Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

Dramaturgia expandida: processo de significação das imagens em movimento

Bastos, Dorotea Souza;

Artigo Completo:

Este artigo trata da apresentação da pesquisa de doutoramento atualmente realizada na Universidade do Alvarge em conjunto com a Universidade Aberta de Portugal, que constitui uma possibilidade investigativa a respeito das questões que envolvem a imagem técnica do cinema, especialmente no que diz respeito à criação de dramaturgias, a partir do encontro da imagem em movimento com as novas tecnologias. Nesta investigação, o ato representacional da imagem é visto como processo de significação no cinema, a partir da expansão lógica da dramaturgia que é tratada como geradora de relações que compõem a cena. O processo de criação que leva ao desenvolvimento dessas relações expande as fronteiras da arte e das tecnologias utilizadas para gerar um produto híbrido, cuja dramaturgia original só existe se a relação de expansão de fronteiras também existir. A dramaturgia é, portanto, no contexto apresentado nesta investigação, a tessitura da cena, sendo a imagem um “mecanismo” de narrativa que compõe a dramaturgia, possibilitando novas possibilidades estéticas e poéticas de criação.

Artigo Completo:

Palavras-chave: Cinema, Dramaturgia, Imagem, Narrativa,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/phypro-intermidialidade2014-000

Referências bibliográficas
  • [1] AUMONT, J. (2012). A Imagem. Campinas, SP: Papirus Editora.
  • [2] CINTRA, W. (2010, Julho). A dramaturgia da imagem no teatro de
  • [3] Tadeusz Kantor. In: REBENTO – Revista de Artes do Espetáculo,
  • [4] nº2. São Paulo, SP: Instituto de Artes.
  • [5] COUCHOT, E. (2011). Da representação à simulação. In: PARENTE,
  • [6] André (org.). Imagem-Máquina: a era das tecnologias do virtual. São
  • [7] Paulo, SP: Editora 34.
  • [8] DOMÈNECH, J. (2011). A forma do real: introdução aos estudos
  • [9] visuais. São Paulo, SP: Summus.
  • [10] FLUSSER, V. (2011). Filosofia da caixa preta. Ensaios para uma
  • [11] futura filosofia da fotografia. São Paulo, SP: Annablume.
  • [12] MACHADO, A. (2010). Arte e mídia. 3ª edição. Rio de Janeiro, RJ:
  • [13] Jorge Zahar.
  • [14] MACIEL, K. (2011). A última imagem. In: PARENTE, André (org.).
  • [15] Imagem-Máquina: a era das tecnologias do virtual. São Paulo, SP:
  • [16] Editora 34.
  • [17] MANOVICH, L. (2001). The language of new media. Cambridge: The
  • [18] MIT Press.
  • [19] PAIS, A. (2004). O discurso da cumplicidade: dramaturgias
  • [20] contemporâneas. Lisboa: Edições Colibri.
  • [21] PALLOTINNI, R. (1989). Dramaturgia – A construção do personagem.
  • [22] São Paulo, SP: Editora Ática.
  • [23] PAVIS, P. (2005). Dicionário de teatro. São Paulo, SP: Perspectiva.
  • [24] ROUBINE, J. (1998). A linguagem da encenação teatral. Rio de
  • [25] Janeiro, RJ: Jorge Zahar.
Como citar:

Bastos, Dorotea Souza; "Dramaturgia expandida: processo de significação das imagens em movimento", p. 1-10 . In: Aguiar, Daniella; Queiroz, João (Eds.). Anais do 1º Congresso Internacional de Intermidialidade 2014 [=Blucher Arts Proceedings, v.1 n.1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2447-3332, DOI 10.5151/phypro-intermidialidade2014-000

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações