Artigo - Open Access.

Idioma principal

DESIGN E EMOÇÃO: UMA ANÁLISE DA RELAÇÃO ENTRE USUÁRIOS E ARTEFATOS DE DESIGN DESENVOLVIDOS E LANÇADO NO MERCADO CONSUMIDOR BRASILEIRO ENTRE OS ANOS DE 1990 E 2010

Silva, Washington Ferreira; Cavalcanti, Virginia Pereira;

Artigo:

Este artigo trata da relação entre o design emocional e o processo de desenvolvimento projetual contemporâneo, tendo como objetivo analisar artefatos de design desenvolvidos e lançados no mercado consumidor brasileiro entre os anos de 1990 e 2010 e sua relação entre os aspectos emocionais oriundos dos estímulos sensoriais. Para tanto, se desenvolveu um estudo exploratório sobre o cenário do design, do usuário e da emoção, identificando a construção dos significados através da relação estabelecida entre eles. Na pesquisa, foram escolhidos artefatos de design que tiveram destaque em revistas da área cuja análise foi realizada sob uma perspectiva emocional, utilizando o MADE, Modelo de Análise do Design Emocional, construído durante o processo deste trabalho, sugerindo uma nova proposta de classificação. Os resultados sinalizaram, através da pesquisa e análise desenvolvida, que é possível evidenciar e analisar a relação existente no desenvolvimento de artefatos de design e os aspectos emocionais despertados nos usuários através da sua relação com estes objetos, mesmo que inicialmente seja difíceis prever qual o tipo e o grau de envolvimento que estes possam estabelecer.

Artigo:

This research studies the relationship between emotional design and development process projectual, aiming at analyzing design artifacts developed and sold in the Brazilian consumer market between 1990 and 2010 and their relationship between the emotional aspects. Therefore developed an exploratory study on the stage of design, user and emotion, identifying the construction of meaning through the relationship established between them. In the survey, were chosen design artifacts that have featured in magazines in the area whose analysis was carried out under an emotional perspective, using MADE, Analysis Model of Design and Emotion, built during this study, suggesting a new classification proposal. The results indicate, through research and analysis developed, it is possible to observe and analyze the relationship in the development of design artifacts and the emotional aspects aroused in the users through their relationship with these objects, even if initially it is difficult to predict what type and the degree of involvement that they can establish.

Palavras-chave: design, emoção, metodologia, design, emotion, methodology,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/designpro-ped-01291

Referências bibliográficas
  • [1] BATEY, Mark. O significado da marca: como as marcas ganham vida na mente dos consumidores. Rio de Janeiro: Best Business, 2010.
  • [2] BAXTER, M. Projeto do produto: guia prático para o desenvolvimento de novos produtos. São Paulo: Edgard Blücher, 2003.
  • [3] CECCON, Marília. DAMAZIO. Vera. Design Emocional: contribuindo para uma nova forma de projetar. Pdf. Disponível na internet por http em: Andlt;http://www.puc-rio.br/ pibic/relatorio_resumo2009/resumos/art/ marilia.pdfAndgt;. Acesso em 20 de jan de 2011.
  • [4] DAMÁSIO, Antônio. A força da inteligência na sua vida. Veja, ano 34, n. 25, p. 92-99, 2001. DAMÁSIO, Antônio. O Mistério da Consciência. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.
  • [5] DAMAZIO, Vera. LIMA, Júlia. MEYER, Guilherme. “Marcas que marcam” e Antropologia do Consumo: caminhos para projetar produtos “marcantes”. In: MONT''ALVÃO, Claudia; DAMAZIO, Vera (orgs.). Design, ergonomia e emoção. Rio de. Janeiro, Mauad X:FAPERJ, 2008. p. 65-86.
  • [6] DESMET, P. M. A.; HEKKERT, P. Framework of product experience. In: International Journal of Design, 2007, p. 57-6
  • [7] FAGGIANI, Kátia. O Poder do Design: da ostentação à emoção. Brasília, DF: Thesaurus, 2006.
  • [8] FOURNIER, Susan. Consumers and their brands: developing relationship theory in consumer research. In: Journal od Consumer Research 24, March 199 p 343-373.
  • [9] IIDA, Itiro. Design Emocional: conexão emocional entre produto e consumidor. 6º congresso brasileiro de gestão de desenvolvimento de produto. Belo Horizonte, 2007. Ppt. Disponível na internet por http em: Andlt;webmail.faac.unesp.br/~paula/Paula/ palestra_design_emocional.pptAndgt;. Acesso em set de 2008.
  • [10] JORDAN, Patrick W. How to make brilliant stuff that people love. West Sussex: John Wiley Andamp; Sons Inc., 2002
  • [11] LÖBACH, Bernd. Design Industrial, São Paulo: Blücher, 2000.
  • [12] NORMAN, Donald A. Design Emocional: por que adoramos (ou detestamos) os objetos do dia-a-dia. Rio de Janeiro: Rocco, 2008.
  • [13] RIBEIRO, Marcos Buccini Pio. Design Experencial em Ambientes Digitais: um estudo do uso de experiências em web sites e junto a designers e usuários de Internet. 2006. 144p. Dissertação (mestrado) – Universidade Federal de Pernambuco, Programa de Pós-Graduação em Design.
  • [14] ROESCH, Sylvia Maria Azevedo. Projetos de estágio e pesquisa em administração: guia para estágios, trabalhos de conclusão, dissertações e estudos de caso. Colaboração Grace Vieira Becker, Maria Ivone de Mello. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2007.
  • [15] SCOLARI, Sérgio Henrique P. Design e Emoção: um modelo de círculos de
  • [16] SOLOMON, Michaer R. O Comportamento do Consumidor: comprando, possuindo e sendo. Porto Alegre: Bookman, 2008.
  • [17] VERGARA, Sylvia Constant. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2007.
Como citar:

Silva, Washington Ferreira; Cavalcanti, Virginia Pereira; "DESIGN E EMOÇÃO: UMA ANÁLISE DA RELAÇÃO ENTRE USUÁRIOS E ARTEFATOS DE DESIGN DESENVOLVIDOS E LANÇADO NO MERCADO CONSUMIDOR BRASILEIRO ENTRE OS ANOS DE 1990 E 2010", p. 3378-3389 . In: Anais do 11º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 1, n. 4]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/designpro-ped-01291

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações