fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

BISFENOL A: DETECÇÃO EM ÁGUA POTÁVEL E EFICIÊNCIA NA REMOÇÃO UTILIZANDO FILTROS COMERCIAIS

PEREIRA, A. S. G.; SANTOS, S. F. M.; MOREIRA, E. D. T.; ARAÚJO, M. C. U. DE;

Artigo:

Interferentes endócrinos são compostos orgânicos hormonalmente ativos que podem causar distúrbios no sistema endócrino. O Bisfenol A (BPA), presente em plásticos, selantes odontológicos, revestimento interno de latas de alumínio pode causar malefícios mesmo em baixas concentrações. O presente trabalho avaliou a ocorrência do BPA na água potável e comparou a eficiência de alguns filtros comerciais na remoção desse contaminante. Foram utilizados três filtros comerciais: carvão ativado, cerâmica e pano. Para a análise, 4L de água foram filtrados nos filtros escolhidos e, através da cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), foi avaliada a eficiência dos mesmos na remoção do Bisfenol A. Os resultados mostraram que o BPA está presente na água da região analisada em concentrações na ordem de aproximadamente 0,52 ppm. Os filtros comerciais não são eficientes na remoção do contaminante em estudo da água, sendo o filtro de cerâmica (45,08%) quem mais conseguiu remover o BPA da água, seguido do filtro de pano (38,71%) e, por último, o filtro de carvão ativado (26,14%).

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0687-24431-150245

Referências bibliográficas
  • [1] BILA, D. A. M.; DEZOTTI, M. Desreguladores endócrinos no meio ambiente: efeitos e consequências. Quím. Nova, v. 30, 2007.
  • [2] BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 914, de 12 de dezembro de 2011. Portaria 914/2011. Disponível em:Andlt; http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2011/prt2914_12_12_2011.htmlAndgt;. Acesso em: 14 abril 2014.
  • [3] CASTRO C. S.; GUERREIRO M. C.; OLIVEIRA L. C. A.; GONÇALVES M. Remoção de compostos orgânicos em água empregando carvão ativado impregnado com óxido de ferro: ação combinada de adsorção e oxidação em presença de h2O2. Quim. Nova, Vol. 32, p. 1561-1565, 2009.
  • [4] CUNHA, F. S.; AGUIAR, A. P. Métodos para remoção de derivados fenólicos de efluentes aquosos. Rev. Virtual Quim., 2014, XX (XX), no prelo. Data de publicação na Web: 10 de março de 201 Disponível em Andlt; http://www.uff.br/RVQ/index.php/rvq/article/viewFile/462/446Andgt;. Acesso em: 28 abril 201
  • [5] MORANDI, C. G. Síntese, caracterização e otimização de membranas poliméricas adsorventes para a remoção de disruptores endócrinos de águas residuais. 2011. 35p. Monografia de conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) – Escola de Engenharia Química, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre. PEDRO N. A. R. , BRÍGIDO B. M. , BADOLATO M. I. C. Avaliação de filtros domésticos comerciais para purificação de águas e retenção de contaminantes inorgânicos. Quim. Nova, Vol. 20, p. 208-212, 1997.
  • [6] Área temática: Engenharia Ambiental e Tecnologias Limpas 7REIS FILHO, R. W.; ARAUJO, J. C.; VIEIRA, E. M. Hormônios sexuais estrógenos: contaminantes bioativos. Quím. Nova, v. 29, p. 817 - 822, 200
  • [7] USEPA. Aquatic life criteria for contaminants of emerging concern. 2008.
  • [8] YI, B. KIM, C. YANG, M. Biological monitoring of bisphenol A with HPLC/FLD and LC/MS/MS assays. Journal of Chromatography B. v. 878, p. 2606 – 2610. 2010.
Como citar:

PEREIRA, A. S. G.; SANTOS, S. F. M.; MOREIRA, E. D. T.; ARAÚJO, M. C. U. DE; "BISFENOL A: DETECÇÃO EM ÁGUA POTÁVEL E EFICIÊNCIA NA REMOÇÃO UTILIZANDO FILTROS COMERCIAIS", p. 7506-7513 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0687-24431-150245

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações