Poster - Open Access.

Idioma principal

ERGONOMIA E INDÚSTRIA DE MADEIRA: UM ESTUDO DE CASO NO SETOR DE FABRICAÇÃO DE PORTAS

GONÇALVES, John; BARROS, Bruno;

Poster:

O setor de moveis no Brasil vem crescendo a cada ano, e o aumento da competitividade advinda de empresas internacionais, o setor moveleiro brasileiro se mostra competitivo e para conseguir disputar com empresas do exterior, tem-se aumentado a produção, com aumento excessivo de horas extras, ocasionando lesões, afastamentos de funcionários por problemas se saúde. Onde esse trabalho partindo da metodologia de Intervenção Ergonomizadora do Sistema Humano-Tarefa-Máquina (SHTM), analisou e identificou problemas no posto de trabalho dos funcionários da empresa Madelar, e com os dados encontrados propor ideias para melhoria do ambiente de trabalho, assim favorecendo o bem estar dos trabalhadores.

Poster:

The furniture sector in Brazil is growing every year, and increased competitiveness arising from international companies, the Brazilian furniture sector shown competitive and achieve compete with foreign companies, has increased production, with excessive increase in hours extras, causing injuries, absences of employees for health problems. Where this work based on the Ergonomizadora Intervention methodology Human Task-Machine System (SHTM), analyzed and identified problems in the workplace of Madelar company employees, and our data suggest ideas for improving the working environment, thus promoting the welfare of workers.

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/15ergodesign-221-E064

Referências bibliográficas
  • [1] ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS - NBR 10152: níveis de ruído para conforto acústico. Rio de Janeiro, 1987.4 p.
  • [2] BRASIL. Fundacentro. Ruído. Disponível em: http://www.fundacentro.gov.br. Acesso em: 15/01/2015.
  • [3] CONSELHO E SEGURANÇA DO TRABALHO. O que é vibração? 2011. disponível em: http://conselhoeseguranca.blogspot.com.br. Acesso em: 17/01/2015.
  • [4] DUL. Jan. Ergonomia prática 195 Editora Blucher 2° edição, tradutor Itiro Iida 200
  • [5] FILHO. João Gomes. Ergonomia do objeto: sistema técnico de leitura ergonômica.
  • [6] GRANDJEAN, E. Manual de Ergonomia: Adaptando o trabalho ao homem. 5.ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 2005.
  • [7] IIDA, Itiro. Egonomia: projeto e produção. 2ª edição. São Paulo: Edgard Blucher, 2005.
  • [8] LAMBERT, Roberto, DUTRA, Luciano, PEREIRA, Fernando O. R. Eficiência Energética na Arquitetura. São Paulo: PW, 1997.
  • [9] Ler/DORT. Cuidados para a sua saúde. Disponível em Andlt;http://www.lerdort.com.brAndgt;Acesso em 16/01/2015.
  • [10] MORAES, Anamaria; MONT’ALVÃO, Cláudia. Ergonomia: Conceitos e aplicações. Rio de Janeiro: 2AB, 20
  • [11] NORMA ISO 11064-6:2005 Disponível em: http://www.iso.org/iso/catalogue_detail.htm?csnumber=39713. Acessado em 16/01/201.
  • [12] VILLAROUCO, V. O ambiente está adequado? Anais do ENEAC 2007: I Encontro Nacional de Ergonomia do Ambiente Construído e II Seminário Brasileiro de Acessibilidade Integral. Recife, 2007.
Como citar:

GONÇALVES, John; BARROS, Bruno; "ERGONOMIA E INDÚSTRIA DE MADEIRA: UM ESTUDO DE CASO NO SETOR DE FABRICAÇÃO DE PORTAS", p. 1567-1577 . In: Anais do 15º Ergodesign & Usihc [=Blucher Design Proceedings, vol. 2, num. 1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/15ergodesign-221-E064

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações