fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

CINÉTICA DE DEGRADAÇÃO DOS COMPOSTOS BIOATIVOS DA AMORA-PRETA DURANTE O PROCESSO DE SECAGEM CONVECTIVA

COUGO, C. M. S.; LUNARDI, H.; ROSA, G. S.;

Artigo:

Os compostos bioativos apresentam grande valor à saúde humana, pois possuem entre suas propriedades, caráter antioxidante. A amora-preta é um fruto de elevado valor nutritivo e alta concentração destes compostos, entre eles, as antocianinas que são consideradas pigmentos naturais. Entretanto, devido ao elevado conteúdo de umidade presente na fruta, essas possuem um curto prazo de validade. Logo, o objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento das antocianinas presentes na amora-preta quando submetidas ao processo de secagem. Este processo foi realizado em um secador de leito fixo com escoamento paralelo de ar, na temperatura de 80 °C e velocidade do ar de 2 m/s. Para avaliar a cinética de degradação das antocianinas realizou-se ensaios de secagem com diferentes tempos e para a quantificação das mesmas foi utilizado o método de Fuleki e Francis, que utiliza etanol como solução extratora. Os resultados obtidos indicaram que o conteúdo de antocianinas da amostra in natura é de 466 mg/100g s.s., enquanto que a amostra seca apresentou redução de 24,25 % neste valor.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0064-27254-165032

Referências bibliográficas
  • [1] HARBORNE, J.B.; WILLIAMS, C.A. Advances in flavonoid research since 1992.
  • [2] Phytochemistry, v. 52, p. 481-504, 2000 KROKIDA, M. K.; TSAMI, E.; MAROULIS, Z. B. Kinetics on color changes drying of some fruits and vegetables. Drying Technology, v. 16, n. 3, p. 667-685, 1998.
  • [3] KUSKOSKI, E. M.; ASUERO, A. G.; MORALES, M. T.; FETT, R. Frutos tropicais silvestres e polpas de frutas congeladas: atividade antioxidante, polifenóis e antocianinas. Cienc. Rural v. 36, n. 4, Santa Maria jul./ago., p. 1283-1287, 2006.
  • [4] LIMA, A. C. C. de. Análise experimental da secagem de feijão em leito fixo, leito de jorro e leito de jorro fluidizado. Dissertação de mestrado EQ, Universidade Estadual de Campinas. Campinas – SP, 1995.
  • [5] RICE-EVANS, C. A.; MILLER, N. J.; PAGANGA, G. Structure-antioxidant activity relationships of flavonoids and phenolic acids. Free Radical Biology Medicine, v.20, n. 7, p.933-956, 1996.
  • [6] Área temática: Fenômenos de Transporte e Sistemas Particulados 6MACHADO, F. R. Influência das condições de secagem sobre o conteúdo de antocianinas presente na amora-preta (Rubus spp.), Trabalho de Conclusão de Curso-EQ, Unipampa, 2013.
  • [7] SANTOS, G. M.; MAIA, G. A.; SOUZA, P. H. M.; COSTA, J. M. C., FIGUEIREDO, R. W.; PRADO, G. M. Correlação entre atividade antioxidante e compostos bioativos de polpas comerciais de açaí (Euterpe oleracea Mart). Archivos Latinoamericanos de Nutricion, v. 58, n. 2, 2008.
  • [8] TEIXEIRA, L. N.; STRINGHETA, P. C.; OLIVEIRA, F. A. Comparação de métodos para quantificação de antocianinas. Revista Ceres, v. 55, n. 4, julho-agosto, p. 297-304, 200
  • [9] TORREGIANNI, D.; BERTOLO, G. High-quality fruit and vegetable products using combined processes. Osmotic dehydration Andamp; Vacuum Impregnation – Aplication in Food Industries. p. 3-9, 2001.
Como citar:

COUGO, C. M. S.; LUNARDI, H.; ROSA, G. S.; "CINÉTICA DE DEGRADAÇÃO DOS COMPOSTOS BIOATIVOS DA AMORA-PRETA DURANTE O PROCESSO DE SECAGEM CONVECTIVA", p. 5219-5225 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0064-27254-165032

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações