fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

DETERMINAÇÃO DA QUANTIDADE DE INÓCULO VIRAL PARA O PROCESSO DE PRODUÇÃO EM BATELADA-ALIMENTADA DE BACULOVÍRUS SPODOPTERA

DANTAS, G. C.; ALMEIDA, A. F. de; REIS, A. R. A.; SOUZA, G. R. de MACEDO M. L.; PEDRINI, M. R. S.;

Artigo:

A produção in vitro de baculovírus em escala industrial apresenta grandes desafios, a perda de virulência ao longo dos cultivos celulares é um dos problemas a serem solucionados para que a produção em larga escala seja atingida. Além disso, o custo de produção deve ser competitivo com o mercado atual, uma vez que a quantidade de bioinseticida utilizada deve demonstrar eficiência significativa quando comparada aos inseticidas químicos utilizados em lavouras. Mecanismos devem ser estudados para que a produção in vitro de baculovírus alcance níveis satisfatórios também do ponto de vista operacional. O processo de batelada-alimentada pode ser uma alternativa para produção in vitro de baculovírus, este sistema permite que a fonte de nutrientes seja adicionada na cultura quando a densidade celular estiver avançada, período que ocorre limitação de nutrientes e declínio da atividade celular, provocando consequente diminuição da produção viral. Com adição de novos nutrientes, a produção viral poderá atingir altas concentrações permitindo maior eficiência do processo. Ademais, para melhoria do processo de produção visando o aumento em escala industrial precisam-se minimizar os custos com inóculo, portanto, o estudo da quantidade de inóculo é necessário. Neste trabalho, realizou-se um estudo comparativo da quantidade de inóculo viral (1%; 2,5%; 5% e 10% (v/v)), utilizada para infectar a suspensão de células Sf21 no processo de infecção do baculovírus SfMNPV em batelada-alimentada.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-1345-19742-162179

Referências bibliográficas
  • [1] ALMEIDA, A. F. Estratégias de Produção in vitro de Bioinseticida Viral: Influências do Isolado, da Cinética e do Modo de Operação. Tese de Doutorado. Departamento de Engenharia Química. Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal. Brasil. 2010. 133f. CHICO, E.; RODRIGUEZ, G.; FIGUEREDO, A. Biorreatores para células animais. In: Moraes Área temática: Processos Biotecnológicos 7A. M.; AUGUSTO, E.F.P.; CASTILHO, L. R.. Tecnologia do Cultivo de Células Animais de Biofármacos a Terapia Gênica. São Paulo: Roca, 2007. p. 216-254.
  • [2] FRANCESCHINI, M.; GUIMARÃES, A.P.; CAMASSOLA, M.; FRAZZON, A.P.; BARATTO, C.M.; KOGLER, V.; SILVA, M.V.; DUTRA, V.; NAKAZOTO, L.; CASTRO, L.; SANTI, L.; VAINSTEIN, M.H.; SCHRANK, A. Biotecnologia aplicada ao controle biológico. Revista Biotecnologia Ciência e Desenvolvimento, n.23, p.32-37, 2001.
  • [3] GASSEN, D. N. Manejo de pragas associadas à cultura do milho. Passo Fundo - RS. Aldeia Norte, 1996.
  • [4] HAMILTON, S. F.; SUNDING, D. L.; ZILBERMAN, D. Public goods and the value of product quality regulations: the case of food safety. J. of Public Econ., v.87, p. 799-817, 2003.
  • [5] KING, L. A.; POSSEE, R. D. The baculovirus expression system: a laboratory guide London; New York: Chapman Andamp; Hall, p. xiv, 229 p. 1992.
  • [6] MENA, J. A.; AUCOIN, M. G.; MONTES, J.; CHAHAL, P. S.; KAMEN, A. A. Improving adeno-associated vector yield in high density insect cell cultures. The J. of Gene Medicine. 12.
  • [7] p.157-16 2010.
  • [8] PALOMARES, L. A.; RAMIREZ, O. T. Challenges for the production of virus-like particles in insect cells:The case of rotavirus-like particles. Bioch. Eng. J.,. 45 p.158–167, 2009.
  • [9] WICKHAM, T. J; DAVIS, T.; GRANADOS, R. R.; HAMMER, D. A.; SHULER, M. L.; recombinant protein production as a function of multiplicity of infection. Biotech. L., v.13, p.483-488. 1991.
  • [10] ZHANG, Y. H.; ENDEN, G.; MERCHUK, J. C. Insect cells-baculovirus system: factors affecting growth and low MOI infection. Bioch. Eng. J., v. 27, p.8-16. 2005.
Como citar:

DANTAS, G. C.; ALMEIDA, A. F. de; REIS, A. R. A.; SOUZA, G. R. de MACEDO M. L.; PEDRINI, M. R. S.; "DETERMINAÇÃO DA QUANTIDADE DE INÓCULO VIRAL PARA O PROCESSO DE PRODUÇÃO EM BATELADA-ALIMENTADA DE BACULOVÍRUS SPODOPTERA", p. 1936-1943 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-1345-19742-162179

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações