Abstract - Open Access.

Idioma principal

Avaliação da População de Pseudomonas Spp. e P. Fluorescens em Leite Cru Refrigerado

Avaliação da População de Pseudomonas Spp. e P. Fluorescens em Leite Cru Refrigerado

Almeida, Kelly Molin de; BRUZAROSK, SAMERA RAFAELA; Zanol, Daniel; Mello, Marcela de; Santos, Joice Sifuentes dos; Alegro, Lina CAsale Aragon; Souza, CINTHIA HOCH BATISTA DE; Santana, Elsa Helena Walter de;

Abstract:

A conservação do leite pelo frio e o transporte a granel favorece a multiplicação de psicrotróficos produtores de enzimas proteolíticas e lipolíticas termorresistentes. O gênero Pseudomonas spp, e a espécie P. fluorescens são relatados como os psicrotróficos de maior frequência e importância em leite refrigerado. Este trabalho objetivou verificar e quantificar (UFC/ml) a população psicrotrófica, com Ágar Padrão para Contagem (21Andlt;supAndgt;palavraAndlt;/supAndgt;C/25 hs); de Pseudomonas spp. utilizando Ágar base para pseudomonas com suplemento CFC (30Andlt;supAndgt;palavraAndlt;/supAndgt;C/48 hs); e P. fluorescens com semeadura em Pseudomonas Cetrimide Agar com 10% de glicerol (21Andlt;supAndgt;palavraAndlt;/supAndgt;C/48 hs). Foram coletadas amostras de leite refrigerado após 48 hs de refrigeração de 5 produtores e do caminhão tanque (leite de conjunto- LC) destes mesmos produtores ao chegar na indústria beneficiadora (junho/2013 a fevereiro/2014), totalizando 10 coletas. A contagem de psicrotróficos do tanque dos produtores variou de 8,53 x 10Andlt;supAndgt;palavraAndlt;/supAndgt; UFC/ml a 4,39 x 10Andlt;supAndgt;palavraAndlt;/supAndgt; UFC/mL, e no LC entre 8,15 x 10Andlt;supAndgt;palavraAndlt;/supAndgt; UFC/ml a 6,75 x 10Andlt;supAndgt;palavraAndlt;/supAndgt; UFC/mL, com diferença significativa (pAndlt;supAndgt;palavraAndlt;/supAndgt;UFC/mL e máximo de 3,02 x 10Andlt;supAndgt;palavraAndlt;/supAndgt; UFC/mL. A variação encontrada no LC foi de 9,5 x 10Andlt;supAndgt;palavraAndlt;/supAndgt; UFC/mL a 1,68 x 105 UFC/mL, com diferença significativa (p0,05) na contagem de P. fluoresecens entre o leite do tanque dos produtores e do LC entregue a indústria. A contagem de P. fluorescens máxima foi 2.10 x 10Andlt;supAndgt;palavraAndlt;/supAndgt; UFC/ml no leite do tanque dos produtores, e no LC o valor máximo foi de 2,35 x 10Andlt;supAndgt;palavraAndlt;/supAndgt; UFC/ml. Observou-se na média do leite do tanque dos produtores e do LC que 28,6% e 18%, respectivamente dos psicrotróficos eram do gênero pseudomonas e 3,54% e 2,79%, respectivamente destes eram da espécie P. fluorescens. Neste estudo o transporte não influenciou no aumento da contagem dos microrganismos pesquisados e o gênero Pseudomonas spp, bem como a espécie P. fluorescens não predominaram no leite cru refrigerado.

Abstract:

Palavras-chave: psicrotrófico, legislação, enzima termorresistente,

Palavras-chave:

DOI: 10.5151/foodsci-microal-130

Referências bibliográficas
Como citar:

Almeida, Kelly Molin de; BRUZAROSK, SAMERA RAFAELA; Zanol, Daniel; Mello, Marcela de; Santos, Joice Sifuentes dos; Alegro, Lina CAsale Aragon; Souza, CINTHIA HOCH BATISTA DE; Santana, Elsa Helena Walter de; "Avaliação da População de Pseudomonas Spp. e P. Fluorescens em Leite Cru Refrigerado", p. 259-260 . In: Proceedings of the XII Latin American Congress on Food Microbiology and Hygiene [=Blucher Food Science Proceedings, v.1, n.1]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2359-201X, DOI 10.5151/foodsci-microal-130

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações