Abstract - Open Access.

Idioma principal

Avaliação Das Condições Higiênico-Sanitárias de Andamp;Quot;ChopinhoAndamp;Quot; de Frutas Comercializados em Uma Universidade Pública do Estado do Pará

Avaliação Das Condições Higiênico-Sanitárias de Andamp;Quot;ChopinhoAndamp;Quot; de Frutas Comercializados em Uma Universidade Pública do Estado do Pará

Lima, Consuelo Lúcia; Chagas Junior, Gilson; Mesquita, Eric Cesar; Sampaio, Luciany Oliveira; Lobato, Aline Enir;

Abstract:

Introdução: Chamados de “sacolé” no sul do país, o “chopinho” é produzido artesanalmente e vendido a preços que variam de R$0,40 a R$0,60. A informalidade do negócio dispensa embalagens sofisticadas. O suco de fruta é envasado em pequenas embalagens plásticas e mantido no congelador até o momento da venda. Objetivos: Este trabalho teve como objetivo avaliar as condições higiênico-sanitárias dos “chopinhos” comercializados em uma universidade pública do Estado do Pará. Material e Métodos: Foram adquiridas, na qualidade de consumidor, 10 unidades de “choppinhos” de sabores diversos em cinco pontos de comercialização em uma universidade pública do Estado do Pará, sendo dois sabores por ponto de coleta, dando-se preferência aos de frutas regionais. Em todas as amostras foram realizadas a pesquisa de Salmonella sp e a contagem de coliformes a 45ºC. As análises seguiram metodologias descritas no Compendium of Methods for the Microbiological Examination of Foods e foram realizadas em triplicata. Resultados e Discussão: Não foi detectada a presença de Salmonella sp em nenhuma das amostras analisadas. Coliformes a 45ºC acima de 5x10 NMP/g, que é limite estabelecido na legislação para gelados comestíveis, foram detectados em 40% das amostras analisadas, indicando condições higiênico-sanitárias insatisfatórias, que demonstram falta de cuidado na manipulação da matéria-prima ou durante o processamento do produto final. Observou-se grande presença de coliformes a 45ºC nas amostras do ponto 1 em ambos os sabores (maracujá com leite e cupuaçu com leite). O baixo pH de alguns alimentos é fator limitante para a baixa incidência de proliferação microbiana. O pH ácido do cupuaçu pode ter reduzido os resultados do produto do ponto 3 já que nesse ponto de venda, não houve a adição de leite, o que reduz a acidez. A polpa de sabor coco também apresentou alto índice de coliformes. Conclusão: Por isso, sugere-se maior fiscalização governamental para a conscientização dos manipuladores.

Abstract:

Palavras-chave: coliformes, higiênico-sanitárias, salmonella,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/foodsci-microal-126

Referências bibliográficas
Como citar:

Lima, Consuelo Lúcia; Chagas Junior, Gilson; Mesquita, Eric Cesar; Sampaio, Luciany Oliveira; Lobato, Aline Enir; "Avaliação Das Condições Higiênico-Sanitárias de Andamp;Quot;ChopinhoAndamp;Quot; de Frutas Comercializados em Uma Universidade Pública do Estado do Pará", p. 251-252 . In: Proceedings of the XII Latin American Congress on Food Microbiology and Hygiene [=Blucher Food Science Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2359-201X, DOI 10.5151/foodsci-microal-126

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações