fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

CARACTERIZAÇÃO DA ESTABILIDADE EM SISTEMAS TERNÁRIOS COM ÊNFASE NO COMPORTAMENTO DE BIODIESEL

AZEVEDO, P. M. de; LIMA, E. R. A.; TÔRRES, A. R.;

Artigo:

O estudo da estabilidade de sistemas contendo biodiesel destaca-se pela dificuldade de identificar misturas fora de especificação. Além disso, caracterizar a estabilidade é importante para os processos de separação e purificação do biodiesel após a reação de transesterificação. Este trabalho propõe um modelo a partir de estudos de estabilidade associados a modelos termodinâmicos de ELL (modelo NRTL). Foram estudados os sistemas MetOH/oleato de metila/água, MetOH/biodiesel/água, EtOH/oleato de etila/água e EtOH/biodiesel/água. O biodiesel utilizado foi obtido da reação de transesterificação do óleo de soja, por rota metílica, seguido de etapas de lavagem e purificação. O levantamento de dados envolveu: titulação, ensaios de estabilidade por separação gravitacional e tensiometria. Realizou-se um mapeamento das misturas que formaram emulsões, e mensurou-se a tensão interfacial e estabilidade destes sistemas. Com estas informações, mapeou-se o sentido de incremento de tensão interfacial e estabilidade dos sistemas preparados em relação à distribuição de suas composições dentro dos diagramas ternários correspondentes.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0135-26876-177251

Referências bibliográficas
  • [1] ALMEIDA, T. C. A.. Avaliação da Estabilidade de emulsões concentradas em Bebidas. Dissertação (Mestrado) – COPPE/UFRJ, Rio de Janeiro. 2012.
  • [2] AZEVEDO, P. M.. Estudo do equilíbrio líquido-líquido e da estabilidade de sistemas envolvendo biodiesel, álcoois e água. Dissertação (Mestrado) – UERJ, 2013.
  • [3] BARBEDO, S. R.. Estudo do Equilíbrio Líquido-Líquido de Sistemas FAME/FAEE-Álcool-Glicerol. Dissertação (Mestrado) - Universidade de Aveiro, 2010.
  • [4] FELDER, R. M.; ROUSSEAU, R. W. Princípios elementares dos processos químicos. 3ª ed., LTC, 2005.
  • [5] FRANÇA, B. B.. Levantamento experimental e modelagem termodinâmica do equilíbrio líquido-líquido na produção de biodiesel de soja. Tese (Doutorado) – COPPE, UFRJ, 2013.
  • [6] GMEHLING, J.; ONKEN, U.; ARLT, W.. Vapor-Liquid Equilibrium Datacollection: Organic Hydroxyl Compounds: Alcohols. Dechema Chemistry Data Series, V.1, PT.2A. Frankfurt: Deutsche Gesellschaft Chemisches Apparatewesen, 1977.
  • [7] JORGE, I. C. F. A.. Equilíbrio de fases do sistema ternário biodiesel de mamona-etanol-glicerina utilizando a viscosidade como parâmetro para a determinação da composição das fases. Dissertação (Mestrado) – UFAL, 2011.
  • [8] LIMA, E. R. A.; DE MELO, B. M.; BAPTISTA, L. T.; PAREDES, M. L. L.. Specific ion effects on the interfacial tension of water/hydrocarbon systems. Brazilian Journal of Chemical Engineering, v. 30, n.1, p. 55-62, 2013.
  • [9] LY, H. V.; LONGO, M. L.. The Influence of short-chain alcohols on interfacial tension, mechanical properties, area/molecule, and permeability of fluid lipid bilayers. Biophysical Journal, v.87, p.1013-1033, 2004.
  • [10] McCLEMENTS, D. J.. Critical review of techniques and methodologies for characterization of emulsion stability. Food science and nutrition, v. 47 p.611-649, 2007.
  • [11] POLING, B. E.; PRAUSNITZ, J. M.; O’CONNELL, J. P.. The Properties of gases and liquids. 5ª ed., McGRAW-HILL, 2001.
  • [12] SMITH, J. M.; VAN NESS, H. C.; ABBOTT, M. M. Introdução à termodinâmica da engenharia química. 7ª ed., LTC, 2007.
  • [13] TAHERIAN, A. R.; FUSTIER, P.; RAMASWAMY, H. S.. Effect of added oil and modified starch on rheological properties, droplet size distribution, opacity and stability of beverage cloud emulsions. Journal of Food Engineering, v. 77, p. 687-696, 2006.
Como citar:

AZEVEDO, P. M. de; LIMA, E. R. A.; TÔRRES, A. R.; "CARACTERIZAÇÃO DA ESTABILIDADE EM SISTEMAS TERNÁRIOS COM ÊNFASE NO COMPORTAMENTO DE BIODIESEL", p. 14554-14561 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0135-26876-177251

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações