Artigo - Open Access.

Idioma principal

CONTEXTUALIZAÇÃO HISTÓRICA DO DESIGN E ANÁLISE SEMIÓTICA: INSTRUMENTOS PROJETUAIS NO DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS

Cardoso, Cilene Estol; Pozzi, Marion Divério Faria; Curtis, Maria do Carmo Gonçalves;

Artigo:

O presente artigo aponta relações interdisciplinares que enfocam a história do design e a semiótica para a qualificação de projeto de produtos. Trata-se de uma diacronia de cadeiras históricas projetadas no Século XX, que foram organizadas sistematicamente e analisadas sintática e semanticamente, considerando-se semelhanças e diferenças, permanências e transformações. Objetiva-se com esse estudo aprimorar o domínio das linguagens de codificação e decodificação que caracterizam a configuração formal dos produtos, potencializando o fluxo de articulação dos atributos estético-formais. Tais relações originaram-se das experiências docentes das autoras, em disciplinas de História do Design, Semiótica Aplicada ao Design e Projeto. Com o modelo construído, buscou-se salientar como a contextualização histórica pode tornar-se um agente de intervenção no design e como a análise semiótica pode auxiliar na interpretação destes dados históricos, contribuindo para o desenvolvimento de novos produtos.

Artigo:

the current article points out interdisciplinary relations whose main target is the history of design and semiotics for the qualification of a product Project. It deals with a diachrony of historical chairs projected along the 20th Century, which were organized systematically and analyzed in a syntactic and semantic way, taking into account resemblances and differences, permanencies and transformations. The intention of this study is to ameliorate the mastery of the codification and decodification languages that characterize the formal configuration of the products, potentizing the fluency in the articulation of both formal and esthetical attributes. Such relations, originated from the teaching experience of the authors in disciplines such as History of Design, Semiotics Applied to Design and Project. Once a model was built, there has been an attempt to emphasize how the historical contextualization can become an intervention agent within the design and how the semiotical analysis can assist with the interpretation of this data, contributing to the development of new products.

Palavras-chave: história do design, análise semiótica, projeto de produto., History of Design, Semiotical analysis, product Project,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/designpro-ped-00835

Referências bibliográficas
  • [1] BAUMAN, Zygmunt. Modernidade e Ambivalência. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999.
  • [2] BAUMAN, Zygmunt. O mal-estar da Pós-Modernidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1998.
  • [3] BONSIEPE, Gui et al. Metodologia experimental: desenho industrial. Brasília: CNPq/Coordenação Editorial, 1984.
  • [4] BOSCHI, Caio César. "Por que estudar História". São Paulo: Ática (2007).
  • [5] BÜRDEK, Bernard. História, teoria e prática do design de produtos. São Paulo: Blücher, 2006.
  • [6] CARDOSO, Rafael. Uma introdução à história do design. São Paulo : Ed. Blücher, 2004. ECO, H. Einführung in die Semiotik. Munique 1942 (Orig.: La strutura assente. Milão, 1968.
  • [7] FIELL, Charlotte Andamp; Peter. 1000 Chairs. Lisboa: Taschen, 2000.
  • [8] FIELL, Charlotte Andamp; Peter. Design Industrial A-Z. Lisboa: Taschen, 2000. FORTY,Adrian. Objetos de desejo. São Paulo:CosacNaif,2007.
  • [9] HENDRICK, H. W. Ergonomics in organizational design and management. Ergonomics. London: Taylor Andamp; Francis,1991.
  • [10] KRIPPENDORFF, K. Design centrado no usuário: uma necessidade cultural. In: Estudos em Design V.8, n.3. Rio de Janeiro: Associação de Ensino de Design do Brasil, 2000.
  • [11] PEVSNER,Nikolaus. Origens da arquitetura moderna e do design. 3a ed. São Paulo: Martins Fontes,2001.
  • [12] MARTINS, S. S. Pensando o Design Pós-Moderno. Trabalho de Conclusão de Curso de Bacharelado em Design Industrial do Centro de Artes da Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis, SC. 2008
  • [13] SANTAELLA, L. A teoria geral dos signos: como as linguagens significam as coisas. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2004.
  • [14] SANTAELLA, L. O que é semiótica. São Paulo: Brasiliense, 1983.
  • [15] SELLE, G. Ideologie und Utopie des Design. Zur gesellschaftlichen Theorie der industriellen Formgebung. Colônia, 1973.
  • [16] TAMBINI, Michael. O design do século. São Paulo: Ática, 1999,
Como citar:

Cardoso, Cilene Estol; Pozzi, Marion Divério Faria; Curtis, Maria do Carmo Gonçalves; "CONTEXTUALIZAÇÃO HISTÓRICA DO DESIGN E ANÁLISE SEMIÓTICA: INSTRUMENTOS PROJETUAIS NO DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS", p. 803-815 . In: Anais do 11º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 1, n. 4]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/designpro-ped-00835

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações