Artigo - Open Access.

Idioma principal

DESIGN E EDUCAÇÃO: PROJETO DE UM MATERIAL DIDÁTICO PARA DEFICIENTES VISUAL

Landim Y Goya, Pedro Ryô de; Neto, Mariano Lopes Andrade; Landim, Paula da Cruz;

Artigo:

Desde sua promulgação em 1996, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, garante o acesso de alunos com Necessidades Educacionais Especiais ao ensino regular público. Entretanto, o processo de inclusão desses alunos tem muito a se desenvolver, uma vez que os recursos didáticos específicos disponíveis são limitados, quando existentes. Além disso, a grande maioria dos profissionais da escola pública não tem formação especializada para atender a esse público, o que gera dificuldades tanto para a aprendizagem do aluno, como para a ação do docente nas atividades de ensino. Assim, o desenvolvimento de materiais que auxiliem na inclusão de alunos com deficiência é uma demanda atual e ainda pouco atendida. Portanto, este trabalho relata o desenvolvimento do projeto de um material didático inclusivo para o ensino de Ciências e Biologia, o qual integra alunos com necessidades visuais especiais. Sendo o material didático inclusivo idealizado pela parceria de um docente do ensino básico em parceria com um designer, considerando a experiência do professor como usuário na elaboração projeto por meio de etapas comuns aos métodos de Design. Este projeto será disponibilizado aos docentes para sua confecção em aula. Com isso espera-se contribuir para a Educação e Inclusão com uma ação cotidiana ao Design, e promover reflexões sobre as possibilidades de mais projetos nesse sentido.

Artigo:

Palavras-chave: Design, Educação, Material Didático, Deficientes Visuais.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/designpro-ped-00697

Referências bibliográficas
  • [1] ARAGÃO, A. S; SILVA, V. C; SILVA G. M; Análise da produção em Educação Especial e Inclusiva nos Programas de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENSINO DE QUÍMICA, 14., 2008, Curitiba. Anais... Curitiba: UFPR, 2008.
  • [2] BORGES, G. L. A. Formação de Professores de Biologia, Material Didático e Conhecimento Escolar. 2000. 436f. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual de Campinas, curso de Pós-graduação em Educação.
  • [3] BRASIL. Casa Civil. Decreto n. 6.571 de 17 de set de 2008: Dispõe sobre o financiamento do atendimento educacional especializado na rede pública de ensino regular. Brasília: 17 set. 2008. Disponível em: Andlt;http://www.planalto.gov.br/ ccivil_03/_ato2007-2010/2008/Decreto/D6571.htmAndgt; Acesso em: 15 jan. 201
  • [4] _____. Casa Civil. Decreto n. 7.611 de 17 de nov de 2011: Dispõe sobre a educação especial, o atendimento educacional especializado e dá outras providências. Brasília: 17 nov. 2011. Disponível em: Andlt;http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011- 2014/2011/Decreto/D7611.htm#art11Andgt; Acesso em: 15 jan. 2013.
  • [5] _____. Casa Civil. Lei n. 9.394 de 20 de dez de 1996: Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: 20 dez. 1996. Disponível em: Andlt;http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htmAndgt; Acesso em: 15 jan. 2013.
  • [6] BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Básica. Resolução n. 2 de 11 de setembro de 2001: Institui Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica. Brasília: CNE/CEB, 2001. Disponível em: Andlt;http://portal.mec.gov.br/ cne/arquivos/pdf/CEB0201.pdfAndgt;. Acesso em: 16 jan. 2013.
  • [7] _____. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Básica. Resolução n. 4 de 2 de outubro de 2009: Institui Diretrizes Operacionais para o Atendimento Educacional Especializado na Educação Básica, modalidade Educação Especial. Brasília: CNE/CBE, 2009. Disponível em: Andlt;http://peei.mec.gov.br/arquivos/Resol_4_2009_ CNE_CEB.pdfAndgt;. Acesso em: mar. 2011.
  • [8] BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva. Brasília: MEC/SEESP, 2007. Disponível em: Andlt;http://peei.mec.gov.br/arquivos/politica_nacional_educacao_ especial.pdfAndgt;. Acesso em: 15 jan. 2013.
  • [9] _____. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Secretaria de Educação Especial. Parâmetros Curriculares Nacionais: adaptações curriculares: estratégias para a educação de alunos com necessidades educacionais especiais. Brasília: MEC/SEF/SEESP, 1998. Disponível em: Andlt;http://www.conteudoescola. com.br/pcn-esp.pdfAndgt;. Acesso em: 15 jan. 2013.
  • [10] BRAZ, A; DUARTE, M; CIA, F. Na escola: Adaptação do conteúdo de ciências para os alunos com Síndrome de Down: um relato das ações do PIBID do curso de Licenciatura em Educação Especial. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL, 5., 2012. Anais... São Carlos: UFSCar, 2012.
  • [11] CAMARGO, E. P.; NARDI, R. Planejamento de atividades de ensino de Física para alunos com deficiência visual: dificuldades e alternativas. In: REVISTA ELECTRÓNICA DE ENSEÑANZA DE LAS CIENCIAS, v. 6, n. 2, p. 378-401, 2007.
  • [12] CAMARGO, E. P.; NARDI, R.; VERASZTO, E. V. A comunicação como barreira à inclusão de alunos com deficiência visual em aulas de óptica. In: REVISTA BRASILEIRA DE ENSINO DE FÍSICA, v. 30, n. 3, 2008.
  • [13] COUTINHO, S. G.; LOPES, M. T.; CADENA, R. A. Ensina Design: mapeamento do uso da linguagem gráfica no ensino fundamental brasileiro. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE DESIGN DA INFORMAÇÃO, 5., 2011, Florianópolis. Anais... Bauru: SBDI, 2011.
  • [14] COUTO, R.; PORTUGAL, C. Especialização de Design de Material Didático. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE DESIGN DA INFORMAÇÃO, 5., 2011, Florianópolis. Anais... Bauru: SBDI - Sociedade Brasileira de Design da Informação, 2011.
  • [15] DE VITTA, F. C. F; DE VITTA, A; MONTEIRO A. S. R. Percepção de professores de educação infantil sobre a inclusão da criança com deficiência. In: REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL, Marília, v.16, n.3, p. 415-428. Set./Dez. 2010.
  • [16] GARCIA, R. M. C. Política de educação especial na perspectiva inclusiva e a formação docente no Brasil. In: REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO, v. 18, n. 52, 2013.
  • [17] LOPES, N. R.; ALMEIDA, L. A.; AMADO, M. V. Produção e análise de recursos didáticos para ensinar alunos com deficiência visual o conteúdo de mitose: uma prática pedagógica no ensino de ciências biológicas. In: REVISTA ELETRÔNICA DEBATES EM EDUCAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, v. 2, n. 02, 2014.
  • [18] MARTI, M. A. S. Didáctica multisensorial de las ciências. Barcelona: Ediciones Paidós Ibérica, 1999.
  • [19] MIRANDA, V. H. M. O professor de Ciências e Biologia e a inclusão escolar: quais são os obstáculos encontrados até a fonte do saber? 2014. Relatório de conclusão de Iniciação Científica, Instituto de Biociências da Universidade Estadual Paulista “Júlio de mesquita Filho”, Botucatu.
  • [20] PEREIRA, M. K. S. Ensino de geometria para alunos com deficiência visual: análise de uma proposta de ensino envolvendo o uso de materiais manipulativos e a expressão oral e escrita. 2012. 186f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Ouro Preto, curso de Pós-graduação em Educação Matemática.
  • [21] SANT’ANA, I. M. Educação Inclusiva: concepções de professores e diretores. In: PSICOLOGIA EM ESTUDO, Maringá, v. 10, n. 2, p. 227-234, 2005.
  • [22] TEODORO, N. C. A Inclusão Escolar e o Ensino de Ciências e Biologia: A visão dos alunos. 2014. Relatório de conclusão de Iniciação Científica, Instituto de Biociências da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Botucatu.
  • [23] UNESCO. Declaração de Salamanca. Sobre Princípios, Políticas e Práticas na Área das Necessidades Educativas Especiais. In: CONFERÊNCIA MUNDIAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL. Salamanca: UNESCO, 1994. Disponível em: Andlt;http://portal.mec.gov.br/ seesp/arquivos/pdf/salamanca.pdfAndgt; Acesso em: 13 jan. 2013.
  • [24] VAZ, J. M. C.; PAULINO, A. L. S; BAZON, F. V. M.; KILL, K. B; ORLANDO, T. C; REIS, M. X. Material Didático para Ensino de Biologia: Possibilidades de Inclusão. In: REVISTA BRASILEIRA DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, v. 12, n. 3, 2012.
  • [25] YOSHIKAWA, R. C. S. Possibilidades de aprendizagem na elaboração de materiais didáticos de Biologia com educandos deficientes visuais. 2010. 149 f. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, curso de Pós- graduação em Ensino de Ciências.
Como citar:

Landim Y Goya, Pedro Ryô de; Neto, Mariano Lopes Andrade; Landim, Paula da Cruz; "DESIGN E EDUCAÇÃO: PROJETO DE UM MATERIAL DIDÁTICO PARA DEFICIENTES VISUAL", p. 1481-1491 . In: Anais do 11º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 1, n. 4]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/designpro-ped-00697

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações