dezembro 2014 vol. 1 num. 1 - X Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

AVALIAÇÃO DE DENSIDADES BULK DE PÓS EM DIFERENTES ESTADOS DE COMPACTAÇÃO

SOUSA, L. M.;

Artigo:

Este trabalho tem como objetivo a avaliação das densidades bulk de alguns pós comumente utilizados em processos industriais de engenharia em diferentes condições de compactação. Trabalhou-se com pós de óxido de alumínio (alumina), em duas diferentes granulometrias, e com o leite em pó, tanto na sua forma integral quanto desnatada. Para a análise foram determinados: a distribuição granulométrica, o diâmetro médio de peneira e de Sauter, a massa específica das partículas dos pós, as densidades bulk em função do número de batidas utilizadas na compactação, as densidades bulk aerada e consolidada e o índice de Hausner. Os resultados mostraram que as densidades bulk aerada e consolidada aumentam com o aumento do tamanho das partículas e que a cinética de compactação é afetada pelas características dos materiais.

Artigo:

Palavras-chave: alumina, leite em pó, índice de Hausner,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/chemeng-cobec-ic-02-ft-037

Referências bibliográficas
  • [1] ABDULLAH, E.C.; GELDART, D. The use of bulk density measurements and flowability indicators. Powder Technology, vol. 102, p. 151-165, 1999.
  • [2] CAMPOS, M.M. Análise da escoabilidade de pós. Dissertação de Mestrado – Universidade Federal de São Carlos. São Carlos - SP, 201
  • [3] COOPER, A.R., EATON, L.E. Compactation behaviour of several ceramic powders. Journal of the American Ceramic Society 45 (3), 97-101, 1962.
  • [4] FITZPATRICK, J.J. et al. Effect of powder properties and storage conditions on the flowability of milk powders with different fat contents. Journal of Food Engineering, vol. 64, p. 435–444, 200
  • [5] GELDART, D. et al. Characterization of powder flowability using measurement of angle of repose. China Particuology, vol. 4, p. 104-107, 2006.
  • [6] GERMAN, R. M. Particle packing characteristics. Princeton: Metal Powder Industries Federation, 1989.
  • [7] HAYES, G. D. Food Engineering Data Handbook. New York: Wiley, p.83 198
  • [8] INCROPERA, F. P.; DEWITT, D. P. Fundamentos de transferência de calor e massa. 5ª edição. Rio de Janeiro: LTC, 2003. 698 p.
  • [9] MALLOL, G.; AMORÓS, J. L.; ORTS, M. J.; LLORENS, D. Densification of monomodal quartz particle beds by tapping. Chemical Engineering Science, vol. 63, p. 5447-5456, 2008.
  • [10] NELSON, R. D. Why Study Particle Science? Disponível em: http://www.erpt.org/misc/whystudy.html, acessado em novembro de 2013.
  • [11] SCHULZE, D. Flow Properties of Powder and Bulk Solids. Disponível em: Andlt;www.dietmar-schulze.de/grdle1.pdfAndgt;. Acesso em: Outubro, 2013.
  • [12] WOODCOCK, C.R.; MASON, J.S. Bulk Solids Handling - An Introduction to the Practice and Technology. Glasgow: Leonard Hill, 1987.
Como citar:

SOUSA, L. M.; "AVALIAÇÃO DE DENSIDADES BULK DE PÓS EM DIFERENTES ESTADOS DE COMPACTAÇÃO", p. 307-311 . In: . São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobec-ic-02-ft-037

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações