dezembro 2014 vol. 1 num. 5 - II Congresso Brasileiro de Medicina Hospitalar

Resumo - Open Access.

Idioma principal

Avaliação do Efeito da Síndrome Metabólica Sobre a Função Erétil e Níveis de Testosterona em Homens com Mais de 40 Anos de Idade

Souza, V.; Thomaz, L.D.G.R.; Guilhermano, F.F.; Paludo, A.O.; Blaya, R.; Rhoden, E.L.;

Resumo:

Síndrome metabólica (SM) é um conjunto de fatores de risco interrelacionados para o desenvolvimento de doença cardiovascular. O hipogonadismo tem sido destacado como potencial facilitador para instalação de algumas das características relacionadas à SM, sendo associado a doenças cardiovasculares e maior risco de aterogênese. Além disso, estudos diversos têm destacado uma potencial associação entre disfunção erétil (DE) e doença cardiovascular, inclusive com destaque para o papel da DE como preditor de eventos cardiovasculares isquêmicos em estudos longitudinais. A SM, como fator de risco para doenças cardiovasculares, deve ser considerada uma condição que pode, potencialmente, ter efeitos negativos na função sexual masculina. A relação dos andrógenos na função sexual masculina está consistentemente estabelecida, porém a relação dos andrógenos e da DE com a Síndrome metabólica carece de evidências mais definitivas. Este trabalho tem como objetivo estudar a associação entre função erétil, perfil androgênico e os parâmetros de Síndrome Metabólica em homens com idade igual ou superior a 40 anos atendidos em ambulatório de atendimento médico. Métodos: oitenta e sete homens, com idade entre 43 e 83 anos, foram incluídos em estudo transversal, multicêntrico, em que foram coletados dados demográficos, informações clínicas, informações comportamentais, medidas antropométricas e exames laboratoriais no Ambulatório de Urologia da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre e no Posto de Saúde Vila Santa Izabel (Viamão – RS). Os pacientes responderam, também, questionários avaliando a função erétil (IIEF). A análise estatística foi realizada utilizando o programa SPSS e considerando-se um valor de p Andlt;,0,05 como estatisticamente significativo. Foram considerados critérios de exclusão: presença de cardiomiopatia ou insuficiência cardíaca, insuficiência renal (pela história clínica ou creatinina séricaAndgt;1,5 mg/dl), doença neoplásica conhecida, prévia ou atual, doença hepática, cirurgia pélvica ou ortopédica de grande porte prévia, tratamento atual ou prévio para DE, doença psiquiátrica diagnosticada ou sugerida na avaliação, diagnóstico prévio de Diabete Melito.

Resumo:

Palavras-chave: ,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/medpro-II-cbmh-093

Referências bibliográficas
Como citar:

Souza, V.; Thomaz, L.D.G.R.; Guilhermano, F.F.; Paludo, A.O.; Blaya, R.; Rhoden, E.L.; "Avaliação do Efeito da Síndrome Metabólica Sobre a Função Erétil e Níveis de Testosterona em Homens com Mais de 40 Anos de Idade", p. 94 . In: . São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2357-7282, DOI 10.5151/medpro-II-cbmh-093

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações