fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

EFEITO INERCIAL MICROSCÓPICO NO ESTUDO DA TRANSIÇÃO DO ESCOAMENTO IMCOMPRESSÍVEL NÃO-DARCIANO EM MEIO POROSO NÃO CONSOLIDADO

MACIEL, H. E.; CÂMARA, L. D. T.;

Artigo:

Muitas das situações de escoamento de fluidos em meios porosos estão relacionadas a velocidades que remetem a condições não-darcianas. Diversos grupos vêm trabalhando de forma a compreender os aspectos da transição de escoamento de fluidos em meios porosos. Um aparato experimental foi implementado, neste trabalho, de forma a estudar o escoamento de água em um meio poroso não consolidado (leito) sob condições darcianas/não-darcianas em uma grande faixa de número de Reynolds. Uma nova abordagem de modelagem foi proposta, a qual inclui a condutividade molecular em paralelo com a permeabilidade. Os resultados mostram uma forte correlação dos experimentos com o modelo proposto, em que o aumento da velocidade do fluido, em condições turbulentas, aumenta o efeito da resistência viscosa inercial, diminuindo a condutividade molecular. Analisando o modelo de efeito inercial de Forchheimer (1901) percebe-se, matematicamente, que este pode ser desdobrado na abordagem de condutividade paralela proposta neste trabalho.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1864-17126-159719

Referências bibliográficas
  • [1] BEAR, J., Dynamics of fluids in porous media. New York: Editora American Elsevier, 1972.
  • [2] DARCY, H. Les fontaines publiques de la ville de Dijon, Dalmont, Paris, 1856.
  • [3] DIAS, R.P.; FERNANDES, C.S.; TEIXEIRA, J.A.; MOTA, M.; YELSHIN, A. Permeability and effective thermal conductivity of bisized porous media, Journal of Hydrology, v. 349, p. 470–474, 2008.
  • [4] DULLIEN, F. A. L. Porous media: fluid transport and pore structure. San Diego: Editora Academic Press, 1992.
  • [5] FIROOZABADI, A.; KATZ, D. L. An analysis of high-velocity gas flow through porous media, J. Petrol. Technol, p. 211–216, 1979.
  • [6] FORCHHEIMER, P. Wasserbewegung durch boden, Zeit. Ver. Deutsch. v. 45, p. 1781–1788, 1901.
  • [7] FOX, R. W; MCDONALD, A. T.; PRITCHARD, P. J. Introdução à mecânica dos fluidos. Rio de Janeiro: Editora LTC, 2006.
  • [8] GEERTSMA, J. Estimating the coefficient of inertial resistance in fluid flow through porous media, Soc. Petrol. Eng. J. p. 445-450, October 1974.
  • [9] MUSKAT, M. The Flow of Homogeneous Fluids through Porous Media. The Mapple Press Company, 1946 SCHEIDEGGEAR, E. The Physics of Flow through Porous Media. Toronto: Editora Macmillan, 1960.
  • [10] TEK, M. R. Development of a generalized Darcy equation, Trans. AIME. v. 210, p. 376-377, 1957.
  • [11] ZENG, Z.; GRIGG, R. A Criterion for Non-Darcy Flow in Porous Media, Transport in Porous Media. v. 63, p. 57–69, 2006.
Como citar:

MACIEL, H. E.; CÂMARA, L. D. T.; "EFEITO INERCIAL MICROSCÓPICO NO ESTUDO DA TRANSIÇÃO DO ESCOAMENTO IMCOMPRESSÍVEL NÃO-DARCIANO EM MEIO POROSO NÃO CONSOLIDADO", p. 6337-6344 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1864-17126-159719

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações