais de acidentes de trânsito. Disponível em: Andlt;http://www.vias-seguras.com/os_acidentes/estatisticas/estatisticas_nacionaisAndgt;. Acesso em: 02 dez. 2014.
  • [10] IRTAD. Road Safety Annual Report 2014: Belgium. França: Oecd, 2014. Disponível em: Andlt;http://www.oecd-ilibrary.org/docserver/download/7514011ec009.pdf?expires=1432520333Andamp;id=idAndamp;accname=uestAndamp;checksum=4D2371A0FC0AEE9CDB5B569433BAB3B3Andgt;. Acesso em: 23 maio 2015.
  • [11] IRTAD. Road Safety Annual Report 2014: Luxembourg. França: Oecd, 2014. Disponível em: Andlt;http://www.oecd-ilibrary.org/docserver/download/7514011ec028.pdf?expires=1432520329Andamp;id=idAndamp;accname= uestAndamp;checksum=54D3E3F02F2241673C5A9DBA3B83BC23Andgt;. Acesso em: 23 maio 2015.
  • [12] IRTAD. Road Safety Annual Report 2014: Sweden. França: Oecd, 2014. Disponível em: Andlt;http://www.oecd-ilibrary.org/docserver/download/7514011ec030.pdf?expires=1432520323Andamp;id=idAndamp;accname= uestAndamp;checksum=784732B81E1B3033810D492478A21453Andgt;. Acesso em: 23 maio 2015.
  • [13] IRTAD. Road Safety Annual Report 2014: Sweden. França: Oecd, 2014. Disponível em: Andlt;http://www.oecd-ilibrary.org/sweden_5jxt470813g5.pdf?contentType=Andamp;itemId;=/content/chapter/irtad-2014-39-enAndamp;mimeType=application/pdfAndamp;containerItemId;=/content/serial/23124571Andamp;accessItemIds;=/content/book/irtad-2014-enAndgt;. Acesso em: 16 maio 2015.
  • [14] INSTITUTE FOR ROAD SAFETY RESEARCH (Holanda).Advancing Sustainable Safety: National Road Safety Outlook for 2005-2020. Leidschendam: Slee Communicatie, 2006. Disponível em: Andlt;http://www.swov.nl/rapport/DMDV/Advancing_Sustainable_Safety.pdfAndgt;. Acesso em: 25 mar. 2015.
  • [15] LINDAU, Luis Antonio; OBELHEIRO, Marta; MACHADO, Rafaela. IMPACTOS DA REDUÇÃO DOS LIMITES DE VELOCIDADE EM ÁREAS URBANAS. Porto Alegre: Embarq Brasil, 20 Disponível em: Andlt;http://www.mobilize.org.br/midias/pesquisas/impactos-da-reducao-dos-limites-de-velocidade.pdfAndgt;. Acesso em: 16 maio 20
  • [16] MELLO FILHO, Msc. Luiz Vicente Figueira de. O PONTO DOCE DA SUSTENTABILIDADE NA MOBILIDADE URBANA DA CIDADE DE SÃO PAULO. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ENGENHARIA AUTOMOTIVA, 22., 2014, São Paulo. Proceedings... .São Paulo: Simea 2014, 2014. p. 1 - 17. Disponível em: Andlt;http://pdf.blucher.com.br/engineeringproceedings/simea2014/55.pdfAndgt;. Acesso em: 20 jan. 2015.
  • [17] NEVE, Alice Cristina Medeiros das et al. Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes 2009, 2010 e 2011. Brsília: Ministério da Saúde, 2013.
  • [18] NEW YORK CITY DOT. Motorists Andamp; Parking. Disponível em: Andlt;http://www.nyc.gov/html/dot/html/motorist/motorist.shtmlAndgt;. Acesso em: 09 maio 2015..
  • [19] OLIVEIRA, Luiz Antonio de. A consolidação, interpretação e aplicação da Lei 11.705/08, na esfera administrativa, quanto no âmbito judicial e sua legalidade.2013. 18 f. TCC (Graduação) - Curso de Direito, Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2013. Disponível em: Andlt;http://twingo.ucb.br/jspui/bitstream/10869/2640/1/Luiz Antonio de Oliveira.pdfAndgt;. Acesso em: 22 nov. 2013.
  • [20] Organização Mundial da Saúde. Promovendo a defesa da Segurança Viária e das Vítimas de Lesões Causadas pelo Trânsito: Um guia para organizações não governamentais. Genebra: Organização Mundial da Saúde, 2013. Disponível em: Andlt;http://apps.who.int/iris/bitstream/10665/44854/8/9789248503320_por.pdfAndgt;. Acesso em: 20 maio 2015.
  • [21] PAULA, Max Ernani Borges de et al. Acidentes de trânsito fatais: relatório anual 2013. São Paulo: Companhia de Engenharia de Tráfego, 2014. 25 p. Disponível em: Andlt;http://www.cetsp.com.br/media/296383/anuaisfatais2013b.pdfAndgt;. Acesso em: 29 set. 2014.
  • [22] POR VIAS SEGURAS. Estatísticas nacionais de acidentes de trânsito. Disponível em: Andlt;http://www.vias-seguras.com/os_acidentes/estatisticas/estatisticas_nacionaisAndgt;. Acesso em: 02 dez. 2014.
  • [23] RAIA JUNIOR, Archimedes Azevedo. A responsabilidade pelos acidentes de trânsito segundo a visão zero. Revista dos Transportes Públicos, São Paulo, v. 1, n. 31, p.7-18, jan. 2009. Disponível em: Andlt;http://www.antp.org.br/_5dotSystem/download/dcmDocument/2013/01/10/D216EF54 57BC-484C-8462-84A967FF7696.pdfAndgt;. Acesso em: 13 mar. 2015.
  • [24] RAIA JUNIOR, Archimedes Azevedo. A RESPONSABILIDADE PELOS ACIDENTES DE TRÂNSITO SEGUNDO A VISÃO ZERO. 2009. 28 f. Tese (Doutorado) - Curso de Engenharia Civil, Universida, São Carlo, 2009. Disponível em: Andlt;http://www.sinaldetransito.com.br/artigos/visao_zero.pdfAndgt;. Acesso em: 25 abr. 2015.
  • [25] RAIA JUNIOR, Archimedes Azevedo; SANTOS, Luciano dos. ACIDENTE ZERO: UTOPIA OU REALIDADE? In: CONGRESSO BRASILEIRO DE TRANSPORTE E TRÂNSITO, 15., 2005, Goias. Anais... . Goiânia: Congresso Brasileiro de Transporte e TrÂnsito, 2005. p. 1 - 10. Disponível em: Andlt;http://www.sinaldetransito.com.br/artigos/acidente_zero.pdfAndgt;. Acesso em: 13 mar. 2015.
  • [26] ROCHA, Diego Domingues da; SILVEIRA, JÉssica Silva. ANÁLISE DOS FATORES DE RISCO NO TRÂNSITO NA BR 316 TRECHO MARITUBA. 2013. 67 f. TCC (Graduação) - Curso de Curso de Engenharia Civil, Universidade da AmazÔnia, Belém, 2013. Disponível em: Andlt;http://www.unama.br/graduacao/engenharia-civil/tccs/2013/ANÁLISE DOS FATORES DE RISCO NO TRÂNSITO NA BR 316 TRECHO MARITUBA.pdfAndgt;. Acesso em: 24 maio 2015.
  • [27] SCHOOL OP SEEF (Holanda). Mijn SEEF infopagina:Verkeersveiligheidslabel. Disponível em: Andlt;http://www.schoolopseef.nl/mijn-seefAndgt;. Acesso em: 02 dez. 2014.
  • [28] SOUZA, Alexandre Gaiofato de; TEIXEIRA, Márcio Holanda; TUMA JUNIOR, Romeu. Sancionada lei que aumenta rigor na punição de infrações de trânsito. Disponível em: Andlt;http://www.migalhas.com.br/dePeso/16,MI201643,101048 Sancionada+lei+que+aumenta+rigor+na+punicao+de+infracoes+de+transitoAndgt;. Acesso em: 02 dez. 2014.
  • [29] THE VISION ZERO (Sweden). Any loss of life in traffic is unacceptable. Disponível em: Andlt;http://www.visionzeroinitiative.com/en/Concept/The-vision-zero/Andgt;. Acesso em: 15 maio 2015.
  • [30] THE VISION ZERO (Sweden). Freedom to move. Disponível em: Andlt;http://www.visionzeroinitiative.com/en/Concept/The-vision-zero/Andgt;. Acesso em: 15 abr. 2015.
  • [31] TINGVALL, Claes; HAWORTH, Narelle. Vision Zero - An ethical approach to safety and mobility. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ROAD SAFETY Andamp; TRAFFIC ENFORCEMENT, 6., 1999, Melbourne. Proceedings... . Melbourne: International Conference Road Safety Andamp; Traffic Enforcement, 2000. p. 1 - 14. Disponível em: Andlt;http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.476.2985Andamp;rep=rep1Andamp;type=pdfAndgt;. Acesso em: 26 abr. 2015.
  • [32] UNITED NATIONS. Melhoria da segurança rodoviária global: Definição de metas regionais e nacionais de redução de vítimas de acidentes rodoviários. Genebra: United Nations Publication, 2010. Disponível em: Andlt;http://www.unece.org/fileadmin/DAM/trans/roadsafe/docs/Recommendations_2010p.pdfAndgt;. Acesso em: 09 maio 2015.
  • [33] Vision Zero New York. Vision Zero. Disponível em: Andlt;http://www.nyc.gov/html/visionzero/pages/home/home.shtmlAndgt;. Acesso em: 09 maio 2015.
  • [34] Vision Zero New York. Vision Zero Action Plan. New York: Vision Zero, 2014. Disponível em: Andlt;http://www.nyc.gov/html/visionzero/pdf/nyc-vision-zero-action-plan.pdfAndgt;. Acesso em: 16 maio 2015.
  • [35] WAISELFISZ, Julio Jacobo. Mapa da violência 2012 caderno complementar 2: Acidentes de Trânsito. São Paulo: Instituto Sangari, 2012. Disponível em: Andlt;http://mapadaviolencia.org.br/pdf2012/mapa2012_transito.pdfAndgt;. Acesso em: 25 set. 2014.
  • [36] WINKELBAUER, Martin et al. Melhores práticas de segurança rodoviária. Luxemburgo: Serviço das Publicações da União Europeia, 2010. 64 p. Disponível em: Andlt;http://ec.europa.eu/transport/road_safety/pdf/projects/supreme-c_pt.pdfAndgt;. Acesso em: 21 set. 2014
  • [37] WORLD HEALTH ORGANIZATION (Org.). Road traffic injuries. 2013. Disponível em: Andlt;http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs358/en/Andgt;. Acesso em: 13 out. 2014
  • [38] WORLD HEALTH ORGANIZATION. (Org.). The top 10 causes of death. 2014. Disponível em: Andlt;http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs310/en/Andgt;. Acesso em: 13 out. 2014
Como citar:

Cucick, Fernanda Luzia; Rodrigues, Giulia Tabarini; Matheus, Leonardo Vieira; Mello Filho, Luiz Vicente Figueira de; "ESTRATÉGIA PARA REDUÇÃO DE MORTES NO TRÂNSITO DA CIDADE DE SÃO PAULO", p. 341-359 . In: In Anais do XXIII Simpósio Internacional de Engenharia Automotica - SIMEA 2014 [=Blucher Engineering Proceedings]. São Paulo: Blucher, 2015. . São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2357-7592, DOI 10.5151/engpro-simea2015-PAP169

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações