Artigo - Open Access.

Idioma principal

DIREÇÃO DE ARTE E VIDEOGRAFISMO APLICADOS À PRODUÇÃO DE CONTEÚDOS EM ANIMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS PORTÁTEIS: UM ESTUDO DE CASO

Chagas, Adriano; Soprana, Rodrigo;

Artigo:

Esta pesquisa analisa os filmes finalistas da edição de 2012 do festival de animação Celucine sob a ótica da direção de arte e do videografismo. A observação se propõe a delimitar as preocupações e parâmetros que envolvem a produção de conteúdo do gênero animação, voltado exclusivamente para dispositivos móveis portáteis. As novas formas de consumo contemporâneo de produtos audiovisuais, que têm como plataforma telas dos mais variados tamanhos também são abordadas. O estudo ainda define a metodologia e os objetivos da análise dos filmes concorrentes para tentar estabelecer uma diretriz a respeito desta essencial área de conhecimento na cadeia produtiva audiovisual contemporânea.

Artigo:

This research analyses the finalist films from the 2012 edition of the festival Celucine animation, from the viewpoint of art direction and videographism. The notice proposes to define the parameters and concerns involving the production of such content animation, dedicated exclusively to mobile handheld devices. The new forms of contemporary consumption of audiovisual products, whose platform screens of various sizes are also addressed. The study also defines the methodology and objectives of the analysis of the competing films to try to establish a guideline regarding this essential area of knowledge in contemporary audiovisual production chain.

Palavras-chave: audiovisual, animação, direção de arte, videografismo, novas mídias., audiovisual, animation, art direction, videographism, new media.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/designpro-ped-00738

Referências bibliográficas
  • [1] ARAGÃO, Isabella R. “Ampliação das Configurações Gráficas no Cinema”.Universidade Federal de Pernambuco – 2005. Disponível na internet por http em: Andlt;http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2005/resumos/R1965-pdfAndgt;. Acesso em 19 de maio de 2013.
  • [2] ARNHEIN, Rudolf. Arte e Percepção Visual: uma psicologia da visão criadora. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005.
  • [3] AZEVEDO, Célia. “Introdução ao Estudo das Cores”. Notas de aula. Escola de Comunicação e Artes. Univercidade.
  • [4] ______. “Introdução ao Estudo da Percepção”. Notas de aula. Escola de Comunicação e Artes. Univercidade.
  • [5] ______. “Teoria Gestaltista da Percepção”. Notas de aula. Escola de Comunicação e Artes. Univercidade.
  • [6] BORGES, Gabriela; PUCCI JR., Renato Luiz; SOBRINHO, Gilberto Alexandre (orgs.). Televisão: Formas Audiovisuais de Ficção e de Documentário. Vol. 2. Campinas, São Paulo e Faro (Portugal): CIAC, 2002. Disponível na internet por http em: Andlt;http://www.avecpr.org.br/wp-content/uploads/2012/10/publication.pdfAndgt;. Acesso em 27 de abril de 2013.
  • [7] BRASILIENSE, Danielle R. “Os sentidos midiáticos da ordem e da monstruosidade em Dexter”. In: Revista E-compós, v.12, n.3, 2009. Disponível na internet por http em: Andlt;http://www.compos.org.br/seer/indeh.php/e-compos/article/viewfile/455/394Andgt;. Acesso em 20 de abril de 2013
  • [8] BUTRUCE, Débora L. V. “A Direção de Arte e a Imagem Cinematográfica”. Universidade Federal Fluminense. 2005. Disponível na internet por http em: Andlt;http://www.bdtd.ndc.uff.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1230Andgt;. Acesso em 19 de maio de 2013.
  • [9] DONDIS, Donis A. Sintaxe da linguagem visual. São Paulo: Matins Fontes, 2002. Disponível na internet por http em: Andlt;http://www3.uma.pt/dmfe/DONDIS_Sintaxe_da_Linguagem_Visual.pdfAndgt;. Acesso em 20 de abril de 2013.
  • [10] GOSCIOLA, Vicente. Roteiro para as novas mídias: Do Cinema às Mídias Interativas. São Paulo: Ed. Senac. 2008.
  • [11] JUSSAN, Claudia. “Design cinematográfico: a concepção visual do imaginário fantástico”. Universidade Federal de Belo Horizonte. 2005. Disponível na internet por http em: Andlt;http://pt.scribd.com/doc/69263398/20648330-DISSERTACAO-Design-Cinematografico-Claudia-JussanAndgt;. Acesso em 26 de maio de 2013.
  • [12] LAZ-CASAS, Luiz F L. “Interferências Gráficas no Cinema”, 3º Congresso de Design da Informação. Ed. Rosari, 2007.
  • [13] MACHADO, A. Pré-cinemas e pós-cinemas. Campinas: Papirus, 1997.
  • [14] MACHADO, A. e VÉLEZ, M. L. Questões Metodológicas Relacionadas com a análise da televisão. Revista E-Compós, vol.8, 2007. Disponível na internet por http em: Andlt;http://www.compos.org.br/seer/index.php/e-compos/article/viewFile/123/124Andgt;. Acesso em 20 de abril de 2013.
  • [15] NESTERIUK, Sergio. Dramaturgia de Serie de Animação. São Paulo: ANIMATV, 2011. Disponível em http://issuu.com/animatv/docs/dramaturgia_de_serie_de_animacao. Acesso em 12 de maio de 2013.
  • [16] RABAÇA, Carlos Alberto e BARBOSA, Gustavo Guimarães. Dicionário de Comunicação. Rio de Janeiro: Campus, 2001. Nova edição revista e atualizada.
  • [17] SANTAELLA, Lucia. “A Estética Política das Mídias Locativas”. In: Nómadas, n.28. 2008. Disponível na internet por http em: Andlt;http://www.scielo.org.co/pdf/noma/n28/n28a13.pdfAndgt;. Acesso em 2 de junho de 2013.
  • [18] TEIXEIRA, Carla C C. “Vinhetas de televisão: do estático ao pós-moderno”. Artigo. 7º Congresso Brasileiro de Pesquisa Andamp; Desenvolvimento em Design. Paraná, 2006. Disponível na internet por http em: Andlt;http://www.maxwell.lambda.ele.puc-rio.br/8755/8755_1.PDFAndgt;. Acesso em 2 de junho de 2013.
  • [19] TIETIZMANN, Roberto. Gênese dos Efeitos Visuais no Cinema. Intercom, V Congresso Nacional da História da Mídia. São Paulo, 2007. Disponível na internet por http em: Andlt;http://www.ufrgs.br/alcar/encontros-nacionais-1/5o-encontro-2007-1/Genese%20Dos%20Efeitos%20Visuais%20No%20Cinema.pdfAndgt;. Acesso em 13 de abril de 2013.
  • [20] Sítio do festival Celucine: Disponível na internet por http em: Andlt;http://www.celucine.com.brAndgt;. Acesso em 10 de março de 2013.
Como citar:

Chagas, Adriano; Soprana, Rodrigo; "DIREÇÃO DE ARTE E VIDEOGRAFISMO APLICADOS À PRODUÇÃO DE CONTEÚDOS EM ANIMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS PORTÁTEIS: UM ESTUDO DE CASO", p. 214-225 . In: Anais do 11º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 1, n. 4]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/designpro-ped-00738

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações