Abstract - Open Access.

Idioma principal

Efeito Antibacteriano de Linhagens de Saccharomyces Cerevisiae Contra Klebsiella Pneumoniae e Staphylococcus Aureus

Efeito Antibacteriano de Linhagens de Saccharomyces Cerevisiae Contra Klebsiella Pneumoniae e Staphylococcus Aureus

Aguiar, Leonardo Matheus Pereira; Silva, Viviane Maia da; Magalhães-Gadéa, Suzana Ferreira; Uetanabaro, Ana Paula Trovatti;

Abstract:

Vários micro-organismos, dentre os quais se destacam bactérias e fungos detêm a capacidade de produzir metabólitos capazes de inibir os processos vitais de outros micro-organismos em seu habitat natural ou in vitro. O desenvolvimento de pesquisas atreladas a ação antagônicas desses organismos contra agentes patogênicos mostrou-se altamente efetiva e produtiva ao longo do tempo, tendo como resultado, o desenvolvimento de produtos antimicrobianos para as áreas industriais e médicas. Desta forma, o presente trabalho tem como objetivo avaliar os efeitos antibacterianos de 47 linhagens de Saccharomyces cerevisiae, isoladas em fermentações espontâneas da produção de cachaça artesanal, depositadas na Coleção de Cultura de Micro-organismos da Bahia (CCMB), contra as bactérias Klebsiella pneumoniae ATCC13883 e Staphylococcus aureus ATCC12600. O teste in vitro para verificar a produção de substâncias inibitórias difusíveis foi realizado pelo método da dupla camada. Uma alíquota de 5 µL da cultura da levedura crescida em caldo Yeast Peptone Glucose (YPG) durante 24 horas, a 37ºC, foi alocada no centro da placa de petri contendo ágar Sabouraud Dextrose. Após incubação a 37ºC, por 48 horas, estas foram colocadas em posição invertida e em cada tampa foi adicionado 1 mL de clorofórmio (100%). Depois de 30 minutos, foram abertas para evaporação do clorofórmio residual em capela de exaustão e uma sobrecamada de 3,5 mL de ágar Brain Heart Infusion (BHI) semi-sólido (0,7% de ágar) acrescido de 10 µL de uma cultura da bactéria reveladora, crescida por 24 horas a 37ºC em caldo BHI, foi colocada sobre o ágar. Após incubação a 37ºC por 24 horas, efetuou-se a leitura de possíveis halos de inibição. O critério de determinação dos resultados foi a presença ou ausência do halo de inibição, independente da sua dimensão. Todos os testes foram realizados em triplicatas. Das 47 amostras, 06 apresentaram formação de halo contra Klebsiella pneumoniae e 25 apresentaram contra S. aureus. Os resultados obtidos por meio destes testes, evidenciam a viabilidade da utilização de algumas linhagens de Saccharomyces cerevisiae como possíveis agentes antibacterianos.

Abstract:

Palavras-chave: Antimicrobiano, Saccharomyces cerevisiae, Bactérias,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/foodsci-microal-316

Referências bibliográficas
Como citar:

Aguiar, Leonardo Matheus Pereira; Silva, Viviane Maia da; Magalhães-Gadéa, Suzana Ferreira; Uetanabaro, Ana Paula Trovatti; "Efeito Antibacteriano de Linhagens de Saccharomyces Cerevisiae Contra Klebsiella Pneumoniae e Staphylococcus Aureus", p. 97-98 . In: Proceedings of the XII Latin American Congress on Food Microbiology and Hygiene [=Blucher Food Science Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2359-201X, DOI 10.5151/foodsci-microal-316

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações