Artigo Completo - Open Access.

Idioma principal | Segundo idioma

AVALIAÇÃO DAS GEOMETRIAS DAS CURVAS UTILIZADAS PARA REPRESENTAR AS ISOTERMAS DAS SUPERFÍCIES DAS CHAPAS SOLDADAS

EVALUATION OF THE GEOMETRY OF CURVES USED TO REPRESENT THE ISOTHERMS OF WELDED PLATE SURFACES

Ferreira, Dario Magno Batista; Alves, Antonio do Nascimento Silva; Cruz Neto, Rubelmar Maia de Azevedo; Brandi, Sérgio Duarte;

Artigo Completo:

A transferência de calor na soldagem é um fenômeno regido pela Equação de Fourier, e ocorre entre a poça de fusão, sua vizinhança e as condições de contorno envolvidas. Caracteriza-se pelos elevados gradientes térmicos e elevadas taxas de aquecimento e de resfriamento, que são observados pelas distribuições das isotermas e pelos ciclos térmicos obtidos. As isotermas são de suma importância, pois descrevem graficamente os gradientes térmicos da transferência de calor em todas as direções. Uma isoterma de particular interesse é a da linha de fusão, pois delimita o contorno da poça de fusão, ou seja, delimita as regiões entre o metal líquido e o metal sólido. Os modelos mais comumente utilizados na literatura permitem descrever os gradientes de temperatura, em regime transiente e em regime pseudoestacionário, como são os casos dos modelos desenvolvidos por Rosenthal para a transferência de calor por condução. As equações que são soluções destes modelos combinam funções transcendentais e funções especiais do tipo Bessel modificada, dependendo do modelo em estudo, em que se combinam parâmetros operacionais de soldagem, propriedades físicas e geométricas da chapa a ser soldada. A obtenção de isotermas é conseguida pelo cálculo complexo de funções inversas das soluções ou por um processo de cálculo de raízes de funções, por exemplo. Este último mecanismo será adotado neste trabalho. Entretanto, em simulações numéricas de soldagem, a isoterma representada por uma dupla elipsoide tem sido empregada para simplifica-la. Isto traz a vantagem do ganho computacional em função de sua simplicidade em relação ao modelo de Rosenthal. Neste sentido, propõe-se avaliar a extensão deste ganho ao verificar se a simplificação em questão é viável para diferentes materiais e condições operacionais de soldagem. Esta análise foi feita ao comparar os desvios das geometrias dos elipsoides em relação às soluções analíticas. A difusividade térmica e a velocidade de soldagem foram determinantes na quantificação do erro.

Artigo Completo:

The heat transfer in welding is a phenomenon governed by Fourier equation, and occurs between the weld pool, its neighborhood and boundary conditions involved. It is characterized by high thermal gradients and high heating and cooling rates, which are observed by isothermal distribution and thermal cycles obtained. The isotherms are extremely important as they graphically describe the temperature gradients of heat transfer in all directions. An isotherm of particular interest is the melting temperature, for delimiting the contour of the weld pool, that is, separates the regions of liquid and solid metal. The models most commonly used in the literature allow describing temperature gradients in transient state. Among the models in literature, those developed by Rosenthal for heat transfer by conduction in welding processes in pseudo steady state is emphasized. The solutions of these models combine transcendental functions and special functions such as Bessel modified, depending on the boundary conditions and initial conditions for the model under study. They combine operational welding parameters, physical and geometrical properties of the plate to be welded. To obtain a graph of isotherms is necessary to use complex calculation using inverse functions of the solutions or by a process of calculating the roots of functions, for example. The mechanism will be adopted here. However, in numerical simulations of welding, authors have simplified one isotherm by a pair of ellipsoids. This brings the advantage of computational gain due to its simplicity compared to the Rosenthal model. In this sense, it is proposed to assess the extent of this gain to verify if this simplification is viable for different materials and welding operating conditions. This analysis was done to compare the geometry deviation of the ellipsoid with respect to the analytical solutions. The thermal diffusivity and welding speed were determinant in quantifying the error.

Palavras-chave: soldagem, simulação, isoterma, ciclo térmico, Elipsoide, welding, simulation, isotherm, thermal cycles, ellipsoid,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/mathpro-cnmai-0093

Referências bibliográficas
  • [1] American Society for Metals, 199 ASM Handbook: Heat Treating. USA: ASM International, 2173 p.
  • [2] American Welding Society, 2001. Welding Handbook. 9. Edição: Cynthia L. Jenney e Annette O''Brien. Vol. 1. Miami, Florida.
  • [3] Bate, S. K., Charles,R., Warren, A., 2009. Finite element analysis of a single bead-on-plate specimen using SYSWELD. International Journal of Pressure Vessels and Piping, 86, 73-78.
  • [4] Boulton, N. S., Martin, H. E. L., 1937. Temperature Distribution During Welding. A Review of the Literature. Welding Journal, 16 (9), 4-10.
  • [5] Goldak, J., Chakravarti, A., Bibby, M., 1984. A new finite element model for welding sources. Metallurgical Transactions B, 15, 299-30
  • [6] Grong, O., 1997. Metallurgical Modelling of Welding.Trondhein, Norway: Ed. The University Press Cambridge, 677 p. Guimarães, P. B., Moura, M. L. M., Silva, R. J. F., Oliveira, C. A. N., Fernandes, L. E., Nascimento, A. C. S., Barbosa,
  • [7] J. M. A., Ferreira, R. A. S., 2012. Obtenção numérica dos ciclos térmicos de soldagem do aço inoxidável AISI 304. VII Congresso Nacional de Engenharia Mecânica, vol. 1, São Luis, Brasil.
  • [8] Lancaster, J. F., 1999. Metallurgy of welding. Cambridge, Inglaterra: Ed. Abington Publishing, 468 p.
  • [9] Rosenthal, D., 1935. Etude theorique du régime thermique pendant la soudure à la arc. Congrés National des Sciences, Compters Rendus, vol. 2, pp. (1277-1292). Bruxelas, Bélgica.
  • [10] Rosenthal, D., Schmerber, H., 1938. Thermal Study of Arc Welding. Experimental Verification of Theoretical Formulas. Welding Journal, 17 (4), 2-8.
  • [11] Rosenthal, D. 1941. Mathematical Theory of Heat Distribution during Welding and Cutting. Welding Journal, 20(5), 220–234.
  • [12] Wainer, E., Brandi, S. D., Mello, F. D. H., 1992. Soldagem: Processo e Metalurgia. São Paulo, Brasil: Ed. Edgard Blücher Ltda. 494 p.
Como citar:

Ferreira, Dario Magno Batista; Alves, Antonio do Nascimento Silva; Cruz Neto, Rubelmar Maia de Azevedo; Brandi, Sérgio Duarte; "AVALIAÇÃO DAS GEOMETRIAS DAS CURVAS UTILIZADAS PARA REPRESENTAR AS ISOTERMAS DAS SUPERFÍCIES DAS CHAPAS SOLDADAS", p. 525-534 . In: Anais do Congresso Nacional de Matemática Aplicada à Indústria [= Blucher Mathematical Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2015.
ISSN em b-reve, DOI 10.5151/mathpro-cnmai-0093

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações