fevereiro 2015 vol. 1 num. 2 - XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química

Artigo - Open Access.

Idioma principal

AVALIAÇÃO DAS VARIAVEIS DO PROCESSO DE EMULSIFICAÇÃO DE MORTADELA DE FRANGO

CENCI, D. F.; JANECZKO, M. U.; KILIAN, J.; RIGO, E.; SOARES, M. B. A.;

Artigo:

O mercado de produtos alimentícios passa por constantes readequações devido às exigências dos consumidores. A manutenção e o aprimoramento da identidade do produto tornam-se necessárias, ressaltando ao cliente algumas de suas peculiaridades. A estabilidade da emulsão cárnea é um ponto primordial para produção de mortadela, necessitando de um bom controle do processo. O trabalho visa avaliar a influência dos parâmetros temperatura da água adicionada na formulação, proporções de matéria-prima cárnea resfriada:congelada e da velocidade de emulsificação no processamento da mortadela de frango em planta industrial. Verificou-se diferença entre os tratamentos para textura nos períodos de 2, 30 e 60 dias após a produção. Assim, com o aumento da proporção de matéria prima resfriada tem-se uma melhor textura do produto. Concluiu-se que as padronizações das variáveis estudadas contribuíram positivamente para a padronização do processo produtivo em ralação a temperatura da massa do produto.

Artigo:

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/chemeng-cobeq2014-0818-23585-141947

Referências bibliográficas
  • [1] AOAC – ASSOCIATION OF OFFICIAL ANALYTICAL CHEMISTS. Official methods of analysis of the Association of Official Analytical Chemists. 16th ed. Washington - DC, 1996.
  • [2] BOURNE, M. C. Texture profile analysis. Food Technol., v.32, n.7, p. 62-66, 1978.
  • [3] BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento. Instrução Normativa nº 4 de 31 de março de 2000. Institui Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade de Carnes Mecanicamente Separada, de Mortadela, de Linguiça e de Salsicha. BORTOLUZZI, R. C.; Aplicação da fibra obtida da polpa da laranja na elaboração de mortadela de frango. Tese de Doutorado. Ciência dos Alimentos, USP-São Paulo, 2009.
  • [4] RAHARJO, S.; SOFOS, J. N.; SCHMIDT, G. R. Improved speed, specificity, and limit of determination of an aqueous acid extraction thiobarbituric acid-C18 method for measuring lipid peroxidation in beef. J. Agri. Food Chem., v. 40, n. 11, p. 2182-2185, 1992.
  • [5] TERRA, N. N.. TERRA, A. B. M. TERRA, L. M.. Defeitos nos produtos cárneos: origens e soluções. São Paulo: Varela, 2004. p. 36 – 81.
  • [6] YUNES, J. F. F.; CAVALHEIRO, C. P.; MILANI, L. I. G.; SCHEEREN, M. B.; BLANQUEZ, F. J. H.;.BALLUS, C. A.;.FRIES, L. L. M.; TERRA, N. N.; Efeito da substituição da gordura suína nas características de qualidade, estabilidade oxidativa e microestrutura de mortadela, Semina: Ciências Agrárias, v. 34, n. 3, p. 1205-1216, 2013.
Como citar:

CENCI, D. F.; JANECZKO, M. U.; KILIAN, J.; RIGO, E.; SOARES, M. B. A.; "AVALIAÇÃO DAS VARIAVEIS DO PROCESSO DE EMULSIFICAÇÃO DE MORTADELA DE FRANGO", p. 4013-4018 . In: Anais do XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química - COBEQ 2014 [= Blucher Chemical Engineering Proceedings, v.1, n.2]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN 2359-1757, DOI 10.5151/chemeng-cobeq2014-0818-23585-141947

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações