dezembro 2014 vol. 1 num. 1 - X Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

CRISTALIZAÇÃO DE LACTOSE UTILIZANDO UM CRISTALIZADOR TRONCO-CÔNICO DE LEITO VIBRADO COM DIFERENTES NÍVEIS DE SUPERSATURAÇÃO, INTENSIDADE DE AGITAÇÃO E TEMPO DE OPERAÇÃO

BRITO, A. M.; FALCOMER, M. C. R.; LOPES, L. F.; ALVES, M. R.; TEIXEIRA, G. A.; MALAGONI, R. A.;

Artigo:

A cristalização a partir de soluções é importante industrialmente pela variedade de materiais comercializados na forma cristalina. Na cristalização, as moléculas são levadas a formar cristais através da aproximação e agrupamento das estruturas organizadas, resultando em produtos pouco contaminados e muito puros. A lactose cristalina possui alto valor agregado, tendo grande importância nas indústrias alimentícia e farmacêutica. Pode ser encontrada nas formashidratada e -anidra, que diferem nas posições relativas do hidrogênio e do grupo hidroxila. A supersaturação é a força motriz do processo de cristalização, sendo obtida quando na solução está presente uma quantidade de soluto superior à quantidade de saturação. Soluções supersaturadas são instáveis, possibilitando a indução da cristalização através da adição de sementes, minúsculos corpos sólidos. A vibração mecânica auxilia no transporte de soluto, influenciando na distribuição do tamanho dos cristais, na pureza e aspecto final do produto. As variáveis do processo – grau de supersaturação, adimensional de vibração e tempo de cristalização – foram estudadas através de um planejamento composto central. Todo o processo foi realizado a 50 °C e com elevada população de sementes (fase densa). Os resultados de tamanho das partículas foram avaliados para obtenção do ponto ótimo do processo de cristalização.

Artigo:

Palavras-chave: cristais, sementes, solução.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobec-ic-03-ts-065

Referências bibliográficas
  • [1] ALLEN, T., (1990). Particle Measurement. 4. ed. Editora: Chapman and Hall, London. 806p.
  • [2] BRITO, A. B. N., (2007). Estudo da cristalização da lactose em diferentes solventes, PPGEQ/Centro de Ciências Exatas e Tecnologia da UFSCar, São Carlos-SP (Tese de Doutorado), 132 p.
  • [3] FINZER, J. R. D., MARTINS, J. R., 2011. “Cristalização de lactose”, FAZU em Revista, Uberaba, 8., 83-88p.
  • [4] GÄNZLE, M. G., HAASE, G., JELEN, P. (2008), Lactose: Crystallization, hydrolysis and value-added derivatives. International Dairy Journal, 18, 685-69
  • [5] NICKERSON, T. A., (1974). Lactose. Fundamentals of Dairy Chemistry, 2 ed. Editora AVI Publishing, Westport, 273- 324.
  • [6] PAKOWSKI, Z.; MUJUMDAR, A. S.; STRUMILLO, C., (1984). Theory and applications of vibrated beds and vibrated fluid beds for drying processes. In: MUJUMDAR, A.S. Advances in Drying. Washington, Ed. Hemisphere Publishing Co.
  • [7] SHI, Y., LIANG, B., HARTEL, R. W., (2006). Crystal refining technologies by controlled 232 crystallization (US 2006/0128953 A1).
  • [8] THOMSON, W. T., DAHLEH, M. D., (1998). Theory of vibration with applications, 5 ed. Editora Prentice-Hall, New Jersey, 524p.
  • [9] VU, T. T. L., DURHAM, R. J., HOURIGAN, J. A., SLEIGH, R. W., (2006). Dynamic modelling optimisation and control of lactose crystallisations: Comparison of process alternatives. Separation and Purification Technology, 48, 159-166.
Como citar:

BRITO, A. M.; FALCOMER, M. C. R.; LOPES, L. F.; ALVES, M. R.; TEIXEIRA, G. A.; MALAGONI, R. A.; "CRISTALIZAÇÃO DE LACTOSE UTILIZANDO UM CRISTALIZADOR TRONCO-CÔNICO DE LEITO VIBRADO COM DIFERENTES NÍVEIS DE SUPERSATURAÇÃO, INTENSIDADE DE AGITAÇÃO E TEMPO DE OPERAÇÃO", p. 165-170 . In: . São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobec-ic-03-ts-065

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações