Artigo - Open Access.

Idioma principal

AS MULHERES DO INÍCIO DO SÉCULO XX E O TRABALHO FORA DO LAR: INDÍCIOS ATRAVÉS DO DESIGN DOS RECLAMES DOS ALMANACHS DE PELOTAS

Lima, Paula Garcia; Michelon, Francisca Ferreira; Ferreira, Caroline Farias; Gottinari, Saarah;

Artigo:

Este texto foi motivado pelo encontro de dois reclames veiculados nos Almanachs de Pelotas, periódico editado nesta cidade, localizada ao sul do Rio Grande do Sul. A referida publicação foi editada entre os anos de 1913 e 1935, mas os anúncios analisados referem-se aos anos de 1925, 1926, 1927, 1930 e 1931 e foram motivadores da presente reflexão por permitirem trazer à tona as relações das mulheres com o trabalho fora do lar no início do século XX. Esses reclames são abordados como peças nas quais o design gráfico está presente, embasando esta postura através de quatro correntes que localizam temporalmente o início da história do design (VILLAS-BOAS; BRAGA, 2013) e através do conceito desta atividade (VILLAS-BOAS, 2000 e HOLLIS, 2000). Os outros assuntos que embasam a discussão são: os almanaques e o contexto (DENIS, 2000 e DUTRA, 2005), o cenário da cidade (CUNHA, 2009) e as mulheres e sua inserção no trabalho (PERROT, 2012). Ao final, conclui-se que o design está intimamente atrelado ao contexto e a cultura nos quais circulou e, no caso do que foi analisado, fornecendo dados acerca das relações entre os gêneros e da inserção das mulheres no trabalho.

Artigo:

This text was motivated by the meeting of two ads found in the Almanachs de Pelotas, periodical published in this city, located in south of the Rio Grande do Sul. That publication was edited between the years 1913 and 1935, but the ads analyzed refer to years 1925, 1926, 1927, 1930 and 1931 and were motivators of this reflection by allowing to tease out the relationships of women work outside the home in the early twentieth century. These ads are addressed as pieces where graphic design is present, basing this position through four chains that locate temporally the start of design history ( VILLAS - BOAS , BRAGA , 2013), and through the concept of this activity ( VILLAS - BOAS , 2000 and Hollis, 2000) . The other issues that underlie the discussion are: almanacs and context ( DENIS , 2000 and Dutra, 2005), the city scenery (Cunha , 2009) and women and their insertion into work ( Perrot 2012) . Finally, it is concluded that the design is closely linked to the context and culture in which circled, and in the case of what was analyzed, providing information about the relationship between gender and the insertion of women at work.

Palavras-chave: Design Gráfico, Almanachs de Pelotas, reclames, trabalho, mulheres do século XX., Graphic Design, Almanachs de Pelotas, ads, work, women of the twentieth century.,

Palavras-chave: ,

DOI: 10.5151/designpro-ped-00270

Referências bibliográficas
  • [1] CUNHA, Jaqueline Rosa da. A formação do sistema literário de Pelotas: uma contribuição para a literatura do Rio Grande do Sul. Tese (Programa de Pós-Graduação em Letras) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.
  • [2] DENIS, Rafael Cardoso. Uma introdução à história do design. São Paulo: Edgard Blücher, 2000.
  • [3] DUTRA, Eliane de Freitas. Rebeldes literários da República: história e identidade nacional no Almanach Brasileiro Garnier (1913-1914). Belo Horizonte: Editora UFMG, 2005.
  • [4] FUNCK, Susana. Discurso e identidade de gênero. In: CALDAS-COULTHARD, Carmen Rosa; SCLIAR-CABRAL, Leonor (Org.). Desvendando discursos: conceitos básicos. Florianópolis: EDUFSC, 2007. p.183-195.
  • [5] GASTAUD, Carla; SILVA, Fernanda Oliveira da. Dicionário de História de Pelotas. Beatriz Ana Loner, Lorena Almeida Gill, Mario Osório Magalhães (organizadores). Pelotas: Ed. da Ufpel, 2010.
  • [6] MARRONI, Fabiane Villela. Pelotas (re)vista: a Belle Époque da cidade através da mídia impressa. Tese (Doutorado em Comunicação e Semiótica) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
  • [7] MEGGS, Philip; PURVIS, Alston W. História do Design Gráfico. Tradução de Cid Knipel. São Paulo: Cosac Andamp; Naify, 2009.
  • [8] LIMA, Paula Garcia. Estudo da memória e do conceito de design através das peças gráficas e fotografias do Parque Souza Soares (Pelotas, 1900-1930). Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural) – Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2010.
  • [9] PERROT, Michelle. Minha história das mulheres. 2.ed. São Paulo: Contexto, 2012
  • [10] VILLAS-BOAS, André; BRAGA, Marcos da Costa. O objeto como norte: origens e periodização na historiografia do design gráfico. In: ALMEIDA, Marcelina das Graças; REZENDE, Edson José Carpintero; SAFAR, Giselle Hissa; MENDONÇA, Roxane Sidney Resende (Org.). Caderno a tempo : histórias em arte e design. Barbacena : EdUEMG, 2013. p.25-45.
  • [11] VILLAS-BOAS, André. O que é e o que nunca foi design gráfico. Rio de Janeiro: 2AB, 2000.
  • [12] PARADEDA, Florentino. Almanachs de Pelotas (1913 – 1920). Pelotas: Officinas Typographicas do Diário Popular. Acervo Histórico da Bibliotheca Pública de Pelotas.
  • [13] PARADEDA, Florentino. Almanachs de Pelotas (1921 – 1928). Pelotas: Tipografia A Guarany. Acervo Histórico da Bibliotheca Pública de Pelotas.
  • [14] PARADEDA, Florentino. Almanachs de Pelotas (1929 – 1935). Pelotas: Tipografia Livraria do Globo. Acervo Histórico da Bibliotheca Pública de Pelotas.
Como citar:

Lima, Paula Garcia; Michelon, Francisca Ferreira; Ferreira, Caroline Farias; Gottinari, Saarah; "AS MULHERES DO INÍCIO DO SÉCULO XX E O TRABALHO FORA DO LAR: INDÍCIOS ATRAVÉS DO DESIGN DOS RECLAMES DOS ALMANACHS DE PELOTAS", p. 700-712 . In: Anais do 11º Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design [= Blucher Design Proceedings, v. 1, n. 4]. São Paulo: Blucher, 2014.
ISSN 2318-6968, DOI 10.5151/designpro-ped-00270

últimos 30 dias | último ano | desde a publicação


downloads


visualizações


indexações