Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal

DESENVOLVIMENTO DE BIODIGESTORES ANAERÓBIOS PARA PRODUÇÃO DE BIOGÁS UTILIZANDO RESÍDUO ALIMENTAR E ESGOTO

BRUNHARA, G. F.; MAIA, D. R. S.; CAMMAROTA, M. C.; GUIMARÃES, C. S.;

Artigo Completo:

A matéria orgânica é fração majoritária dos resíduos sólidos gerados no Brasil. Isto alerta para a necessidade de investimento em pesquisa e implantação de tecnologias na área de tratamento destes resíduos. Nosso esgoto também necessita de melhor gerenciamento, uma vez que passamos por uma das maiores crises hídricas da história e coletamos cerca de 50% de todo esgoto produzido no Brasil e somente 69,4% recebe algum tipo de tratamento. A Digestão Anaeróbia é um processo através do qual o resíduo orgânico é decomposto por uma grande variedade de micro-organismos, na ausência de oxigênio. Seus produtos são o biogás e um resíduo sólido, que pode ser usado como fertilizante. O objetivo deste estudo foi desenvolver biodigestores anaeróbios com automação e controle e testar os biodigestores desenvolvidos avaliando uma mistura de resíduo alimentar de um restaurante universitário da Universidade Federal do Rio de Janeiro e esgoto de uma estação de tratamento, em diferentes proporções, para um melhor aproveitamento do resíduo e maior produção de metano na Co-Digestão Anaeróbia. A mistura com 10% em peso seco de esgoto, resíduo alimentar e lodo anaeróbio gerou mais metano em pequena escala. Esta mistura foi então testada em biodigestor de bancada operado a 37ºC por 30 dias, gerando 105 litros de biogás. Este valor superou os 75 litros de biogás do biodigestor alimentado com resíduo e água no lugar de esgoto, e os 30 litros gerados no biodigestor com resíduo e esgoto sem adição de lodo.

Artigo Completo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobeqic2015-327-33927-265417

Referências bibliográficas
  • [1] ANGENENT, L.T., KARIM, K., AL-DAHHAN, M.H., WRENN, B.A., DOMINGUEZ-ESPINOSA, R. Production of bioenergy and biochemicals from industrial and agricultural wastewater. Trends in Biotechnology, v 22, pp 477-485, 2004.
  • [2] CECCHI, F. Anaerobic digestion of municipal solid waste thermophilic vs. mesophilic performance at high solids. Management Andamp; Research, v 9, pp 305-315, 1991.
  • [3] KIM, D.H., OH, S.E. Continuous high-solids anaerobic co-digestion of organic solid wastes under mesophilic conditions. Waste Management, v 31, pp 1943-1948, 2011.
  • [4] KIM, J.K., OH, B.R., CHUN, Y.N., KIM, S.W. Effects of Temperature and Hydraulic Retention Time on Anaerobic Digestion of Food Waste. Journal of Bioscience and Bioengineering, v 102(4), pp 328-332, 2006.
  • [5] LANSING, S. et al. Waste treatment and biogas quality in small-scale agricultural digesters. Bioresource Technology, v 99, pp 5881-5890, 2008.
  • [6] LASTELLA, G., TESTA, C. CORNACCHIA, G., NOTOTNICOLA, M., VOLTASIO, F., SHARMA, V.K. Anaerobic digestion of semi-solid organic waste: biogas production and its purification, Energy Conversion Management, v 43 (1), pp 63-75, 2002.
  • [7] LIU, X., GAO, X., WANG, W., ZHENG, L., SUN, Y. Pilot-scale anaerobic co-digestion of municipal biomass waste: Focusing on biogas production and GHG reduction. Renewable Energy, v 44, pp 463-468, 2012.
  • [8] MOLINO, A. Biomethane production by anaerobic digestion of organic waste. Fuel, v 103, pp 1003-1009, 2013.
Como citar:

BRUNHARA, G. F.; MAIA, D. R. S.; CAMMAROTA, M. C.; GUIMARÃES, C. S.; "DESENVOLVIMENTO DE BIODIGESTORES ANAERÓBIOS PARA PRODUÇÃO DE BIOGÁS UTILIZANDO RESÍDUO ALIMENTAR E ESGOTO", p. 204-209 . In: Anais do XI Congresso Brasileiro de Engenharia Química em Iniciação Científica [=Blucher Chemical Engineering Proceedings, v. 1, n.3]. ISSN Impresso: 2446-8711. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeqic2015-327-33927-265417

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações