janeiro 2015 vol. 1 num. 1 - Cuba e Brasil no Século XXI

Artigo - Open Access.

Idioma principal

Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil: breve panorama e possíveis áreas de colaboração com Cuba

Rezende, Sergio Machado;

Artigo:

Na história do Brasil, colonização e império somaram quase 400 anos, durante os quais o País não tinha universidades. Os primeiros cursos de direito e medicina foram criados somente depois que a família real portuguesa veio para o Brasil em 1808. Até então a Coroa Portuguesa não permitia que sua colônia tivesse cursos superiores. No Século XIX, quando Cuba, Chile e Argentina, dentre outros países da América Latina, já tinham universidades, foi que o Brasil criou escolas e faculdades de ensino superior. Mas somente em 1934 foi implantada a primeira universidade de verdade, a Universidade de São Paulo. Até a década de 1960 uma parcela muito pequena da população tinha acesso ao ensino superior no Brasil. Com raras excessões, os professores das faculdades e escolas exerciam atividades profissionais em outras áreas, não eram pesquisadores, dentre outras razões porque não havia nas universidades emprego em regime de tempo integral. E tampouco havia programas de formação pós-graduada. Também não havia engenheiros ou especialistas em setores básicos da indústria, nosso parque industrial era incipiente e não existia cultura de inovação nas empresas.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/edupro-cbs21-015

Referências bibliográficas
Como citar:

Rezende, Sergio Machado; "Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil: breve panorama e possíveis áreas de colaboração com Cuba", p. 179-200 . In: . São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2318-695X, ISBN: 978-85-8039-091-9
DOI 10.5151/edupro-cbs21-015

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações