fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

CARACTERIZAÇÃO FÍSICA E QUÍMICA DE LIPÍDIOS ESTRUTURADOS OBTIDOS APARTIR DA INTERESTERIFICAÇÃO QUÍMICA DA MISTURA DE MURUMURU E ÓLEO DE BURITI

SILVA, J. P. P. da; OLIVEIRA, P. D. de; RODRIGUES, A. M. C.; SILVA, L. H. M. da;

Artigo:

A região amazônica apresenta uma grande biodiversidade de espécies vegetais, com potenciais aplicações nas indústrias de alimentos. Os requisitos para a aplicação de lipídios em diversos produtos tem se tornado cada vez mais sofisticado neste contexto a interesterificação tem recebido grande atenção da indústria de modificação de óleos comestíveis como método alternativo para melhorar as propriedades físico-químicas dos óleos e gorduras. Este trabalho teve como objetivo caracterizar os lipídios estruturados obtidos por interesterificação química das misturas de murumuru e óleo de buriti em diferentes proporções (30:70; 40:60; 50:50; 60:40 de murumuru e óleo de buriti, respectivamente). As seguintes análises foram realizadas: perfil de ácidos graxos, acidez, índice de peróxido, índice de iodo, índice de saponificação, ponto de fusão e consistência. O índice de peróxido, a acidez e a consistência das misturas diminuiu após a reação de interesterificação química e o ponto de fusão aumentou. Entre as misturas estudadas, a proporção com 30% de gordura de murumuru e 70% de óleo buriti foi a que apresentou os melhores resultados depois da reação de interesterificação química para aplicação em produtos gordurosos apresentando consistência com espalhabilidade satisfatória na temperatura de refrigeração (10ºC), além de conter mais de 55% de ácidos graxos insaturados, reunindo boas propriedades físicas e nutricionais.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0318-26027-155237

Referências bibliográficas
  • [1] ANVISA, AGENCIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. Legislação. Resolução n. 270 de 22 de setembro de 2005. Aprova regulamento técnico sobre óleos vegetais, gorduras vegetais e creme vegetal. Dispinível em ˂http://portal.anvisa.gov.br/wps/wcm/connect˃. Acesso em: 25 de dezembro de 2013.
  • [2] AOCS, AMERICAN OIL CHEMISTS’ SOCIETY. Official methods and recommended practices of the AOCS. 4ª.ed. Champaing, 1997.
  • [3] AZEVEDO-MELEIRO, C.H. de; GONÇALVES, L.A.G. Teores de ácidos graxos trans em gorduras hidrogenadas comerciais brasileiras. Revista Universidade Rural: Série Ciências Exatas e da Terra, Seropédica, RJ: EDUR, v. 24, n. 1-2, p. 75-81, jan-dez., 2005.
  • [4] CASTRO, H.F.; MENDES, A.A.; SANTOS J.C.; AGUIAR, C.L.; Modificação de óleos e gorduras por biotransformação. Química Nova vol.27 no.1 São Paulo Jan./Feb. 200
  • [5] CHIU, M.C.; GIOIELLI, L.A. Lipídios estruturados obtidos a partir da mistura de gordura de frango, sua estearina e triacilgliceróis de cadeia média. ii- pontos de amolecimento e fusão. Quimica Nova, vol. 31, nº 2, 238-243, 2008.
  • [6] CLAUSS, J.; Óleos Andamp; Grãos 1996, 5, 31.
  • [7] D’AGOSTINI, D.; FERRAZ, R.C.; GIOIELLI, L.A. Consistência de misturas binárias e ternárias de gorduras de palma, palmiste e triacilgliceróis de cadeia média. Revista Brasileira Ciências Farmacêuticas, São Paulo, v.36, nº1, p.147-155, 2000.
  • [8] ERICKSON, D. R.; Practical Handbook of Soybean Processing and Utilization, AOCS Press: Champaign, Illinois, 1995.
  • [9] GHOTRA, B.S.; DYAL, S.D.; NARINE, S.S. Lipid shortenings: a review. Food Research International. 35, 1015–1048, 2002.
  • [10] HAIGHTON, A.J. The measurement of the hardness of margarine and fat with con penetrometers. Journal of the American Oil Chemists Society, Chicago, v. 36, n. 8, p. 345-348, 1959.
  • [11] Área temática: Engenharia e Tecnologia de Alimentos 7RIBEIRO, A.P.B; MOURA, J. M. L. N.; GRIMALDI, R.; GONÇALVES, L.A.G.. Interesterificação química: alternativa para obtenção de gorduras zero trans. Quim. Nova, Vol. 30, No. 5, 1295-1300, 2007.
  • [12] RODRIGUES, A.M.C.; DARNET, S.; SILVA, L.H.M. Fatty Acid Profiles and Tocopherol Contents of Buriti (Mauritia flexuosa), Patawa (Oenocarpus bataua), Tucuma (Astrocaryum vulgare), Mari (Poraqueiba paraensis) and Inaja (Maximiliana maripa) Fruits. Journal Brazilian Chem. Society. v.21, No. 10, 2000-2004, 2010.
  • [13] RODRIGUES, J. N.; MANCINI FILHO, J.; TORRES, R. P.; GIOIELLI, L. A.. Caracterização físico-química de creme vegetal enriquecido com ésteres de fitosteróis. Rev. Bras. Cienc. Farm. Braz. J. Pharm. Sci. vol. 40, n. 4, out./dez., 2004.
  • [14] ROUSSEAU, D., FORESTIERE, K., HILL, A. R., MARANGONI, A. G. Restructuring butterfat through blending and chemical interesterification. 1. Melting behavior and triacylglycerol modifications. Journal of the American Oil Chemists. Society, Champaign, v. 73, n. 8, p. 963- 972, 1996.
Como citar:

SILVA, J. P. P. da; OLIVEIRA, P. D. de; RODRIGUES, A. M. C.; SILVA, L. H. M. da; "CARACTERIZAÇÃO FÍSICA E QUÍMICA DE LIPÍDIOS ESTRUTURADOS OBTIDOS APARTIR DA INTERESTERIFICAÇÃO QUÍMICA DA MISTURA DE MURUMURU E ÓLEO DE BURITI", p. 3374-3381 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0318-26027-155237

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações